kaizuka-51

Pinheiro Kaizuka: Como Cuidar? Artigo Completo!

Você já ouviu falar em Kaizuka? Ela é uma árvore pequena e de forma cônica ou colunar e de aspecto escultural e decorativo. Tem sido cada vez mais usada em projetos de jardinagem e paisagismo.

Conta com uma beleza única e que vai valorizar seu jardim, independente do estilo que você escolher. Pode ser colocado em áreas amplas ou em vasos. Se você quer conhecer mais sobre essa espécie tão singular, o artigo de hoje é para você. Confira nossa seleção de dicas de como cuidar e manter e inspirações!

O que é

O Kaizuka é uma árvore que lembra um pinheiro. Seus ramos são ramificados e compactos e formam um espiral. Conta com folhas pequenas e comprimidas, que conferem a textura densa característica da espécie.

Esse cipreste aristocrático é apropriado para jardins de estilo europeu ou oriental. Quando plantado isolado e livre de podas pode chegar a 5 metros de altura. No entanto, ele pode ser cultivado em cercas-vivas e conseguem isolar o jardim do pó e do ruído das ruas.

Seu crescimento é lento e moderado e as folhas jovens possuem pontas alongadas em forma de agulha, já as adultas são escamosas e com uma coloração verde escura e brilhante.

O cultivo deve ser feito no sol em solo fértil, drenável e enriquecido com matéria orgânica. A origem do kaizuka é do clima temperado, mas consegue se adaptar ao clima subtropical ou mediterrâneo e ainda pode suportar o tropical, desde que fique longe de locais úmidos.

Características

Essa árvore cipreste conta com características peculiares, como variação, altura, desenvolvimento e local de plantio.

Anúncios

Quanto a variação, o kaizuka sofre uma alteração na sua forma e folhas ao longo do seu desenvolvimento. Na fase de muda, as folhas seguem um estilo e com o crescimento vai ganhando sua forma em espiral.

Em relação à altura, a espécie sofre uma variação grande, porque tudo depende do local onde será plantada e das técnicas de poda. Se for seguir a técnica de bonsai, o tamanho será reduzido, já que o espaço do solo é menor. Em vasos de tamanho intermediário, a planta chega até 1,5 metros. Em jardins e terrenos, com um espaço maior para desenvolvimento da raiz, a árvore pode atingir tamanhos maiores, chegando a 5 metros.

O desenvolvimento dessa espécie é lento e moderado, então se você espera uma planta com desenvolvimento rápido, não invista no kaizuka. Pode demorar anos para atingir cerca de um metro. Então, vale a pena comprar uma muda com aproximadamente 3 anos.

O melhor local de plantio é aquele que tem sol pleno, assim a planta se desenvolve melhor. No entanto, um espaço a meia sombra pode ser considerado desde que tenha uma boa iluminação e pegue um pouco de sol durante o dia.

Quanto custa e onde comprar

 O Kaizuka apresenta um excelente custo-benefício em relação as outras plantas orientais, já que seu custo é mais acessível. No entanto, o valor irá variar de acordo com o tamanho e idade da muda. As mudas de um metro custam cerca de R$40. Já as mudas maiores, com 2 metros, podem custar a partir de R$90.

São fáceis de encontrar em floriculturas ou lojas de jardinagem. E em locais que o cultivo é mais forte, o custo pode ser mais em conta. Caso não encontre na sua cidade, ainda é possível comprar online. Existem sites especializados em plantas e até no Mercado Livre encontramos anúncios de kaizuka.

Como cuidar do Kaizuka

Os cuidados do kaizuka são fáceis e simples, no entanto, precisam de bastante atenção para que a sua árvore fique saudável.

A primeira coisa a se atentar é o solo. Ele deve ser fértil e bem drenado, assim sua espécie ficará sempre bem. Invista em jardins e locais que contem com um mix de plantas.

As regas devem ser regulares. Para saber se está na hora de regar, use a técnica de verificar a terra com o dedo, se o solo estiver molhado, ainda não está na hora, mas se estiver pouco úmido ou seco, molhe-o novamente. Tudo vai depender do clima da região onde você mora e das estações do ano.

É importante saber que essa planta não se adapta muito bem a ambientes muito úmidos, então evite plantá-la em regiões com esse clima.

