Você chegou nesse texto com uma grande dúvida, não é mesmo? Do tipo… O que é corrente alternada? Certamente você está coçando a cabeça, já que normalmente aprendemos primeiro sobre a corrente contínua para depois irmos à corrente alternada.

Mas se você chegou até aqui.

Nesse exato momento.

Nesse exato texto.

Nesse exato dia.

Então seus problemas acabaram! Sabe por quê?

Porque nesse texto abordaremos exatamente sobre a corrente alternada, inclusive, várias outras coisinhas sobre ela.

Tudo pronto?

Então vamos ao que interessa.

O que é corrente alternada?

O que é corrente alternada

Afinal de contas, o que é uma corrente alternada? Ora, primeiramente, a corrente elétrico é um fluxo de elétrons (partículas que carregam energia) passando por um fio.

Só para ilustrar, imagine a água como se fossem elétrons passando através de uma mangueira (um fio).

Se os elétrons (água da mangueira) só se movem em único sentido, nós a chamamos de corrente contínua. Agora, se e corrente elétrica que atravessa um condutor, muda de direção constantemente (não segue um único sentido), então a chamamos de corrente alternada.

“Mas como a corrente alternada funciona?”

De uma maneira mais técnica, a corrente alternada não possui uma polaridade fixa, já que o nível da corrente alterna entre o positivo e o negativo, repetidamente. Como essa corrente nunca continua em um valor fixo, ela segue o seguinte fluxo:

Senoide
Esse desenho é chamado de senoide, já que o gráfico se assemelha muito ao gráfico da função seno, também é possível ser encontrada a onda senoidal, sinusoide ou onda sinusoidal.

Como se pode ver na imagem, o nível da corrente (linha azul) se inicia no zero (linha cinza) e aumenta gradualmente até atingir o máximo positivo e, em seguida, começa a fazer seu retorno até o zero, assim formando um semiciclo.

“Mas o que acontece quando o nível da corrente começa a descer ao zero após atingir o máximo positivo?”

Ora, temos então o inicio imediato do semiciclo negativo!

Em outras palavras, o nível da corrente assume novamente a trajetória feita anteriormente, contudo, ela faz no sentido oposto, ou seja, no sentido negativo. O nível da corrente irá aumentar até seu ponto máximo negativo e em seguida retorna o zero novamente.

A quantidade desses ciclos em um tempo é o que chamamos de frequência, sendo que a medida de ciclos por segundo é o Hertz (Hz). Nas concessionárias brasileiras a frequência foi determinada para ser 60Hz, e o que isso quer dizer? Que o ciclo se repete 60 vezes por segundo. Isso significa que todas as lâmpadas brasileiras piscam 60 vezes por segundo! Como a lâmpada pisca muito rápido, nossos olhos não percebem.

Esse processo de sobe e desce do nível da corrente se repete sucessivamente, não é à toa que a corrente possui o nome de corrente alternada. Mas ela não é produzida do nada.

A corrente alterna é produzida por meio de geradores AC. Esses geradores são compostos por uma espira condutora e giratória inserido em um conjunto de irmãs. A rotação dessa espira é possível através de qualquer tipo de força motriz externa, como o movimento das marés, energia eólica, vapor d’água, queda d’água, etc.

Além disso, a corrente alternada é a forma de energia mais predominante do mundo em questão de aplicações de alta potência, graças às vantagens que ela proporciona.

Vantagens da corrente alternada

Uma das grandes vantagens da corrente alternada é a possibilidade de abaixar ou aumentar a sua tensão elétrica por meio dos transformadores e ainda com facilidade. Sabe o que mais? A adoção desse tipo de corrente para a transmissão de alta potência é muito mais econômico, já que evita perda desnecessária de energia.

Além disso, com a corrente alternada é possível construir geradores elétricos, motores e sistemas de distribuição de energias muito mais eficientes do que se fosse em corrente contínua.

Contudo, como tudo não são só flores, a corrente alternada não funciona muito bem quanto a corrente contínua em circuitos sensíveis, com em microchips. Portanto não é todo tipo de máquina que utiliza corrente alternada como fonte de energia.

Máquinas que funcionam com corrente alternada

A corrente alternada é mais utilizada nas redes de distribuição de energia elétrica e tomadas residenciais. As máquinas que fazem uso desse tipo de corrente elétrica, geralmente os aparelhos que necessitam inverter sua polaridade para assim produzir energia cinética, são:

  • Liquidificadores;
  • Batedeiras;
  • Máquinas de lavar;
  • Ventiladores;
  • Motores;
  • Outros.

Corrente alternada x corrente contínua

O que é Corrente contínua

Como você já deve ter percebido, a corrente contínua tem a característica de ter a sua movimentação de elétrons em um único sentido. Além disso, seu módulo da corrente elétrica varia muito pouco ou quase nada conforme o tempo.  Como não existe alternância, essa corrente não é aceita pelos transformadores e não ganha nenhuma voltagem maior, impossibilitando a energia elétrica de seguir muito longe. É por isso que hoje em dia, a corrente contínua é usada principalmente em pilhas e baterias ou para percorrer circuitos internos de aparelhos elétricos, mas não é utilizado para transportar energia entre uma usina para uma cidade.

Você sabia que dá para produzir corrente contínua a partir da corrente alternada? Para se fazer isso, é necessário retificar a corrente alternada selecionando só um de seus sentidos. Isso é possível por meio de um circuito que usa diodos, que são dispositivos semicondutores que só admitem a passagem de corrente em um único sentido.

O que é Corrente alternada

Já a corrente elétrica alternada, como fora explicado nesse texto, tem módulo variável, que muda conforme o tempo. Os elétrons presentes nesse tipo de corrente realizam movimentos oscilatórios em torno de uma mesma posição, não se propagando ao longo do condutor. Essa oscilação é importante para os transformadores que existem em uma linha de transmissão, já que só funcionam recebendo esse fluxo de elétrons alternado. Dentro do transformador, a voltagem da energia transmitida é aumentada, possibilitando que ela viaje em longas distâncias, como a distância da usina até sua casa.

Encerrando

Como base no que foi dito, entender o que é corrente alternada não é tão difícil, não acha? A ideia é bem simples, é uma corrente elétrica que não tem polarização fixa, sempre mudando entre o negativo e o positivo, muito usada no mundo todo por não apresentar desperdícios de energia e ainda possibilita que a eletricidade viaje por longas distâncias. Se caso as casas fizessem uso da corrente contínua, precisaríamos de uma usina em cada residência, e isso não é nada prático.

Gostou do texto? Então compartilhe nas suas redes sociais ou na sua lista de contatos!

Escreva um Comentário