Batedeira Planetária Britânia é boa? Veja sua Análise Completa de Modelos!

Escolher uma batedeira planetária exige que você saiba exatamente o que deseja que ela faça na cozinha. Sem dúvidas, elas podem oferecer muitas vantagens, praticidade e agilidade nos preparos, mas é preciso adequá-la às suas necessidades. Se você quer saber se a batedeira planetária Britânia é boa mesmo, terá que analisar as suas características individuais, de acordo com o que você espera dela.

A batedeira planetária ou orbital é um eletrodoméstico potente e muito mais versátil que as batedeiras convencionais. Isso porque ela usa um sistema diferenciado para trabalhar através de rotações muito semelhantes aos movimentos de rotação e translação dos planetas em torno do Sol.

Ou seja, os seus batedores giram em torno do próprio eixo, ao mesmo tempo que dão voltas na tigela, a fim de garantir melhores resultados no preparo das receitas, deixando as massas e misturas muito mais homogêneas e no ponto certo.

Por esta razão, elas são excelentes para quem as utiliza com frequência para preparar receitas mais elaboradas. Além disso, elas contam com mais níveis de velocidade e acessórios específicos para a obtenção desses resultados.

A maioria traz três tipos de batedores específicos para cada tipo de massa (leves, médias e pesadas), capazes de funcionar sem a sua interferência, bastando girar um botão. Outras podem operar até com mais de uma funcionalidade, acoplando outros acessórios.

No entanto, antes de escolher a batedeira planetária ideal, é preciso considerar alguns fatores importantes como potência, capacidade, material, opções de velocidades, quantidade de acessórios, preço, entre outros quesitos.

E para te ajudar nessa tarefa, selecionamos dois modelos da marca para você descobrir se a batedeira planetária Britânia é boa mesmo, e fazer a sua escolha com mais segurança.

Confira abaixo!

Primeiro, um pouco sobre a Britânia

britânia logo

A Britânia tem mais de 60 anos de atuação no mercado brasileiro, sempre mantendo uma relação de parceria e confiança com seus consumidores, que continua se fortalecendo a cada ano que passa.

Fundada em 1956 em Curitiba, a fabricante iniciou suas atividades fabricando fogões, fogareiros e móveis metálicos, passando em seguida a produzir e comercializar eletrodomésticos.

Hoje, a Britânia consolidou-se no mercado como uma das principais marcas de eletroportáteis e eletroeletrônicos do Brasil, sendo a empresa que mais cresce no país nesse segmento.

Afinal, a marca cumpre o que promete em todos os seus produtos, com a vantagem de oferecer modelos mais em conta em relação às suas principais concorrentes.

No quesito batedeiras, seja qual for a sua necessidade, a Britânia garante ter um modelo que melhor se adapta ao seu gosto e necessidades. Todos os modelos contam com peças muito práticas de manusear, concebidas com foco em qualidade e praticidade.

A Britânia oferece modelos desde mais tradicionais e discretos, aos mais modernas e ousados, a preços acessíveis, sem perder a durabilidade. Consequentemente, a marca acaba oferecendo o melhor custo-benefício.

Quer descobrir se a batedeira planetária Britânia é boa mesmo? Então acompanhe a análise completa de dois de seus modelos abaixo e escolha a opção que mais combina com as suas necessidades.

Voltar ao menu ↑

Batedeira Planetária Britânia BBP515 Turbo

Batedeira De Bolo Britânia Bbp515 11 Velocidades 500w

Última Atualização foi em: 19 de outubro de 2020 19:31
Em estoque
R$ 379,00

A batedeira planetária BBP515 Turbo é um modelo tradicional, porém robusto o suficiente, pois oferece 11 velocidades + turbo, para melhor se adequar aos mais variados tipos de receitas.

Com 500W de potência e tigela plástica com capacidade para 4,2 litros, a batedeira é capaz de agilizar o seu tempo na cozinha e preparar diversas receitas de uma só vez.

Ela conta com 3 batedores para molhos e claras em neve, massas leves e mais pesadas, capazes de bater tudo de forma prática e rápida. Além disso, conta com tampa transparente anti respingo com bico alimentador acoplado.

