Se você esta na dúvida e não sabe como participar de licitações, então você veio ao lugar certo. Aprenda aqui as etapas necessárias para concluir um processo licitatório.

Você certamente terá muito mais chances de participar e ganhar licitações conhecendo melhor as etapas desse processo.

 Então vamos lá?

O que é uma licitação?

Em primeiro lugar, a coisa certa a ser feita é conhecer o significado da palavra licitação, que não é nada mais que um princípio segundo o qual todos as pessoas são iguais perante a lei, e consiste num sistema administrativo obrigatório para contratação de serviços ou compra de produtos, que precede a assinatura de contratos com a Administração Pública.

Para entrar em uma licitação, é recomendado seguir alguns caminhos, o que torna a sua participação mais eficaz e evita a desclassificação no decorrer do processo.

Ficou curioso para conhecer quais são esses caminhos? Continue lendo o artigo e conheça essas etapas.

As etapas para participar de licitações

Abaixo nós iremos lhe apresentar todas as etapas das quais você precisa se atentar para poder participar de licitações, acompanhe:

1 – Leia o Edital

A primeira etapa para que você possa participar de licitações é simplesmente ler o edital. No momento em que esse documento é divulgado, o processo licitatório estará oficialmente acessível.

O edital é o documento mais importante de um processo licitatório. É nele que está relatado todas as etapas da licitação de forma detalhada, para que qualquer mudança que venha a acontecer, leve à substituição do edital ou até mesmo invalidação.

Para evitar erros futuros é necessário ter compreensão às informações contidas no edital. No instante em que você lê o edital, passa a conhecer o que o licitante precisa e se a sua empresa tem a disponibilidade do produto ou o serviço para permanecer com a oferta.

Antes disso, é necessário que a organização esteja atenta ao mercado, procurando os editais próprios do seu segmento, que são anunciados todos os dias, em todas as regiões do país.

No edital estão todas as informações que você precisar saber para participar de licitações, desde a data, o local e o horário da abertura do certame, até o objeto, as condições e a documentação.

2 – Habilitação

É indispensável ressaltar que essa fase é classificatória, ou seja, a empresa que não obedecer às regras está automaticamente fora da disputa. E essa etapa costuma eliminar muitos candidatos.

Isso porque as empresas não estão de olho aos parâmetros citados no edital, podendo assim deixar de satisfazer requisitos importantes.

Para escapar de ser eliminado antes mesmo da apresentação ter início, é importante buscar informações sobre todos os requisitos e cumpri-los à risca.

3 – Documentação

Outro caráter eliminatório para quem quer participar de licitações é a falha na documentação. A iniciativa para quem tem algum negócio e pretende ofertar bens ou serviços a um setor público, antes de mais nada, é organizar toda a documentação necessária para participar de uma licitação pública.

Prazos de validade das certidões, correção da documentação e assinaturas em dia são condições essenciais para as empresas que querem participar de licitações.

Quem tiver interesse no processo de licitação tem de realizar seu cadastro nos diversos órgãos públicos de cadastros de fornecedores da Administração Pública. Para conseguir esse registro, a Lei nº 8.666/93 de Licitações estabelece quais documentos devem ser apresentados aos seus departamentos de cadastro.

Existem licitações presenciais e eletrônicas. Nas eletrônicas você pode acessar os portais eletrônicos de compras através de sites de nível federal, que possuem órgãos no país inteiro, como o Compras Governamentais e o de licitações do Banco do Brasil. No Compras Governamentais você terá acesso ao regulamento de como realizar o cadastro, por meio do SICAF.

4 – Regularidade Fiscal

Não existe contrato da administração pública que posso ser fechado com empresas que não estão com seus impostos atualizados. Essa é uma parte importante e que é solicitada em todos os processos licitatórios. Dessa forma, é essencial estar em dia.

5 – Pontualidade

O início das sessões de licitação está mencionado no edital, com local, data e horário.  De modo algum é admitido que uma empresa que pretenda participar de um processo deixe de estar presente ou de se cadastrar no site como é no caso de licitação eletrônicas, nas datas e horário solicitados.