Anúncios

A temperatura adequada para manter o kaizuka sempre bonito deve ser amena, com uma média de 25º C. É importante evitar regiões muito frias ou muito quentes.

Com relação a adubação, os adubos orgânicos ou NPK (composição de nitrogênio, fósforo e potássio) em 10-10-10 ou 10-05-10 são os mais indicados para que a planta se desenvolva mais. O período mais indicado é no início da primavera.

Cuidados com o Kaizuka no Inverno

Anúncios

É importante salientar que no inverno ou em períodos de frio intenso, a rega deve ser feita com cautela, já que demora mais para o solo secar. Uma terra muito úmida, aumenta a probabilidade de aparecer fungos e bactérias, que podem prejudicar a saúde da planta.

Também é importante retirar as folhas internas que queimam e secam, para que elas não atrapalhem o desenvolvimento das folhas saudáveis.

Paisagismo com Kaizuka em vaso 

Como falamos nos tópicos anteriores, o kaizuka pode ser cultivado em vasos. Para criar combinações interessantes, vale a pena escolher vasos com designs diferentes e interessantes, além de escolher cores que combinem com o aspecto da planta, como por exemplo, tons de azul, vasos brancos e até metalizados.

A ideia de cultivá-lo em vasos é que ele pode ser colocado em sacadas de apartamentos e decorar um cantinho pequeno e que precisa de um toque de verde. Outra ideia é colocá-lo nas fachadas das casas.

Lembrando que o tamanho do vaso que vai determinar o crescimento do cipreste, quanto maior, mais alto ele irá ficar.

Propagação do Kaizuka

A propagação é feita por sementes que se multiplicam em qualquer época do ano. Por meio de estacas semilenhosas, a retirada das pontas dos ramos deve ser feita no outono.

É possível cultivar Kaizuka em apartamentos

É muito comum vermos essas plantas cultivadas em apartamentos ou cômodos pequenos como escritórios. Isso se dá porque ela conta com uma grande capacidade de adaptação. No entanto, em áreas internas, lembre-se de escolher um local com bastante incidência de luz solar e circulação de ar.

Passo a passo do plantio

Agora chegou a sua vez. Que tal aprender como plantar a sua muda de kaizuka? Confira nosso passo a passo.

Primeiramente, abra covas de 30 cm de profundidade por 30 cm de largura para cada muda de kaizuka.

Em seguida, acrescente em cada cova, 2 kg de composto orgânico, esterco curtido ou então húmus de minhoca.

Misture esse composto com o solo.

Caso não tenha adubo orgânico, segundo os especialistas você pode apostar em 100 gramas por cova de adubo NPK 10-10-10 e misturar ao solo de maneira uniforme.

Uma observação importante é que todo esse procedimento precisa ser feito 3 dias antes do plantio.

Regue a cova 1 vez por dia durante estes 3 dias. Isso evita que o adubo não queime as raízes.

Decoração com kaizuka

A decoração com kaizuka pode ser feita em vasos, em jardins diversos, incluindo os de inverno e até dentro de casa.

São ótimas para decorar áreas da piscina, varandas gourmet, banheiros, escritórios e diversos outros cômodos.

Combine a cor da planta com o restante da decoração dos ambientes, em áreas internas, escolha vasos que complementem o estilo do espaço.

Nos jardins, vale a pena criar composições com outras plantas. Combine-o com plantas que tenham flores para trazer um pouco mais de cor ao espaço.

50 fotos de projetos com kaizuka que vão te inspirar a escolher o seu

Você já aprendeu a cuidar, cultivar, escolher o solo e os tempos de rega. Chegou a hora de conhecer projetos incríveis que vão te ajudar a decidir a como instalar o kaizuka na sua casa. Fizemos uma seleção com 50 fotos que vão te impressionar. São os mais variados modelos, aplicações e tipos de vasos. Confira e escolha o seu preferido para reproduzir.

Anúncios

       

 

O kaizuka é uma planta linda e que pode ser plantada em vasos ou jardins. É capaz de dar um toque especial de vida aos ambientes e vai deixar sua casa ainda mais bonita. Lembre-se dos cuidados essenciais que essa espécie exige, como incidência de luz solar, corrente de ar, cuidados com a poda e rega. Seguindo nossas dicas e instruções, você terá uma planta linda, saudável e com um desenvolvimento excelente!