A mesma linha BBP515 também oferece um modelo com tigela em inox (BBP515P Inox), outro modelo com duas tigelas (BBP515 Double Bowl) e um terceiro com a tigela de vidro (BBP515 Turbo Glass) – todas disponíveis nas cores, branca, preta e vermelha.

PROS:

  • 11 velocidades + Turbo
  • Tigela plástica de 4,2L
  • 03 batedores (massas leves, pesadas e clara em neve)
  • 500 W de potência

CONTRA:

  • Não possui velocidade lenta

Voltar ao menu ↑

Batedeira Planetária Britânia BBT500

Batedeira Planetária Britânia BBT500B Inox 127V

Última Atualização foi em: 19 de outubro de 2020 19:31
Em estoque
R$ 629,90

Já esse outro modelo de batedeira planetária BBT500B traz também o mesmo design com 500W de potência, 11 velocidades + turbo.

A diferença para o outro modelo é a tigela plástica com capacidade um pouco menor (4L), sendo que o resto é tudo igual, inclusive o design. Ela possui 3 batedores para diferentes massas: claras em neve, chantili e maionese; massas leves como bolos, pudins, mousses e outros cremes; e para massas pesadas, para preparar pizzas, panetones, pães doces ou salgados; além de tampa transparente anti respingos com bocal alimentador acoplado.

O modelo está disponível nas cores preta, branca e vermelha, sendo que mesma linha BBT500 também oferece um modelo com tigela em inox disponíveis nas preta e vermelha.

PROS:

  • 11 velocidades + Turbo
  • Tigela plástica de 4L
  • 03 batedores (massas leves, pesadas e clara em neve)
  • 500 W de potência

CONTRA:

  • Não possui velocidade lenta

Voltar ao menu ↑

Investir na Batedeira Planetária Arno é boa ideia?

A Batedeira Planetária Britânia e boa de investir pelo custo benefício que traz.

A Batedeira Planetária Britânia e boa de investir pelo custo benefício que traz.

As batedeiras planetárias da Britânica lembram bastante o design centenário da batedeira planetária da Kitchen Aid. Mas ao contrário de várias outras marcas com praticamente o mesmo design, com carcaça metálica, a Britânia apostou em um corpo praticamente inteiro de plástico.

Embora ofereça 12 modelos de batedeiras planetárias, todas as versões são praticamente variações do mesmo design, mudando apenas as cores e materiais das tigelas: plástica, aço inoxidável e tigela de vidro.

Para facilitar, vamos à sua análise completa do modelo BBP515 para descobrir se a batedeira planetária Britânia é boa ideia mesmo e vale investir.

Características gerais

Apesar do desenho ser diferente da batedeira planetária Philco PHP500, as batedeiras planetárias da Britânia possuem muitas semelhanças. Isso porque a Britânia tem os direitos do uso da marca Philco no que diz respeito aos seus eletroportáteis, por isso elas têm muitas peças em comum e desenhos praticamente iguais em vários modelos.

A PHP500 está há mais tempo no mercado e a sua nova versão, a PBP600 é muito parecida com a batedeira planetária Britânia BBP515, porém esta última deu uma evoluída.

Os batedores são iguais: raquete e gancho de alumínio levemente poroso com um bom acabamento, e o fouet de arames muito finos, que deformam facilmente, limitando um pouco o uso de alguns ingredientes.

Além disso, o encaixe da peça parece um tanto frouxo, dando a impressão de poder soltar com mais facilidade. Apesar disso, não apresentou problema ao bater as massas.

Para levantar os batedores há uma mola de auxílio que consegue levantar a cabeça do aparelho sozinha, que fica travada quando levantada. Não há sistema de desligamento automático ao levantar os batedores, desligando apenas na posição “zero” do seletor.

Desempenho

O seletor da Britânia BBP515 tem 12 posições (11 velocidades + turbo), porém podemos apenas considerar 8 velocidades significativas, pois depois da sétima há pouca diferença entre uma velocidade e outra. Por outro lado, o gráfico da velocidade foi reduzido um pouco em todas as velocidades, ficando com uma velocidade inicial mais agradável.

