Quer saber como usar escalímetro para seus trabalhos, mas não tem ideia de por onde começar?

Pois saiba que essa ferramenta é de grande ajuda para seus desenhos técnicos, lhe ajudando a medir e fazer representações gráficas ampliadas ou reduzidas, mantendo a proporcionalidade correta. Esse artigo lhe ensinará a como usar um escalímetro da maneira correta, além disso, teremos os seguintes tópicos.

  • O que é um escalímetro?
  • Tipos de escalímetros;
  • Escalas;
  • Escalas mais usada por engenheiros e arquitetos;
  • Cotas;
  • Como usar escalímetro.

O que é um escalímetro?

Antes de ensinarmos a como usar escalímetro, temos de explicar o que ele é. Escalímetro é uma régua tridimensional dividida em três faces, cada uma com duas escalas distintas. Através do uso de múltiplos e submúltiplos dessas seis escalas, é possível tirar vários números de outras escalas.

O escalímetro possibilita a criação de desenhos de projetos; além disso, também é utilizado para medir e conceber desenhos em escalas ampliadas ou reduzidas, conservando a proporção entre a representação do objeto e o seu tamanho real.

Tipos de escalímetros

Existem cinco tipos de escalímetros:

  • Número 1 – Escalas de: 1:20, 1:25, 1:50, 1:75, 1:100, 1:125;
  • Número 2 – Escalas de: 1:100, 1:200, 1:250, 1:300, 1:400, 1:500;
  • Número 3 – Escalas de: 1:20, 1:25, 1:33¹, 1:50, 1:75, 1:100;
  • Número 4 – Escalas de: 1:500 1:100 1:1250 1:1500 1:2000 1:2500;
  • Número 5 – Escalas de: 3/32″ 3/16″ 1/8″ 1/4″ 3/8″ 3/4″ 1/2″ 1″ 11/2″ 3″.

Cada unidade marcada nas escalas do escalímetro é equivalente a um metro na escala adotada.

As Escalas

Para entender como usar escalímetro, é necessário o entendimento de suas escalas.

Escala é o mecanismo de ampliação e redução de uma imagem, sempre usando um sistema de coordenadas de referência. Para calcular a escala, nos utilizamos a seguinte formula:

E = d/D

  • E = Escala
  • d= dimensão gráfica
  • D = dimensão real.

Isso quer dizer que o escalímetro representa uma parte real de um terreno ou coisa presente no desenho, mantendo as proporções de acordo com os tamanhos de cada elemento do projeto.

Se utilizarmos a escala 1:100, ou seja, isso significa que cada 1 unidade de medida no desenho irá representar 100 unidades de medida no tamanho real.

Suponhamos então que você queira representar um elemento que possua 20 metros utilizando-se uma escala de 1:50, assim basta que você utilize a fórmula da escala para determinar o comprimento que este mesmo objeto terá folha.

E = d/D

Então:

1/50 = d/10

d = 0,20 m ou 20 cm

Portanto, para que você represente um objeto de 10 metros de comprimento em uma escala de 1:50, deve-se desenhar no papel uma linha de 20 centímetros.

Mas se desejar conhecer o tamanho real de uma representação gráfica em um projeto utilizando uma escala de 1:25, basta realizar a conta ao inverso, ou seja, deve-se medir o comprimento do mesmo e utilizar a mesma equação, substituindo os valores.

E = d/D

1/25 = 0,20/D

D = 5 metros

Escalas mais usada por arquitetos e engenheiros

Como o escalímetro número 1 é o mais usado pelos arquitetos e engenheiros pela natureza do trabalho dessas funções, vamos abordá-lo mais detalhadamente a seguir, isso irá te ajudar a entender melhor como usar escalímetro.

Escala 1:20 (um por vinte)

Usado para desenhos maiores e detalhados.

Nessa escala, cada metro do lado do terreno ou da alvenaria equivale a cinco centímetros do desenho.

Escala 1:25 (um por vinte e cinco)

Permite mais detalhes de elemento no desenho, porém o seu tamanho representativo no papal é relativamente grande.

Nessa escala, cada metro é igual quatro centímetros no desenho do projeto elétrico na planta baixa.

Escala 1:50 (um por cinquenta)

Muito utilizada para visualizar o desenho com detalhes, criando desenhos do tamanho ideal para a leitura e interpretação.

Nessa escala, cada metro de parede no sentido horizontal é igual a dois centímetros no desenho do projeto.

Escala 1:75 (um por setenta e cinco)

Proporciona maior detalhamento do que outras escalas, sendo utilizada bastante em plantas, cortes e fachadas.

Nessa escala, cada dois metros e meio de parede é igual, no traçado, três centímetros e três milímetros.

Escala 1:100 (um por cem)

Usado em projetos que não necessitam de muito detalhamento técnico como residências unifamiliares.

Nessa escala, cada metro é igual um centímetro no desenho.

Escala 1:125 (um por cento e vinte e cinco)

Usado para representar plantas, cortes, fachadas de casas e edifícios.

Sua escala não tem um grande grau de complexidade por ser muito reduzido.

Cotas

De uma maneira simples, cotas são as medidas do seu projeto.

Elas são a representação gráfica das dimensões técnicas de um elemento no desenho técnico, normalmente sendo simbolizado por linhas, símbolos, notas e números em uma unidade de medida.

Usam-se as cotas quando é necessário mostrar a medida de um elemento ou outro, como comprimento de uma parede ou qualquer outro que esteja sendo vista em planta baixa.

Escolhendo a escala correta no escalímetro

Se você observar bem o escalímetro, notará que existe um número indicado à esquerda, antes do zero, nos lados da régua. Esse número indica a escala, e é de extrema importância no nosso ensinamento de como usar escalímetro.

Tome cuidado para escolher bem o lado para o trabalho pelo qual ela será utilizada, se não, fará cálculos errados e o desenho não terá as proporções corretas.

Ao projetar, primeiro escolha a escala a depender do tamanho do desenho, sempre tendo em mente as dimensões reais.

Como usar escalímetro?

O escalímetro tem a função parecida com uma régua, começando as medições a partir do zero. As escalas mais comuns são 1/2, 1/4 e 1/6. Essas proporções são as frações de um centímetro, que é igual a um metro nas grandes dimensões.

Para ler um projeto com um escalímetro, primeiro é necessário decidir a escala determinada. Escolhida a escala, coloque a marca do zero sobre o começo da longitude do traçado a ser medido. Se a distância por equivalente à linha da régua, significa que a medida corresponde a um metro.

Leia com cuidado as marcações, pois a maioria dos escalímetros possuem duas escalas na mesma face. Se a distância medida não se encontra em uma linha, a exata medida será o número de metros que coincida na linha mais próxima de uma quantidade de centímetros.

Já para determinar a quantidade de centímetros, é necessária outra medição. Com o escalímetro, marque uma linha correspondente a um metro. O primeiro centímetro da régua, que está dividido em dez partes, corresponde aos centímetros.

Use a linha feita anteriormente para determinar os quantos centímetros ela equivale, assim, a primeira medida feita é referente aos metros e após os centímetros.

Conclusão

Viu só como é fácil e rápido o uso do escalímetro?

Ainda sem necessidade de fazer conversões a partir de operações matemáticas!

Além do mais, com seu uso, os erros de cálculos são pequenos, já que não é necessário o uso de contas mirabolantes que possuem alta chance de erro por causa de algum número ou sinal errado.

Por isso que o escalímetro é um ótimo companheiro para você, engenheiro ou futuro engenheiro ou para um arquiteto ou um futuro arquiteto, sendo útil em seus projetos.

Escreva um Comentário