Se você é arquiteto ou trabalha na área da construção, já deve ter ouvido muito sobre a planta humanizada. Afinal, essa opção de projeto é bastante popular, pois cria uma visualização mais interessante de um imóvel.

Imagine uma planta técnica de um espaço. Basicamente, ela vai contar com as divisões de cômodos, instalação das portas e janelas e medidas de cada um.

Para visualizar a divisão do espaço, uma planta técnica costuma ser suficiente. Mas ela não é tão eficaz para mostrar como o imóvel vai ficar depois da construção.

Ou seja, é difícil visualizar, apenas com as divisões, como a decoração do ambiente vai ficar. Sua distribuição de móveis, cores, iluminação…

É aí que a planta humanizada entra. Por meio dela, o arquiteto consegue projetar exatamente estes aspectos. A distribuição de móveis, a decoração do ambiente, o tipo de piso que será instalado etc.

Essa “humanização dos desenhos” atrai mais facilmente o consumidor. Isso já que as figuras serão mais bem elaboradas, mostrando o espaço depois de toda a sua construção e decoração.

As pessoas conseguem se imaginar melhor em um ambiente humanizado, como vão aproveitá-lo no dia a dia. Isso as aproxima do projeto, do que o arquiteto planejou para o ambiente, e torna o local mais atrativo.

Além disso, a apresentação se torna mais didática, mais compreensiva para leigos. É mais simples, por exemplo, explicar o porquê daquele desenho do cômodo. Isso já que você também poderá mostrar a disposição ideal dos móveis, que ficará perfeita naquele recorte.

A seguir, nós falamos mais sobre as vantagens e como fazer uma planta humanizada. Continue lendo!

Como fazer uma boa planta humanizada?

Fazer uma planta humanizada é como apresentar ao usuário uma casa do jogo The Sims. Com uma apresentação mais detalhada e, muitas vezes, em 3D, o espaço encanta, chama a atenção, faz com que o indivíduo deseje usufruir dele.

É possível até projetar o lado de fora do imóvel, com uma piscina, jardim, garagem ou outros. O desenho cheio de cores e texturas trará realismo ao projeto.

Aliás, as cores e texturas são só alguns dos aspectos importantes em uma planta humanizada. Para apresentar um bom projeto, é preciso também incluir na planta:

  • Componentes de mobiliário;
  • Luzes e sombras;
  • Paisagismo;
  • Pisos e revestimentos;
  • Detalhes da decoração, como tapetes ou a colcha para cama; e
  • Figuras humanas, se o arquiteto achar interessante para a sua apresentação. Essas figuras podem ser representadas usufruindo do espaço, como os indivíduos farão após a obra e decoração.
planta imóvel

Uma planta humanizada tem o desenho de uma planta baixa. Ou seja, o desenho de um imóvel como se ele tivesse sido cortado horizontalmente, a meia altura. Então, é possível ver o imóvel de cima, visualizando a divisão de seus cômodos e a inclusão do mobiliário para este desenho.

Para garantir os melhores resultados e tornar a planta realista, é preciso prestar atenção aos detalhes. Como explicado, com os móveis e até a decoração dos ambientes. Quanto mais o arquiteto fizer o indivíduo se sentir dentro do imóvel, melhor será a atratividade da obra.

Vantagens de usar uma planta humanizada

São vários os benefícios de usar uma planta humanizada, como explicado antes. Nós explicamos um pouco mais sobre elas abaixo.

Visualização do imóvel

Sem dúvida, a planta humanizada permite a visualização clara do layout de um imóvel muito melhor do que uma planta técnica.

A planta técnica mostra apenas a divisão de espaços, com medidas dos espaços e estruturas simples como portas e janelas. Enquanto isso, a planta humanizada fará o indivíduo perceber todo o potencial que aquele projeto tem.

Compreensão do projeto

Para pessoas leigas, pode ser difícil compreender um projeto de construção. Mas não com o uso da planta humanizada.

Com essa opção, fica mais simples entender a função e tamanho dos ambientes. É muito mais fácil visualizar o imóvel dos sonhos com a planta humanizada.

Sugestão para instalações

Mesmo que o indivíduo tenha uma ideia no seu imaginário, pode ser complicado estabelecer todo o planejamento de decoração, piso etc. do imóvel.

Usando da planta humanizada, o arquiteto consegue sugerir o que é mais adequado para os espaços. Inclusive porque esse desenho terá uma série de detalhes, com móveis e decoração.

Programas para fazer uma planta humanizada

Uma planta técnica pode ser facilmente feita à mão, mesmo que existam programas para isso. Então, estabelecer o projeto de tamanho e posicionamento das portas e janelas é simples. Bem mais simples do que fazer uma planta humanizada.

Para estabelecer uma planta humanizada, é preciso utilizar softwares específicos. Os programas vão permitir o desenho dos espaços e dos seus detalhes, como piso, cores, texturas, luz e sombra e mais.

Por isso, na hora de usar dessa planta, você deverá se capacitar. Sendo arquiteto você já terá certa habilidade com os softwares, pois certamente utilizou-o em outros momentos.

Mas os programas para uma planta humanizada vão requerer um pouco mais de habilidade. É possível, por exemplo, utilizar o Photoshop, que não foi especificamente pensado para esse fim.

De qualquer forma, programa é ideal para produção de conteúdos gráficos, o que cria a possibilidade de uso na arquitetura.

planta humanizada

Além dele, são vários os softwares projetados ou não para estabelecer plantas. Para obter os melhores resultados, você vai precisar escolher um deles e se dedicar a conhecê-lo. À fundo. Assim, será possível extrair o máximo do programa.