Assim mesmo, ela tem uma velocidade de partida alta (quase 400 rotações por minuto), mas as batedeiras Mondial B-06 e Cadence Orbital, por exemplo, tem velocidades iniciais mais atraentes, que evitam que farinha se espalhe para fora da tigela na partida.

Os batedores entregam ótimos resultados e a velocidade máxima é alta o suficiente para preparar alimentos de forma rápida. Há força o bastante para dar conta de massas de pães sem muita complicação.

Ao bater massas mais pesadas o conjunto se manteve estável, embora a cabeça tenha um “jogo” leve, mas muito menos evidente que a Philco PHP500 e menos significante que a Mondial B-06.

A guia para levantar a cabeça parece boa, mas o encaixe da tigela precisa de ajustes, pois há uma folga na conexão com a base, fazendo com que a tigela fique “dançando” um pouco durante o trabalho. Além do batimento, isso pode causar um desgaste desnecessário nas peças durante o funcionamento ao longo do tempo.

A planetária Britânia BBP515 não é muito barulhenta como a Cadence e a Philco PHP500 e nem faz barulho estridente em nenhuma velocidade, como na Planetária da Arno.

Limpeza e Praticidade

O ponto de respiro do aparelho é mais distante do fundo, excelente para evitar que a poeira entre para dentro do motor. Há também um espaço para enrolar o cabo de alimentação, prático para manusear o aparelho, embora poderia ser um pouco mais longo para encaixar mais fácil no fundo.

A cabeça fica bem travada na base, permitindo transportar o conjunto segurando pelo motor, além de ser bem prático segurar no local devido ao seu design arredondado.

Há uma tampa de plástico transparente (SAN) anti respingo que encaixa bem na tigela, com um bocal para alimentar com ingredientes durante o preparo. A peça também serve para aumentar o volume da tigela, e evitar que a farinha se espalhe quando ligar.

A batedeira não possui muitas emendas que acumulam sujeira, exceto o espaço no topo, próximo ao encaixe dos batedores que possui alguns vãos, além de um buraco para acomodar um parafuso que dá um trabalhinho para limpar. Fora isso, não é complicada de limpar.

Ela possui quatro pés de borracha com ventosas que se prendem bem a superfícies lisas e um ano de garantia, exceto os acessórios que possuem 3 meses. De modo geral, o motor é potente e não passou de 300W, portanto, potência de sobra.

Voltar ao menu ↑

Vantagens de uma batedeira planetária

Uma batedeira planetária é muito útil na cozinha doméstica ou industrial, pois agiliza bastante o preparo de muitas receitas. Por isso, se você tem o costume de fazer massas, bolos, pães ou outras receitas mais complexas em casa, a batedeira planetária vai facilitar o seu trabalho e garantir os melhores resultados.

Já para o uso comercial uma dessas batedeiras é essencial, pois além de eficientes e práticas, elas são bem mais potentes que uma batedeira tradicional, além de poder ser usada com frequência.

Além disso, elas também têm a vantagem de serem mais silenciosas, contarem com um maior número de velocidades, e poderem bater todos os tipos de massas, das mais leves às mais pesadas.

A grande maioria dos modelos contam com pelo menos 3 tipos diferentes de batedores (massas leves e claras em neve, massas médias e pesadas) e acessórios extras, como tampas anti respingos e alimentadores, para adicionar ingredientes enquanto a batedeira funciona.

São muitas as vantagens, sendo que as desvantagens podem ser insignificantes, como apenas serem mais pesadas e um pouco mais caras em comparação às batedeiras convencionais. O que conta mesmo são as características individuais de cada marca e modelo.

Voltar ao menu ↑

Como saber se a batedeira planetária Britânia é boa?

Para saber se a batedeira Planetária Britânia é boa compare suas características com as suas necessidades.

Para saber se a batedeira Planetária Britânia é boa compare suas características com as suas necessidades.

Por existirem vários modelos diferentes no mercado, é preciso ficar atento às características individuais de cada aparelho, mesmo que o sistema e mecanismo das batedeiras planetárias sejam os mesmos.

