Pensando em cultivar o podocarpo? Pois saiba que essa planta é cada vez mais comum no paisagismo, e pode ser uma aquisição e tanto para a sua decoração. Acompanhe o texto e descubra mais sobre ela!

O podocarpo é uma planta que pode trazer vários efeitos ao paisagismo. Ele consiste numa pequena árvore, com galhos espaçados e finos. Lembra de filmes em que a árvore de Natal parecia um desastre, pequenas e com poucas folhas? Isso é um podocarpo!

Mas essa semelhança não é ruim. Pelo contrário. O podocarpo pode ser cultivado de tal forma que dá sempre um visual bonito e elegante ao espaço.

Ele é muito comum, por exemplo, junto ao muro das casas. Com a parede branca atrás e seus galhos finos, o pequeno pinheiro cria certa harmonia e a sensação de que o paisagismo foi pensado com muito carinho.

Já quando vários podocarpos são cultivados juntos, eles são capazes de formar um arbusto frondoso. Suas folhas finas dão um aspecto afofado à formação. Elas ainda permitem que a poda seja feita de modo que forme “figuras”, como um arbusto arredondado ou retangular.

Dito tudo isso, você já deve ter percebido que o podocarpo pode ser uma ótima saída para a sua decoração, não é mesmo? Então, é hora de conhecer algumas características da planta. Veja abaixo!

Podocardo: quais as características da planta?

Também conhecido como pinheiro-de-buda, o podocarpo pode atingir 20 metros de altura se não for podado. Suas folhas são finas e da cor verde-escura, “brilhando” sobre o sol. Na primavera, a planta também floresce, gerando pequenas flores amarelas.

Outra característica importante do podocarpo é que ele dá frutos, caso a planta seja do sexo feminino. Esses pequenos frutos têm cor roxa ou vermelha, e atraem pássaros.

A “estratégia” da planta funciona para a sua disseminação natural para outros espaços, já que os pássaros descartam suas sementes em outras áreas da natureza.

Em relação à resistência, o podocarpo se sai bem em alguns aspectos. Ele é resistente, por exemplo, contra a maresia e a geada. Logo, é indicado tanto para locais quentes e com maresia, quanto para regiões frias.

Como cultivar o podocarpo?

podocarpo planta mudas

O ideal é cultivar o podocarpo à meia sombra, pois o sol intenso e ininterrupto durante o dia pode queimar suas folhas. Já o solo indicado para o plantio precisa ser fértil e arenoso, apesar de a planta também conseguir se adaptar a solos diferentes e bem fertilizados.

Outros que são bastante versáteis são seu modo e local de plantio. O podocarpo pode ser cultivado em áreas internas ou externas, desde que sempre à meia sombra. O solo pode ser amplo ou então um vaso, já que a planta também consegue se desenvolver em espaços menores.

No caso dos vasos, é comum vermos podocarpos decorando salas, jardins de inverno, quartos e outros cômodos da casa. O importante é combinar a planta com o restante da decoração, para que o visual seja harmônico e visualmente agradável.

Muitas vezes, a espécie é utilizada como cerca viva. Especialmente para substituir plantas como a unha de gato nessa tarefa.

Porém, como suas raízes não são muito resistentes, é interessante sempre plantar o podocarpo com certo “apoio”. Como uma calçada ou parede, para que ele receba menos vento e impactos diretos. No caso do vaso, será importante apenas que a planta seja cultivada em um recipiente resistente, de preferência feito de cerâmica.

Abaixo, explicamos o passo a passo para plantar o podocarpo. Ele se refere ao cultivo em áreas externas, próximas a muros. Porém, as etapas podem ser facilmente adaptadas aos vasos, sendo necessário apenas mudar as quantidades e desconsiderar as recomendações dos passos 1, 2 e 3. Acompanhe!

Passo a passo para plantar o podocarpo

1. Escolha uma área a 20 cm de distância de um muro ou barreira. O plantio nesse espaço vai permitir que o podocarpo cresça com apoio e de forma saudável.

2. Para cultivar uma cerca viva, plante cada muda de podocarpo a uma distância de 0,5 metro uma da outra (para um resultado mais denso) ou com distância de 1 metro (para uma cerca mais espaçada).

3. Se o objetivo for plantar um arbusto, mantenha a distância de 0,5 metro entre as mudas, posicionando-as de forma circular ou retangular (uma do lado da outra, formando a “figura” escolhida. Assim, com o crescimento da planta, o arbusto será formado, só precisando ser podado regularmente).

4. Abra covas com 30 cm de largura e 30 cm de profundidade.

5. Adube a cova utilizando fosfato e 1 kit adubo para plantio, ou então 60 g de um formulado supersimples e 1,5 kg de composto orgânico.

6. Após a adubação, aguarde 3 dias. Só depois deste período você poderá plantar as mudas. Esse cuidado vai evitar que as raízes da planta se queimem. Durante a espera de 3 dias, molhe a cova 1 vez por dia, ao fim da tarde.

7. Plante as mudas de podocarpo, cobrindo a cova com terra.

8. Regue a superfície com uma pequena quantidade de água, sem deixar a terra encharcada. Isso vai evitar que a planta morra ou apodreça.

9. Mantenha a rega regular da planta, fazendo-a sempre que o solo estiver seco. Porém, lembre-se de nunca encharcar o solo — tendo a planta sido cultivada em um vaso ou em um espaço aberto. Deixe o solo úmido, nunca encharcado. Em locais mais quentes, é recomendado regar duas vezes por dia, mas sem exagerar na quantidade de água.

10. Adube o podocarpo a cada 3 meses, utilizando NPK 10-10-10.

Informações importantes sobre o podocarpo

Vale dizer que o podocarpo possui várias espécies. Na hora de adquirir a sua muda, tenha atenção ao tamanho estimado da planta e ao tipo de visual que ela proporcionará.

Como explicado, o podocarpo é uma planta de folhas finas, mas essa espessura pode variar brevemente segundo a espécie da planta. O mesmo acontece em relação à sua cor e a indicação do tamanho do vaso ou espaço de cultivo.

Até porque, alguns podocarpos vão atingir os 20 metros se não podados. Estes precisarão de mais espaço, enquanto os menores vão demandar área menor.

Viu só como o podocarpo pode ser uma ótima opção? Cultive a planta com cuidado e você terá uma decoração bela e elegante, independente do espaço escolhido para o cultivo!

Escreva um Comentário