Você quer saber como assentar azulejo na sua casa e não tem ideia de por onde começar?

Saiba que seus problemas acabaram! Pois este texto abordará como assentar o azulejo na sua casa com eficácia e beleza.

Saiba que o azulejo é uns dos mais fascinantes objetos decorativos que uma casa pode ter. Melhorando tanto o ambiente como proporcionando valor estético a casa. Tornando o local mais confortável para os seus residentes e visitantes.

E aí? Quer saber mais?

Continue sem precaução!

Antes de aprender a como assentar azulejo… O que é um azulejo?

Primeiramente, vamos aprender de uma maneira bastante resumida o que, afinal de contas, é um azulejo. Os revestimentos cerâmicos para paredes, ou simplesmente, azulejos, são placas de cerâmica feitas a partir de um tipo de mistura de argila. Nas “costas” dessas placas existem garras que ajudam na aderência da superfície que será assentada, elas se chamam “tardoz”.

Os azulejos podem ser classificados de acordo com a sua resistência à abrasão (conhecido também como PEI). Por exemplo, um azulejo de baixa resistência pode ser classificado como PEI 1.

No quesito de absorção, os azulejos são categorizados como porosos (alta absorção) e de baixa resistência.

Como assentar azulejo, etapas importantes

etapas para assentar azulejo

Para facilitar o trabalho de como assentar azulejos, preparamos etapas detalhadas as quais tornarão a sua jornada mais agradável. Começando com:

Etapa Nº1 – Defina o local e a altura do azulejo

É importante saber o local onde o azulejo será colocado. Cada cômodo necessita de um cuidado especial, e um material especifico pode ser requerido. Por exemplo, cerâmicas frias e azulejos são geralmente aplicados em locais de muita umidade, como banheiro, local de lavar roupa e cozinhas.

Outro assunto que também merece ser abordado é a altura do azulejo. A recomendação mais dita é a de começar o azulejo a partir dos 15 cm do piso, dedicando o espaço que sobrou para o acabamento e nivelamento das peças.

Na questão do banheiro, a altura mínima é de 1,5 m mesmo sendo uma área completamente azulejada.

Já na questão da cozinha é interessante aplicar revestimento cerâmico atrás da pia e do fogão. Assim você evita que a umidade atinja as paredes, prevenindo mofos e outros problemas provocados pelo contato da água.

Etapa Nº2 – Calculando a quantidade de peças

Não se esqueça de fazer o cálculo do tamanho da área para poder ter a quantidade certa de peças para fazer o seu azulejo. Como assentar o azulejo é um trabalho que necessita de peças para recortes e reparos, sempre é bom colocar 15% a mais do valor total.

Outro ponto que deve ser lembrado é verificar o tamanho das peças adquiridas e seus formatos. Saiba que essas peças podem ter tanto o formato quadrado como retangular. Sendo as peças retangulares recomendadas para espaços pequenos e sempre deixando o lado maior no sentido vertical.

Os tamanhos dos azulejos são diversos, indo desde a 15 x 15 cm até a 30 x 60 cm.

Etapa Nº3 – Como assentar azulejo com sucesso

O trabalho de assentar azulejo não é uma tarefa fácil. Antes de fazer o seu assentamento, primeiro você precisa adotar certos cuidados para evitar possíveis rachaduras e deslocamentos.

  1. Tanto as tubulações, canos e fios devem já estar embutidos na alvenaria antes de ser feito o assentamento do azulejo;
  2. Termine os acabamentos feitos no teto e marque as áreas de janelas ou portas;
  3. Não assente o azulejo em locais com problema de infiltrações, umidade e mofo; sendo necessário resolver esses problemas primeiro para depois fazer o assentamento;
  4. Limpe a superfície onde será feito o assentamento usando uma vassoura de piaçaba ou escova de aço. Qualquer tipo de gordura ou até mesmo mofo pode atrapalhar a aderência do material, dificultando o trabalho. Partículas podem ser retiradas com uma espátula.

Feito todos os cuidados citados anteriormente, façamos a camada de regularização, o chapisco, com uma espessura máxima de 1,5 cm. Nessa etapa será necessário esperar mais ou menos duas semanas, ou até mais, para o chapisco secar.

Na hora da aplicação, consulte o mestre de obras sobre qual argamassa utilizar e se as peças serão colocadas de baixo pra cima, respeitando uma régua e medidas de intervalo caprichadas. As argamassas requeridas pelo mestre de obra podem ser:

Limpeza rotineira dos azulejos

Primeiramente, evite utilizar as palhas de aço. Por mais que elas sejam ótimas para dar brilho em superfícies lisas, elas podem danificar o azulejo de uma maneira horrorosa.

Então qual o material mais recomendado? As esponjas! O lado macio delas já é o suficiente para fazer a limpeza, nunca use o lado mais áspero, ele pode acabar riscando o material. Outro produto interessante é a escova de dente, se caso você tiver paciência em a usar.

Veja também: Tinta para azulejo: como escolher? Como usar? Passo a passo

Personalizando o azulejo

Lembra quando dizemos anteriormente que o azulejo é um fascinante objeto decorativo? Aquilo não foi à toa!

O azulejo permite uma gama enorme de customizações, podendo dar o seu toque pessoal a sua casa. Uma das formas de fazer isso é fazendo pintura no azulejo com tinta epóxi a base de água ou solvente, sendo aplicada no revestimento antigo.

Agora se caso o azulejo original já tiver algum detalhe em seu relevo, você pode aplicar um produto de aderência e massa corrida antes da pintura. Sendo uma boa dica para decorar imóveis em apartamentos alugados, que não afetam a estrutura original.

Uma outra alternativa, igualmente interessante à pintura, é usar mosaicos. Mas como isso funciona? Simples, apenas escolha padrões que combinem entre eles mesmos e que não causem algum desconforto visual aos residentes e visitantes. Brinque com as peças, se solte, seja criativo, até achar a forma final que mais lhe agrade e as numere para ajudar a orientar a pessoa que irá instalar o azulejo. É recomendável evitar cores muito saturadas ou psicodélicas, pois elas podem causar desconforto para a maioria das pessoas.

Encerrando

Você viu aqui como assentar azulejo é uma tarefa interessante e bacana, não é mesmo? Claro, feito de maneira correta e fazendo uso dos devidos cuidados na hora da aplicação do produto, o azulejo pode muito bem aumentar o nível estético da sua casa e ainda acabar proporcionando mais sensações de conforto aos seus habitantes. Por isso, por mais complicada que possa parecer, aprender como assentar azulejo vale a pena!

E aí? Gostou do texto? Compartilhe nas suas redes sociais ou comente o que achou!

Escreva um Comentário