Pensando em dar uma repaginada no visual de sua sala? Então que tal investir em uma reforma de sofá?

Aqui neste artigo nós iremos lhe ensinar tudo o que você precisa saber sobre reforma de sofá, desde como você mesmo pode fazer a sua, quando ela se torna necessária e até o que você precisa saber antes de já ir atrás de alguém que faça esta reforma para você. Então, se você quer dar um novo visual ao seu sofá, e sem correr maiores riscos, é só continuar a leitura.

Preparado? Pois então vamos lá!

A reforma do sofá

Reformar seu sofá não necessariamente é algo que deve ser visto apenas como “último recurso”, pois você também poderá reformá-lo para dar uma repaginada em seu visual.

Claro, a qualidade da reforma depende do tipo de material que você estará utilizando para esta reforma do seu sofá, bem como a qualidade do serviço de reforma que você contratar. Entretanto, sabemos como é difícil conhecer profissionais de confiança, e é exatamente por isso que separamos alguns aspectos sobre reforma de sofá que você deve saber de antemão para não correr nenhum risco de ser passado para trás, acompanhe:

A espuma do estofado

É importante que você tenha em mente na hora de fazer uma reforma de seu sofá que nem sempre será necessário trocar a espuma do seu estofado, tendo em vista que um material de boa qualidade pode durar uma média de 10 anos. Porém, caso se torne necessário, há três opções bastante comuns no mercado que você deve ficar de olho:

  • Flocos;
  • Blocos;
  • Espuma sintética.

A primeira opção costuma ser a mais barata, com seu valor variando entre R$ 3,50 a R$ 4,00/quilo, e sendo bastante usada nas almofadas de botão devido sua maleabilidade. Esta espuma também confere uma estética macia, porém seu ponto negativo fica por conta das deformações que ela sofre com o passar do tempo.

Passando para o próximo, o modelo de blocos apresenta mais ergonomia e consistência. Você poderá encontrá-lo a venda nas mais variadas densidades, sendo necessário avaliar sua compra com relação ao peso e ao conforto que você deseja adquirir. Para se ter uma certa noção, numerações 28 e 33 proporcionam uma maior maciez, além de suportarem pesos de até 90 Kg, enquanto as numerações 35, 40 e 50 são melhores empregadas em almofadas soltas de assentos, pois elas evitam os desgastes.

Já a pluma sintética na realidade é o algodão siliconado, cuja vantagem é seu estofado macio, com um toque de pena de ganso. Seu preço pode chegar a até R$ 12,00/quilo.

Importante também destacarmos que a maioria dos estofados possui uma manta protetora que funciona como uma espécia de acabamento, trazendo uma uniformidade às almofadas e representando um investimento de até R$ 80,00 por jogo de sofá.

A estampa

A estampa é outra coisa que você deve estar atento na hora da reforma de seu sofá.

Na realidade, escolha da estampa depende exclusivamente do estilo que você deseja alcançar. Para estilos mais arrojados, estampas nas poltronas e nos sofás pode ser a melhor opção. Para estilos mais clássicos apenas desenhos nas almofadas já darão este efeito. E se você deseja ficar entre ambos pode estampar poltronas e almofadas, mas deixar seu sofá liso.

Com relação ao “desenho” que será estampado, novamente depende apenas do seu gosto, podendo até mesmo encomendar desenhos específicos que você queira.

Sofá estampado
Só aconselhamos cuidado e um pouquinho de “noção” na hora de escolher sua estampa

O tecido

O tecido é outro fator importante na hora da reforma de um sofá, sendo importante conhecer todos os disponíveis no mercado.

Os tecidos mais baratos são sarja, linho e courino sintético, os quais custam uma média de R$ 25,00/metro. Já se pegarmos os tecidos intermediários, como chenille e o suede, estes já variam de R$ 50,00 a R$ 70,00/metro. Enquanto os tecidos mais caros, como o linho pré-encolhido, jacquard, seda e couro custam entre R$ 120,00 a R$ 400,00/metro. Você também pode optar por tecidos impermeáveis, ou então encomendar o trabalho de impermeabilização já juntamente ao serviço de reforma de sofá que você for utilizar.

Como fazer você mesmo a reforma do sofá

Antes de mais nada é importante destacarmos que contratar profissionais para a reforma de seu sofá continua sendo a melhor opção aqui. Entretanto, se você é do tipo de pessoa que gosta de por a mão na massa e fazer por você mesmo, então nós podemos te ajudar com isso.

Abaixo nós separamos um pequeno passo a passo para lhe ajudar com a reforma do sofá, sendo que ao final também trazemos um vídeo para lhe ajudar com isso. Acompanhe:

A primeira coisa a se fazer aqui é avaliar é o que do seu sofá você precisará reformar. Trata-se apenas do tecido? Ou será que há partes de madeira do sofá que também necessitam de uma reforma? Uma vez que você tenha noção disto, então nós podemos começar.

Passo 1 – Tirando as medidas

O primeiro passo aqui começa com as medidas sendo retiradas, é aqui onde você irá medir totalmente o seu sofá para que posteriormente consiga calcular a quantidade necessária de tecido para sua reforma.

Não se esqueça de medir todos os lados de seu sofá, bem como todos os ângulos, incluindo a parte de cima e também a de baixo do assento.

Passo 2 – Abrindo o seu sofá

A próxima coisa a se fazer é retirar toda a capa do seu sofá, e isso inclui o tecido do fundo dele e também o dos braços. De modo que a retirada fique mais fácil, comece removendo os grampos que estão na parte inferior do estofado. Mas muito cuidado ao retirá-loas para não fazer com que o enchimento se danifique.

 

Uma vez que você tenha retirado tudo, olhe bem as molas de seu sofá para ter certeza de que você não precisará trocá-las ou apertá-las. Atente-se também para o enchimento e de qual tipo você usará.

reformando o sofá

Atente-se também para peças podres ou quebradas, as quais precisarão serem trocadas. Após isto vem a escolha do tecido, a qual já falamos um pouquinho acima, tenha em mente que você precisará manuseá-lo e costurá-lo. Pedaços de tecidos velhos irão lhe ajudar a fazer o molde, e lembre-se de que sempre que cortar uma peça você deverá deixar um espaço que irá servir como borda para prendê-la.

reformando o sofá

Por fim prenda os tecidos com cola e grampo, para ter certeza de que eles ficarão bem presos e seguros e pronto, você acabou de realizar a reforma de seu sofá!

Bem simples, não é mesmo? Mas claro, talvez as explicações acima tenham ficado “literais demais”, e possam ter lhe confundido um pouco. Se este for o caso, observe então como é o passo a passo abaixo através de um vídeo, assim você conseguirá visualizar melhor o processo de reforma de sofá sendo feito:

E então, deu pra entender bem como uma reforma de sofá funciona? Lembrando sempre que quaisquer dúvidas que ainda restem basta nos perguntar nos comentários abaixo e nós estaremos prontos para lhe responder!

E ainda falando sobre sofás, nós temos alguns outros artigos por aqui mesmo no Total Construção que lhe podem ser úteis, tipo a como limpar o seu sofá e a como escolher o melhor tecido para o seu sofá, não deixe de os conferir!

Escreva um Comentário