Nos últimos anos a construção civil sofreu um “boom” e, visando manter a qualidade de todos os produtos que são utilizados em obras, foi criado a NBR 15575 – Desempenho de edificações habitacionais.

A NBR 15575 inovou por ser a primeira a visar a qualidade dos produtos que são utilizados na construção civil, o que não é nenhuma surpresa o fato desta Norma em específico estar virando um certificador de excelência para todas as obras.

O intuito deste artigo é te explicar melhor como funciona esta Norma, além de passarmos por alguns dos principais tópicos que ela aborda, assim você poderá sair daqui dizendo que realmente entendeu o que é a NBR 15575.

A NBR 15575

A Norma é relativamente recente, tendo entrado em vigor apenas no ano de 2013 com atualizações super importantes visando garantir a segurança e qualidade das obras. A Norma é bastante ampla, contemplando todos os sistemas que englobam uma edificação: estrutura, pisos, vedações, coberturas e instalações.

O proposito primordial por traz da criação da NBR 15575 foi demonstrar que a qualidade dos produtos utilizados em uma obra se relaciona diretamente com a qualidade final desta obra. Ou seja, pela Norma estabelecer um padrão de qualidade alto para os produtos utilizados na obra, isso obriga com que as construtoras se adaptem ao que é previsto em Norma. É importante ressaltar que, quaisquer parâmetros que forem definidos pela NBR 15575 devem constar no memorial descritivo da obra.

Entretanto, a Norma não muda a vida somente das construtoras, mas também de fornecedores de materiais para a construção civil, que agora se veem obrigados mediante a Norma a manterem um nível alto em seus produtos.

E por que a NBR 15575 é tão importante assim?

Dependendo de quem se fizer esta pergunta, a única resposta que você terá que é a Norma apenas serve para dificultar ainda mais a vida das construtoras, mas a realidade não é bem essa.

Ao exigir construções com um nível de qualidade alta a Norma visa pelo bem estar do morador, que estará adquirindo uma moradia digna para viver, e também irá atacar diretamente as construtoras que, visando apenas o lucro, entregam obras de baixo nível por um preço abaixo do mercado, fazendo disso uma concorrência injusta com as demais construtoras que realmente se preocupam com a qualidade de suas construções.

E claro, os benefícios por traz da Norma não param por aí, abaixo destacamos 3 exemplos que irão te fazer entender melhor isso:

1 – O gerenciamento de obras ganha novos desafios

A implementação da Norma traz novos desafios para a área de gerenciamento de obras, pois agora eles possuem uma maior liberdade, e até mesmo necessidade, de buscar inovações para sua obra.

É importante que o gestor de obra encontre soluções para adequar todas as exigências requeridas pela NBR 15575 em sua obra. Novos desafios para o setor acabam por gerar novas soluções e enriquecer ainda mais o processo produtivo.

2 – Novas soluções construtivas

Devido a exigência da NBR 15575 para com a qualidade dos materiais que são utilizados em obra, isso abre uma brecha para que sistemas construtivos inovadores entrem em ação. O Steel Frame é um excelente exemplo, tratando-se de um sistema feito de aço galvanizado que vem se tornando mais popular no Brasil e consegue suprir muitos problemas enfrentados pelas construções convencionais.

Buscar novas soluções construtivas pode ser uma boa abordagem das construtores, pois pode economizar tempo de obra e até mesmo reduzir os desperdícios, porém é bom destacar que, dependendo do método construtivo escolhido, há uma necessidade de que a mão de obra seja especializada.

3 – A sustentabilidade agradece

Devida ao fato da NBR 15575 exigir que os materiais utilizados sejam de qualidade, isso por si só já faz as construtoras a ligarem o alerta para com os materiais sustentáveis. A utilização de materiais sustentáveis está diretamente ligada aos novos desafios do gerenciamento de obras e as novas soluções construtivas que a construtora pode vir a adotar, tudo isso contribuindo para uma melhoria na obra e um menor impacto ocasionado ao meio ambiente.

Os critérios abordados pela NBR 15575

A Norma é bastante ampla, abordando diversas áreas da construção civil. Abaixo destacamos alguns dos principais itens que são abordados pela Norma afim de podermos explicar um pouco mais sobre cada um deles.

1 – Sistemas Construtivos

A NBR 15575 possui mais de 500 requisitos para garantir que a construção apresente condições adequadas para os usuários. Ou seja, a construção deverá ser projetada e também construída dentro de determinados padrões de desempenho que são estabelecidos pela Norma, assegurando assim sua estabilidade e durabilidade.

