É realmente difícil a gente se lembrar de tudo. Principalmente em um dia corrido e cheio de tarefas para se realizar, tais como o cumprimento de prazos, recebimentos de materiais, acompanhamento do orçamento e várias outras coisas, não é mesmo? É por isso mesmo que existe uma ferramenta muito útil para esse tipo de trabalho… O Diário de Obra!

O Diário de Obra é um documento ultra importante onde se registra os eventos ocorridos na obra e ainda serve pra guardar as informações com bastante segurança. Ajudando na organização, planejamento de obras, em conclusão de projetos, monitoramento ou fiscalização da obra e até nos cumprimento dos prazos.

Não acredita?

Então continue lendo!

O que é o Diário de Obra?

O que é o diário de obra

Muita gente faz uso do diário como um meio para registrar o dia a dia, e também para anotar os erros e acertos na vida. O diário de obra ou também chamada como relatório diário de obras (RDO) funciona de uma maneira similar com o diário comum, mas as informações contidas nele são mais sobre o andamento da obra, sua segurança e organização. Infelizmente, por se tratar de um processo burocrático, muitas pessoas acabam não o cumprindo. Alguns dos itens essenciais do diário de obra são:

  • Informações sobre o clima do dia – Dependendo do clima, isto pode afetar diretamente o andamento da obra;
  • Tarefas realizadas;
  • Equipe no canteiro de obras;
  • Acidentes e outros eventuais problemas;
  • Equipamentos usados;
  • Recursos disponíveis e a quantidade usada;
  • Dentre outros itens que são igualmente essenciais.

O melhor de tudo, não é necessário escrever o diário manualmente.

O que? Como assim?

Atualmente é possível fazer uma versão digital do diário de obra. Inclusive no seu próprio celular! Tudo isso de uma maneira prática e fácil, conforme as normas legais.

Mas como ele funciona?

O diário de obra funciona como um lembrete, um relatório das atividades cotidianas da obra, sendo preenchida de uma forma rigorosa por um engenheiro capacitado ou responsável técnico pelo projeto.

É até recomendado para os profissionais responsáveis por esse tipo de trabalho que carregarem consigo pranchetas para o canteiro de obra, assim facilitando o registro de informações. Contudo, também é possível fazer uso de outros sistemas específicos apenas para gestão de obras, os quais permitem o preenchimento do documento em formato digital, otimizando ainda mais o processo.

Não está convencido das vantagens na adoção dos meios digitais? Então aqui esta uma lista das vantagens:

  • Customização dos documentos de acordo com as exigências do cliente ou da empresa;
  • Evitar desentendimentos por conta de uma má escrita;
  • Compartilhamento rápido e simples para outras pessoas, através de e-mails e outros recursos;
  • Facilitar o acesso do diário em qualquer momento e lugar, pelo computador ou até mesmo pelos celulares inteligentes;
  • Relatórios automáticos personalizáveis;
  • Rapidez no preenchimento de informações, facilitando o trabalho dos outros profissionais.

Vantagens do Diário de obra

As vantagens são diversas, indo desde a facilitação do trabalho dentro da obra até como arquivo probatório. Dentre as principais vantagens podemos destacar:

O diário de obra facilita o registro de informações

Adotar medidas tecnológicas para realizar os registros dos acontecimentos de uma construção facilita bastante o acesso de informações e o aumento de controle de todos os procedimentos. Principalmente quando se permite o uso de imagens ou outros tipos de arquivos que auxiliam no acesso.

Muitas informações podem ser esquecidas se não forem registradas num diário de obra. Por isso, ter os registros dessas informações, principalmente por meio digital facilita o trabalho de consulta e revisão.

Outra vantagem surpreendente é a possibilidade de apresentar os dados para fazer a negociação de prazo com os clientes ou até mesmo discutir com os fornecedores sobre possíveis imprevistos. Como você pode perceber, é muito fácil justificar alterações com as informações da obra, registradas em algum tipo de documento.

Descomplica o acesso das informações registradas

Nunca podemos confiar na nossa memória para guardar uma informação importante, nós não somos máquinas, por isso, erramos.

Por isso, ter um registro por escrito ajuda e muito a guardar qualquer informação importante de uma obra. Contudo, ainda existe outra alternativa ainda melhor, o digital!

Usando as ferramentas digitais é possível ter fácil acesso das informações registradas da obra, afinal, papelada a menos na mesa já proporciona um alivio imenso. Além disso, isso facilita o acesso dos gestores, já que eles podem acessar o documento de praticamente qualquer lugar, assim diminuindo consideravelmente os processos burocráticos.

Tudo dentro da lei

Um documento chamado Livro de Ordem passou a ser obrigatória graças ao Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea). As informações requeridas no Livro de Ordem são bem similares as do diário de obra, tais como:

  • Data do começo a da finalização das atividades da obra;
  • Acidentes e danos materiais;
  • Períodos de pausa da construção;
  • Responsável técnico;
  • Dados de empreendimento;
  • Entre outros.

Além disso, esse documento ainda pode ser exigido em contrato com o próprio contratante.

O diário pode ser usado como prova

Como assim? Para provar que as demandas foram cumpridas e que as especificações foram seguidas, o diário de obra pode muito bem servir como prova do cumprimento dessas obrigações. O diário de obra ainda pode ser usada como referência para outras mediações de obras.

Além disso, também é possível usá-lo como consulta em possíveis eventualidades. Sendo usado para avaliar o que pode ter causado algum tipo de falha, gastos em excesso e até mesmo investigar qual a causa de um acidente de trabalho.

Melhor controle de gastos

Com um diário de obra bem feito e detalhado é possível entender melhor o gasto com insumos e outros tipos de materiais de construção, como também o desempenho de equipamentos.

Assim, o diário de obra facilita o planejamento de compras e ainda é possível gerenciar melhor o estoque de materiais. Não apenas isso, mas também facilita a escolha de bons fornecedores, manutenção eficiente do maquinário e ainda evita problemas de desperdício ou excesso de materiais.

Penalidades

Penalidades

De acordo com a Confea, a falta do Livro de Ordem vai contra um dos itens da Lei Federal 5.194 – Empréstimo de nome e a serviços em real participação, e contra o código de ética profissional. As penalidades previstas na lei federal são de advertência e multa.

Encerrando

O diário de obra é uma ferramenta surpreendente que proporciona diversas vantagens inimagináveis para a obrigação civil.

Por isso, o registro deve ser feito em detalhes e totalmente transparente, para que assim nenhuma informação seja emitida.  Deixar de fazê-la pode acarretar em diversos problemas desde judiciais até mesmo na eficiência da equipe de mão de obra.

E aí? Gostou do texto? Compartilhe nas redes sociais ou comente o que achou!

Escreva um Comentário