As cozinhas modernas ganharam novos contornos, cores e estilos, que as tornam diferentes e elegantes. Uma técnica que tem ganhado o coração de decoradores e arquitetos é a de inserir cores vivas e brilhantes no ambiente. É aí que surge a cozinha vermelha.

A cor deixa a decoração mais chamativa, atraente e marcante. Conta com uma vibração bastante alegre e combina muito com as atividades desenvolvidas dentro da cozinha. Por ser o cômodo onde a comida é preparada e onde reunimos os amigos, ela merece ser o destaque da sua casa.

A cor vermelha permite combinações clássicas, modernas, retrôs e muito mais. Se você está pensando em investir nessa tonalidade, o artigo de hoje é para você. Confira as dicas que selecionamos especialmente para você!

Como fazer?

A primeira coisa a se fazer é o planejamento. Ele é quem vai garantir o sucesso da sua decoração, já que o vermelho é uma cor que chama muita atenção e precisa ser bem pensada para não ser um desastre. Ela precisa combinar com as outras cores do ambiente e é bom tomar cuidado para que o cômodo não fique visualmente cansativo.

Uma solução mais prática e assertiva é a de aplicá-la em detalhes, como um banco, alguns móveis, eletrodomésticos específicos e até pequenos itens de decoração, como ímãs de geladeira e jogos americanos.

Se a sua opção for aplicar nos armários, vale a pena criar um ponto focal no cômodo. Também existe a possibilidade de escolher uma geladeira vermelha, alguns modelos retrôs já estão disponíveis nessa tonalidade.

Onde aplicar o vermelho na cozinha

Como dito anteriormente, o vermelho pode ser aplicado em vários itens, selecionamos os principais com algumas dicas que vão te ajudar a escolher o que mais combina com você.

Pastilhas

Essa aplicação vale para quem está na fase de obras ou começando uma reforma. As pastilhas podem ser aplicadas no lugar do azulejo tradicional. São pequenas peças coloridas e garantem um efeito incrível de cor e elegância.

Ainda há a possibilidade de investir em pastilhas adesivas, que podem ser aplicadas em qualquer momento e dão uma cara nova ao cômodo.

Vidro Serigrafado

O vidro serigrafado é um vidro colorido e que pode ser usado na parede atrás da pia, facilitando a limpeza na área em que há respingos e dando um destaque especial a decoração.

Ele pode aparecer em vários tons de vermelhos, sendo mais intensos, mais suaves, puxados para o bordô e por aí vai. Tudo vai depender do seu gosto e do efeito que quer ter no ambiente. Vale a pena investir em uma iluminação que seja voltada para o vidro, dando ainda mais destaque a cor e a peça.

Pedra Silestone

Ainda existe a possibilidade de adicionar a cor vermelha na pedra da bancada. O silestone é uma pedra que resistente e bem dura. A vantagem é que ela pode ser usada em várias cores diferentes.

Vale a pena usá-la como bancada da bia ou uma bancada para dividir ambientes, podendo ser a sala e a cozinha ou a cozinha e a lavanderia.

Móveis vermelhos

Em um projeto mais ousado e moderno, os armários planejados podem ser todos em vermelho. A estratégia para não sobrecarregar o ambiente é compor o restante da cozinha com cores claras, como branco e cinza.

Também existe a possibilidade de inserir cores em detalhes dos móveis, como algumas gavetas e portas.

Em uma nuance menos vibrante, é possível escolher um tom de vermelho mais fechado, com um fundo mais terroso. Esse efeito torna o ambiente mais moderno e aconchegante.

Banquetas

O uso de banquetas para dar um toque de cor a sua cozinha é prático, fácil e não exige grandes mudanças no espaço. O legal é que existe uma infinidade de modelos disponíveis no mercado, feitas em madeira com assento em couro vermelho, as clássicas de plástico ABS, em metal e muito mais.

Pendentes

Uma outra alternativa interessante é de abusar da iluminação com pendentes coloridos. Dessa forma, o ambiente ganha um ponto de cor para a decoração. É interessante instalá-los sobre a bancada e investir em utensílios que combinem com o tom de vermelho do pendente.

Ideias de combinações para aplicar o vermelho na decoração

A cor vermelha permite diversas combinações de cores, tonalidades e materiais. Selecionamos algumas ideias interessantes.

Vermelho vinho para quem tem medo de ousar demais

Os armários da cozinha podem ser o principal destaque de cômodo. Mas se você tem medo de ousar demais, o vermelho vinho é uma ótima tonalidade. É mais discreto, menos moderno e uma ótima escolha para ser o tom predominante no cômodo. Uma outra dica é investir em um acabamento envernizado, pois fica muito elegante e clean.