2 – Controla de Resíduos

De modo a evitar que os resíduos gerados em obra contaminem o ambiente, a Norma visa que eles sejam destinados corretamente para seu local de descarte. Resíduos sólidos deverão ser separados e posteriormente destinados para aterros ou para locais de reciclagem adequados.

3 – Uso de Recursos

Esse item é o mais simples de abordarmos, pois é justamente onde a NBR 15575 atua, na melhor utilização possível dos materiais utilizados em obra. Ou seja, insumos e materiais deverão ser utilizados ao máximo, de maneira a não gerar desperdícios desnecessários.

4 – Características Geomorfológicas

Não é bem um item abordado pela Norma, mas vale a pena sempre destacarmos isto. Cada solo é um solo, e antes de construir em um determinado local é necessário estudar o solo, afim de evitar deslizamentos ou outros impactos ambientais, sendo que tudo isso pode afetar diretamente no projeto da obra.

A NBR 15575 considera fatores de durabilidade e manutenção da obra, ou seja, é importante considerar características geomorfológicas do local em que você está construindo.

Ensaios previstos pela NBR 15575

“E como é que a Norma estipula a qualidade dos materiais que são utilizados em obra?

Pois esta é uma excelente pergunta, e a resposta é bastante simples, a NBR 15575 estipula a qualidade dos materiais utilizados em obras através de ensaios específicos.

São diversos ensaios previstos em Norma, abaixo vamos destacá-los e passar rapidamente por cada um deles para que você consiga visualizar melhor onde a Norma realmente atua.

Ensaio Acústico: O ensaio acústico visa validar o desempenho de alguns itens utilizados em obra e que supostamente apresentam isolamento acústico. Em muitas das situações, apenas uma análise dos projetos com relação a vedação horizontal e vertical e os revestimentos já torna possível identificar a existência ou não do isolamento acústico.

Ensaio Térmico: Tratam-se de testes simples, os quais se baseiam inteiramente na medição de diferentes temperaturas internas e externas, sendo possível realizar tal teste com o auxílio de um termômetro comum.

Estanqueidade: A estanqueidade fica por parte dos ensaios de impermeabilização previstos na NBR 9574 e NBR 9575, os quais já são normalmente feitos pelas construtoras através da lamina de água.

Lumínico: A NBR 15575 não exige a execução deste ensaio, porém, é mais comum que os próprios projetos já contemplem exigências lumínicas.

Estrutural: Exigências estruturais já são previstas em Normas auxiliares, ou seja, definir o fck do concreto por exemplo acaba não se tornando o principal tópico para a Norma, sendo que já é algo que as construtoras normalmente seguem a risca.

Durabilidade a Manutenibilidade: A durabilidade de determinado material já é assegurada pelo próprio fornecedor, e também é alcançada seguindo-se corretamente os seus processos de execução em obra, as quais irão garantir tanto a durabilidade quanto a manutenibilidade de determinada construção.

Melhorias após a NBR 15575

E é claro que a NBR 15575 já está trazendo diversas melhorias após sua implementação, abaixo destacamos apenas algumas das várias, de modo a salientarmos a real importância da Norma.

1 – Incentivo a pesquisa

Ao exigir uma certo nível de qualidade por parte dos materiais utilizados em obra, era evidente que haveria um maior incentivo a pesquisa por parte dos fornecedores. Ninguém quer ficar para trás, então a necessidade de estar sempre desenvolvendo melhorias aos produtos de modo a se adequar as necessidades torna-se algo constante e bastante incentivado.

2 – Projetos mais bem desenvolvidos

Aumentar a qualidade de produtos utilizados também aumenta a qualidade dos projetos que são desenvolvidos, pois agora eles abordarão certos materiais em específico, tendo maiores particularidades que outrora não possuíam. Ou seja, projetos que agora são mais detalhados e possuem um grau de precisão maior.

3 – Sempre importante destacarmos a sustentabilidade

Sim, nós já falamos sobre a sustentabilidade, mas batermos nessa tecla nunca é demais. Melhores produtos = Melhores projetos = Projetos com uma preocupação maior para com o meio ambiente. Isto não é nenhuma previsão futura, já é a realidade atual dos novos projetos, que agora realmente se preocupam em serem sustentáveis.

Conclusão

Entende agora o porque da NBR 15575 ser tão importante para a construção civil? Esta é uma Norma que não deve ser encarada como um empecilho, mas sim como algo bom tanto para o morador quanto para a própria construtora!

Caso queira ficar por dentro de outras NBR’s é só dar uma conferida em todas as NBR’s que estão comentadas aqui no site, a grande maioria está relacionada diretamente com a construção civil. E claro, se a leitura tiver sido instrutiva para você, não deixe de compartilhá-la com seus amigos, para que eles também possam ter noção do quão importante é esta Norma.

Escreva um Comentário