Abaixo, listamos alguns programas que você pode utilizar para fazer uma planta humanizada. Acompanhe!

Corel Draw

O Corel Draw é um programa de desenhos 2D. Na arquitetura ele é usado para a representação do projeto através de uma ilustração e plantas humanizadas.

Neste software é possível desenhar a planta do zero ou importar uma imagem da sua planta da galeria e desenhar por cima ou aperfeiçoá-la.

No Corel Draw você já pode também fazer uma configuração de página e montar sua prancha diretamente no programa.

SketchUp

O SkecthUp é um software que permite o desenvolvimento de projetos em 3D. Ele pertence à Trimble Navigation e tem algumas das ferramentas mais fáceis de utilizar.

Isso porque, a interface do programa é bastante intuitiva. Após alguns usos do programa, você saberá exatamente onde cada ferramenta está e como ela pode te auxiliar no seu projeto.

O projeto é feito todo em 3D, das paredes doo imóvel até a sua decoração. Essa característica facilita a compreensão do desenho e torna-o mais realista, mais próximo do usuário.

Graças ao 3D, é possível inclusive visualizar a espessura das paredes — finas ou mais grossas, segundo o projeto. A aplicação de detalhes como o piso e textura são outros atrativos da ferramenta.

Há uma versão mais simples do SketchUp disponível de modo gratuito. Mas para contar com todas as aplicações do programa, é preciso adquirir uma versão Pro.

AutoCAD

O AutoCAD é outro programa que permite ao arquiteto projetar plantas em 3D. Mass ele também conta com a função 2D, caso o objetivo seja um projeto mais simples ou preliminar.

No caso da versão 2D da planta, o resultado é mais “chapado”, com detalhes básicos. É possível, por exemplo, desenhar o piso do imóvel, mas sem muita noção de luz ou cores reais dele.

De qualquer forma, o programa tem uma série de ferramentas fáceis de interpretar e utilizar. Existem disponíveis itens como louças, televisão, mesas e cadeiras, plantas e outros itens que vão decorar o projeto e tornar o imóvel mais realista.

A planta humanizada em 3D do AutoCAD é bem mais “palpável” e ideal para projetos mais elaborados. Também é possível contar com uma versão gratuita do programa, em uma avaliação de 30 dias. Mas todas as suas funções só estão disponíveis na opção paga.

Lumion

O Lumion é um software que foi inicialmente pensado apenas para jogos de RPG. Mas ele logo foi percebido como uma boa opção para estabelecer plantas humanizadas. Afinal, as maquetes geradas pela ferramenta são bastante detalhadas e próximas do real.

Só que o programa é 3D, nem trabalha sozinho. Em vez disso, ele faz a renderização de imagens geradas em outros softwares.

Neste caso, o Lumion se destaca especialmente por destacar a luz e texturas do projeto. Sua versão gratuita está disponível para teste por 14 dias. Depois, é preciso adquirir a ferramenta.

Photoshop

Como explicamos antes, o Phootoshop não é um programa especialmente pensado para a produção de plantas humanizadas. Mas ele possui diversas funções gráficas, para a edição e produção de imagens. Logo, ele pode funcionar bem para estabelecer um projeto arquitetônico.

Além de iniciar um projeto do zero, é possível importar uma imagem no Photoshop e trabalhar em cima dela. Fica a critério do arquiteto, dependendo do que ele já possui e das suas habilidades no programa.

De qualquer forma, é mais comum que o software seja utilizado para complementar as imagens. Ou seja, para dar mais realismo a elas, com detalhes mais específicos na planta. Como a vegetação, pequenas decorações e figuras humanas.

planta humanizada de imóvel

O Photoshop é simples de usar, mas requer certos conhecimentos. Especialmente porque ele possui muitas ferramentas e atalhos, que podem confundir quem não tem muita experiência.

Em todo o caso, o programa também pode ser útil para outras produções, gráficas. Então, de modo algum o seu conhecimento seria desperdiçado.

Aliás, em nenhum dos programas que citamos o seu conhecimento seria desperdiçado. E ter habilidade em vários deles pode ser um grande diferencial, já que você conseguirá entregar plantas humanizadas ainda melhores.

Lembre-se que, quanto mais realistas forem os desenhos, maiores suas chances de conquistar o consumidor. Por que não utilizar dos vários softwares que o mercado oferece?

Assim como os demais programas, o Photoshop tem uma são gratuita e outra paga. O programa recebe atualizações constantes, e importante atualizá-lo, para que o seu trabalho não tenha perdas.

Homestyle

Por último, vamos citar o Homestyle. Essa é uma ferramenta relativamente mais simples que as demais, mais acessível e fácil de utilizar. Mas também é 100% gratuita, permitindo a criação de plantas humanizadas em 2D ou 3D.

Outro atrativo do programa é que ele possui um amplo catálogo de produtos reais. Assim, na hora de decorar os espaços, você poderá utilizar itens reais, fáceis de encontrar no mercado. Se o consumidor gostar do resultado, poderá adquirir os mesmos itens na vida real.

Com a renderização das imagens, o usuário ainda consegue visualizar espaços altamente realistas. Como se uma foto tivesse sido tirada do ambiente.

Agora você já sabe quais as vantagens e como fazer uma planta humanizada. Na hora de estabelecer o seu projeto, não se esqueça de avaliar bem o que o seu cliente deseja.

Para que a planta humanizada tenha o efeito desejado, é importante que você atenda ao que o indivíduo imagina. Claro que o imóvel deve ser funcional e bem decorado, mas ele será o imóvel dos sonhos de outra pessoa. Esses sonhos precisam ser considerados, ou seu desenho não será tão atrativo.

Escreva um Comentário