Isso remeteria a dar oportunidade para uma empresa específica, prejudicando as demais que obedeceram ao quesito “pontualidade”.

6 – Apresentação das propostas

Esse período pode ser diferente conforme a modalidade e o tipo de licitação. Portanto, é bom ficar atento.

Por exemplo, em casos de Pregões as propostas são realizadas em sessão pública, quando são apresentados os valores para o objeto solicitado. Nesse tipo de licitação não existe limite para os valores e é a partir de lances que é fixado o menor preço.

Outras modalidades podem ter situações e protocolos distintos. No modelo de melhor técnica e preço, por exemplo, as empresas apresentam envelopes lacrados com as propostas técnicas que são avaliados por uma comissão especial. Nas próximas etapas, o valor apresentado é analisado por meio de fórmula específica que vai definir qual a proposta mais propícia para o órgão público.

Após examinar todo o conteúdo do edital e cadastrar a proposta para participar de licitações é que se inicia oficialmente a concorrência. É importante estar atento e deixar a ansiedade de lado. Lembre-se, sempre existirá outras pessoas que já estão acostumadas a participar de licitações.

7 – Disputa de preço

Ao se tratar de disputa de preços, nunca dê um lance abaixo do seu lucro, pois será desvantajoso para seu negócio e pode te levar à renuncia da licitação ou até mesmo desclassificação, o que provoca penalidades como: a não oportunidade de participação em licitações futuras por um período de tempo determinado e/ou pagamento de multa aplicada pelo licitante.

É normal acontecer uma brusca baixa dos valores inicialmente determinados pelo licitante na disputa de preços, porém é necessário que você se conserve dentro da realidade da sua empresa, permitindo abaixar o valor da sua proposta somente até onde for admissível te gerar lucros.

O mais apropriado antes de começar em um processo licitatório e participar de licitações é possuir um planejamento financeiro da sua instituição e entender as necessidades da Administração Pública que gerou a licitação.

Portanto, antes de estrear a competição pelos preços, você deve saber até onde pode cair a sua oferta de modo a continuar condizendo com a solicitação do órgão e as demandas da sua companhia.

8 – Finalização do processo

A concorrência dos preços é a fase decisória da licitação, onde é determinada a empresa adequada a ganhar o processo. Posto isso, é preciso estar devidamente pronto caso seja a sua empresa. De contrário, as penalidades, disponíveis na Lei 8.666/93, serão empregues.

Um processo licitatório produz custos a Administração Pública, e uma empresa que vence essa fase e ao final não condiz com às solicitações prevista no edital, provoca problemas ao órgão, o que suscita no atraso do processo.

E é importante que você não participe de uma licitação apenas para realizar um teste. Existem simuladores que lhes concedem uma preparação a respeito do assunto, tal como cursos gratuitos online.

9 – Assinatura do contrato

Ao percorrer as fases de abertura das propostas, você respeitou todos os requisitos do edital e entregou a melhor proposta. Logo, você venceu a licitação!

Agora a próxima etapa é a assinatura do contrato, e essa não é a final. De fato, é apenas o começo de uma prestação de serviços favorável para ambas as partes. Compete à empresa ganhadora efetuar fielmente os prazos e condições firmados no contrato.

Esse é o motivo que vai definir o seu valor de mercado e as possibilidades de prosseguir trabalhando com órgãos públicos.

Conclusão

Agora você está preparado para disputar licitações e apto para ganhá-las sem medo ou complicações. Esteja atento aos detalhes e faça um bom aproveito das dicas.

Restaram dúvidas sobre como participar de licitações?  Se sim, é só deixá-la nos comentários abaixo e nós estaremos prontos para lhe responder! Agora, caso tenha conseguido retirar suas dúvidas com este artigo, então não deixe de compartilhar com seus amigos e conhecidos, nunca se sabe quem você pode acabar ajudado no percurso!

Escreva um Comentário