Isso porque algumas características individuais podem ser mais vantajosas ou não, dependendo das suas necessidades. Por exemplo, potência, opções de velocidade, material, peso, tigela e acessórios podem ser determinantes para as suas necessidade, podendo tornar o produto mais eficiente e completo.

Portanto, para saber se a batedeira planetária Britânia é boa mesmo, fique atenta aos fatores abaixo:

Considere suas receitas

A principal função da batedeira planetária é misturar os ingredientes até obter uma massa no ponto ou consistência desejada. Porém, cada modelo no mercado pode apresentar características variadas e entregar resultados diferentes.

Por isso, é importante escolher o modelo da batedeira de acordo com as receitas que você costuma preparar.

As batedeiras simples são ideais para misturar massas mais leves porque não possuem grande potência, comparadas às batedeiras planetárias. Além disso, elas possuem dois misturadores paralelos que se movimentam no próprio eixo, exigindo que você movimente a unidade motora ou a tigela para conseguir misturar tudo.

Já a batedeira planetária é um aparelho mais completo e robusto, por isso pode dar conta de preparar qualquer tipo de massa, das mais leves às mais pesadas. Isso porque funcionam através de movimentos circulares mais rápidos e potentes: de rotação, no próprio eixo, e o movimento de translação, ao redor da tigela, com apenas apenas um misturador central.

Portanto, se você costuma preparar receitas mais elaboradas que precisam de movimentos diferenciados e potentes, a batedeira planetária Britânia é boa o suficiente para ajudar nas suas receitas.

Potência

A potência da batedeira tem à ver com a força que o produto deve ter para desempenhar a sua tarefa. Portanto, quanto mais potência, maior será a sua velocidade e força. Além disso, a potência também tem relação com o consumo de energia do aparelho, isto é, quanto maior a potência, maior o gasto de energia.

Como as batedeiras planetárias são bem mais potentes que batedeiras convencionais, elas consomem mais energia, porém trabalham mais rapidamente. A potência média de uma batedeira planetária pode variar de 250W a 1000W, o suficiente para o uso doméstico ou profissional.

As massas mais leves não exigem muito esforço da batedeira, por isso não precisam ter uma potência muito alta. Já as massas mais pesadas exigem uma potência mais alta.

Dependendo das receitas que você faz, poderá optar por aparelhos de potência mais baixa ou mais alta. A batedeira planetária Britânia é boa porque seus modelos têm potência intermediária de 500W, podendo ser eficientes para todos os tipos de receitas.

Capacidade

A escolha da capacidade da tigela da batedeira planetária vai depender das suas necessidades e da demanda de produção das suas receitas. Normalmente, receitas domésticas são suficientes para tigelas com cerca de 3 litros.

Mas se você for usar a batedeira para fins comerciais ou grandes porções ao mesmo tempo, o ideal é investir em uma batedeira de tigela maior (4 a 5 litros). Caso contrário, não há necessidade.

Algumas marcas, por exemplo, oferecem opções de modelos com duas tigelas, sendo que a capacidade delas pode variar entre 1,5 e 8 litros. A batedeira planetária Britânia é boa porque oferece modelos com 1 e 2 tigelas, com excelente capacidade, de 4L – ideal para fins domésticos e comerciais.

Batedores e Acessórios

A maioria das batedeiras planetárias costumam acompanhar acessórios que auxiliam no preparo das receitas, por isso fique atento aos que a batedeira pode incluir. A maioria vem com no mínimo 3 batedores:

  • Fouet ou globo: para massas leves e aeradas, como claras, mousses, glacês e molhos. Possui hastes finas para preparos que não exigem força, permitindo uma boa incorporação de ar à mistura;
  • Pá plana, raquete ou leque: ideal para massas médias ou mais encorpadas, como biscoitos, cookies e massas de tortas. Por conta dos ingredientes mais densos, o design do batedor consegue misturá-los de forma a deixar a massa mais estruturada;
  • Gancho: para massas bem pesadas como pão, pizza e pastel, sempre utilizado entre velocidade baixa e média.