Vermelho com branco e madeira

Uma ótima forma de balancear o vermelho dos armários é investir em paredes brancas e claras e um piso de madeira. Dessa forma, gera uma dosagem muito boa entre os materiais, tornando o ambiente mais aconchegante.

Balcão como protagonista

Em cozinhas integradas, o balcão que divide os espaços pode ser o protagonista. É um toque especial para quem não quer ousar demais, mas não quer abrir mão de um toque de cor no espaço. Os outros móveis e itens decorativos devem se manter neutros para que toda a atenção seja voltada para o balcão.

Discrição e sobriedade

Essa ideia é para quem quer um pouco de cor, mas gosta de manter as coisas mais neutras e discretas. Mescle o vermelho com outros tons e materiais sóbrios. Também é interessante escolher um tom de vermelho puxado para o queimado.

Tudo vermelho por aqui

Para quem não tem medo de ousar, investir em uma cozinha toda vermelha pode ser algo incrível. Quando ele predomina no ambiente, torna o espaço mais alegre, marcante e muito moderno. Mas lembre-se que é importante investir em um pouco de madeira no piso para balancear.

Vermelhaço

Se você quer investir em um tom vivo de vermelho, é importante deixá-lo para pequenos detalhes ou equipamentos. E além disso, invista em tons mais claros no restante da cozinha, assim o ambiente não fica sobrecarregado e ainda garante um toque de estilo.

Pontos focais

Uma outra ideia legal é direcionar o olhar para pontos específicos que contenham vermelho. Como fazer isso? Por meio de uma mistura de elementos, cores, materiais e texturas. O resultado é uma cozinha única e cheia de estilo.

Cuidados especiais

Alguns cuidados são extremamente importantes para que sua cozinha não fique sobrecarregada. Como por exemplo, nunca invista na cor em eletrodomésticos, armários e paredes ao mesmo tempo. A coloração vibrante, neste caso, poderá tornar o visual do espaço enjoativo.

Por isso, o ideal é sempre associar a tonalidade com cores claras. Como o branco, o bege ou o cinza. O contraste entre as colorações cria certo equilíbrio, além de um belo destaque ao tom avermelhado.

Além dessas combinações, no entanto, é possível aderir a algo mais “inovador”. Como juntar o vermelho e o preto. Por ser uma cor muito intensa, o preto cria um ambiente mais sóbrio e, ao mesmo tempo, mais moderno. Só que o uso exagerado de ambos os tons pode “pesar” o ambiente. Logo, é bom distribuir: o preto nas bancadas e prateleiras; o vermelho nos armários e bancos. E no máximo o branco ou o inox para completar a decoração. O ar de requinte é garantido!

Se os eletros da cozinha são em aço inox, a combinação com o vermelho é ainda mais bonita. Isso porque a capacidade refletora dos móveis cria um belo jogo de cores e luzes no cômodo. O cinza por si só já possui essa característica mais elegante.

É importante ter 100% de certeza que você quer adicionar a cor na sua cozinha, já que investir em ambientes coloridos pode gerar um certo arrependimento. Então, planeje bem, imagine a posição de cada objeto antes de colocar em prática. Vale salientar a importância de contratar um profissional, seja um decorador ou um arquiteto, pois ele poderá te direcionar para o que realmente irá ficar bom e funcionar no espaço que tem disponível.

Equilíbrio é a chave!

Para cozinhas integradas, ou seja, que se juntam à sala ou à copa, as alternativas de decoração são ainda mais variadas. O vermelho também pode aparecer em detalhes do segundo cômodo, ou então ser “substituído” por outra cor quente. Como o azul ou o amarelo. Assim, o tom se torna o foco da cozinha, e o contraste com outra cor intensa é bastante destacável. É fundamental, porém, não misturar as tonalidades no mesmo espaço, como já explicado. Senão, o resultado será uma confusão!

50 fotos de cozinhas vermelhas que vão te inspirar

Uma cozinha vermelha pode ter diversas configurações diferentes, a cor pode aparecer em todos os móveis, em uma parede, na bancada, em alguns eletrodomésticos em banquetas. O importante é saber como combinar com outros tons para deixar o ambiente harmônico. Para te inspirar, selecionamos 50 fotos de projetos incríveis. Confira!

Uma cozinha vermelha pode ser uma ideia incrível para quem gosta de cores em casa. Com as nossas dicas e inspirações, vai ficar muito mais fácil criar um cômodo moderno, cheio de vida e que traga conforto visual. Não tenha medo de ousar e criar um ambiente que seja a sua cara!

Write A Comment