Os fios e cabos elétricos não são somente encarregados de conduzir a energia elétrica, mas eles também mantem a segurança dos ambientes e de quem trabalha diretamente com a instalação e manutenção destes utensílios. Para que haja a compatibilidade entre os cabos com as outras peças elétricas e dessa maneira evitar acidentes, os fios elétricos são identificados por uma tabela de cores que distingue quais as funcionalidades de cada um deles.

Pessoas que trabalham com redes elétricas entendem que é indispensável diferenciar a funcionalidade de cada fio ou cabo, de forma a conservar a própria segurança e o bom desempenho da rede. Porém, existem alguns casos em que o profissional não é especializado ou é o cliente que faz a compra dos cabos, e normalmente ambos escolhem pelo mais fácil ou o que é mais barato.

Vamos entender melhor como toda essa questão da tabela de cores de fios elétricos funciona.

A Norma por detrás da tabela de cores de fios elétricos

A tabela de cores dos condutores elétricos como fios e cabos é distinta conforme cada país ou região do mundo. No Brasil, é a norma NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão que define quais são as cores utilizadas para identificar cabos e fios, e suas definidas funções em instalações de baixa tensão, isto é, de até 1000V em tensões alternadas ou 1500V em tensão contínua.

Áreas abertas, edifícios ou instalações temporárias, tais como canteiros de obras e feiras por exemplo, são os lugares onde a norma é utilizada com maior frequência. Além do mais, novas instalações elétricas ou instalações já existentes e que estão sendo reformadas, também precisam estar em conformidade com a NBR 5410, tendo em vista de que talvez possa ocorrer a incompatibilidade de cabos e, portanto, a possibilidade de acidentes elétricos existe.

É importante o cumprimento dessa norma em qualquer modelo de instalação elétrica de baixa tensão. Isso, porque, ela procura conservar a qualidade de funcionamento do circuito e a segurança das pessoas, tanto das que fazem a manutenção dos equipamentos, quanto às que andam todos os dias no ambiente.

Assim, para que não haja acidentes como choques elétricos e danos na qualidade de vida de trabalhadores em indústrias, obras e ambientes comerciais, é necessário contratar uma empresa especialista em materiais elétricos e que os mesmos materiais estejam inclusos nas normas regulamentadoras.

Quando for utilizar a cor como método de identificação da função, estas cores devem sempre seguir a tabela de cores de fios elétricos, desta maneira:

Condutores e suas cores

Vamos dar uma olhadinha agora na cor característica de cada tipo de condutor.

Condutores e suas cores

Condutor Neutro

 Na NBR 5410:2004 item 6.1.5.3.1 consta que qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor neutro, em caso de identificação por cor, deve ser usada a cor azul-clara na isolação do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.

A norma também fala no mesmo item que a veia com isolação azul-clara de um cabo multipolar pode ser usada para outras funções, que não a de condutor neutro, se o circuito não possuir condutor neutro ou se o cabo possuir um condutor periférico utilizado como neutro.

Analisando a frase extraída da norma, “em caso de identificação por cor”, mostra que a mesma não exclui a importância do uso de tabelas de cores de fios elétricos, mas que outros métodos de identificação podem ser utilizados. Portanto, as primeiras palavras desta frase “qualquer condutor” deixa claro que pode ser qualquer tipo de condutor.

Obviamente, precisa ser considerado todos os critérios técnicos de dimensionamento do fio para que o condutor seja adotado para sua devida função. As outras partes seguintes da norma, levam a mesma regra para todos as outras funções de cabos.

Condutor de Proteção

Na NBR 5410:2004 item 6.1.5.3.2 consta que qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor de proteção (PE), em caso de identificação por cor, deve ser usada a dupla coloração verde-amarela ou a cor verde (cores exclusivas da função de proteção), na isolação do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.

Condutor de Proteção Terra ou PEN

 Na NBR 5410:2004 item 6.1.5.3.3 consta que qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor PEN deve ser identificado de acordo com essa função. Em caso de identificação por cor, deve ser usada a cor azul-claro, com anilhas verde-amarelo nos pontos visíveis ou acessíveis, na isolação do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.

Condutor Fase

Na NBR 5410:2004 itens 6.1.5.3.1, 6.1.5.3.2 e 6.1.5.3.3 constam que para o condutor fase pode ser usado quaisquer cores desde que não use as cores estabelecidas nos itens anteriores. Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor de fase deve ser identificado de acordo com essa função. Em caso de identificação por cor, pode ser usada qualquer cor, observadas as restrições estabelecidas em.

A norma também fala que por razões de segurança, não deve ser usada a cor de isolação exclusivamente amarela onde existir o risco de confusão com a dupla coloração verde-amarela, cores exclusivas do condutor de proteção.

Outros métodos de identificação

Como já foi dito anteriormente, a norma não exige o uso de tabelas de cores para identificar os fios elétricos. Outros métodos podem ser utilizados para identificação da funcionalidade dos fios, como, o uso de anilhas com letras, palavras e símbolos. Quanto a isso a norma é bem clara.

Outro método para diferenciar os fios conforme a sua função é usar fitas isolantes coloridas. Enquanto são utilizadas como uma opção de identificação que não seja as cores de isolamento dos cabos, como por exemplo a fita isolante, esta identificação precisa ser realizada em todos os lugares visíveis e acessíveis dos fios, como caixas de passagens e terminações de fios.

A melhor maneira de identificar os fios elétricos, ainda continua sendo através da tabela de cores, quando sua isolação é feita de modo correto, porém infelizmente esta não é a realidade da maioria das instalações elétricas. O uso da norma em instalações elétricas é de muita importância, pois ela presa pela segurança e um uso adequado das instalações.

Ainda que não seja um conhecimento disseminada a todos os trabalhadores que lidam com as instalações elétricas, a norma autoriza a utilização de vários métodos de identificação dos fios conforme com sua função, porém mesmo optando por estas alternativas é necessário fazer o acompanhado da norma, para que se conserve a segurança de todos os envolvidos.

Restaram dúvidas sobre tabelas de cores de fios elétricos?  Se sim, é só deixá-la nos comentários abaixo e nós estaremos prontos para lhe responder! Agora, caso tenha conseguido retirar suas dúvidas com este artigo, então não deixe de compartilhar com seus amigos e conhecidos, nunca se sabe quem você pode acabar ajudado no percurso!

Escreva um Comentário