Além desses batedores, alguns modelos de batedeiras mais completos incluem espátulas e outros batedores especiais, além de acessórios extras como copos de medida, tigelas de tamanhos diferentes, tampa anti respingo, alimentador (bocal que se acopla na tigela para adicionar ingredientes durante o funcionamento do utensílio), etc.

Outros modelos oferecem acessórios para comprar à parte, peças extras que agregam outros tipos de função à batedeira, como mixer, moedor de carne e até cortador de macarrão.

As batedeiras planetárias Britânia apenas oferecem o mínimo de 3 batedores, sem nenhum outro acessório extra, além de uma segunda tigela e tampa anti respingo com alimentador acoplado. Se isso não for suficiente para você, consulte quais acessórios extras acompanham batedeiras de outras marcas.

Ajustes de velocidades

Normalmente, as batedeiras planetárias oferecem vários níveis de velocidades diferentes, que variam entre 8 e 10 velocidades, podendo chegar até 12 velocidades, em modelos mais modernos e tecnológicos.

Além disso, algumas batedeiras planetárias contam com velocidade especiais, como turbo e “início lento ou suave”, para aumento gradual da velocidade. Se você faz receitas mais complexas, o ideal é priorizar essas que possuem mais velocidades, pois quanto mais controle sobre a batedeira melhor.

isso porque dependendo do tipo de preparo, a velocidade faz toda a diferença no resultado da receita, como iniciar em velocidade baixa e ir aumentando gradativamente.

A batedeira planetaria Britânia é boa pois oferece 11 velocidades + função Turbo em todos os modelos, embora tenha uma velocidade de início alta.

Material

O corpo das batedeiras pode ser feito de muitos materiais diferentes, como plástico e metais. Os modelos com base de plástico são mais leves e mais práticos, porém menos estáveis trabalhando. Já um corpo feito de metal (aço) é mais resistente e estável, porém mais pesado para carregar.

No entanto, uma batedeira pesada pode não ser um problema se você não for transportá-la com frequência. Já a tigela é um acessório essencial que deve ser resistente e durável para durar mais, além de ser fácil de limpar e carregar.

O seu tamanho e material podem variar, e isso faz toda diferença na durabilidade e resistência do produto. Os modelos mais baratos e menores costumam ter tigelas de plástico, já os modelos mais caros, incluem tigelas de vidro ou inox, materiais mais fáceis de limpar e duráveis, sendo que a tigela de inox é ainda melhor.

A batedeira planetária Britânia é boa porque traz modelos na versão de plástico, de vidro e de inox, permitindo que você opte pelo material que achar mais necessário.

Design

Atualmente é possível encontrar batedeiras planetárias de enorme variação em design e cores disponíveis, permitindo até que elas sejam incorporadas à decoração da sua cozinha.

Embora a maioria siga o padrão vintage Kitchen Aid, pioneira nas batedeiras planetárias mais sofisticadas, uma marca ou outra inova nesse quesito de tempos em tempos.

Se isso for uma questão importante para você, há várias linhas com modelos coloridos e super modernos. A batedeira planetária Britânia é boa, pois oferece o que há de melhor em design e cores disponíveis para embelezar ainda mais a sua cozinha, sem abrir mão da eficiência.

Voltar ao menu ↑

Afinal, Batedeira Planetária Britânia é boa?

Com base em todas essas informações acima e análise dos dois modelos da marca, podemos dizer que a batedeira planetária Britânia é boa mesmo, pois entrega bons resultados por um preço bastante acessível.

A Britânia BBP515, por exemplo, possui várias vantagens para uma planetária simples, sendo que a BBT500, não fica muito atrás, pois as características são bastante semelhantes entre as duas.

Sinceramente, eu não consegui entender o que difere uma da outra, talvez um detalhe ou outro e o preço. A tigela de ambas são de boa capacidade, 4,2l e 4L, respectivamente.

Ambas possuem bom desempenho com massas leves e massas pesadas. Existem alguns pontos que podem melhorar como fornecer arames mais rígidos no fouet, encaixe mais estável para os batedores, e velocidade de partida mais lenta.

Mas pelo preço e potência que oferece é uma excelente opção! Portanto, a batedeira planetária Britânia é boa mesmo, pode confiar!

Pronto! Agora é só escolher a sua!