reforma de apartamento

Reforma De Apartamento: Dicas Essenciais Para Fazer

Fazer a reforma de apartamento alguém merece uma série de cuidados. Por exemplo: você precisa evitar barulhos excessivos, para não incomodar os vizinhos.

Outro ponto importante é realizar a reforma apenas no horário comercial, pois ninguém deseja acordar às sete da manhã com o som da obra. Esse tipo de situação costuma causar constrangimento, e até mal estares com outros moradores do prédio.

Ao mesmo tempo, é preciso contar com a planta original do imóvel. Apenas assim você vai conhecer realmente a estrutura do apartamento, a localização de suas tubulações fiações elétricas.

Já pensou furar um cano no meio da obra? Ou ainda gerar um abalo na estrutura de todo o espaço, simplesmente porque você alterou uma parede que não devia. Sem dúvida, o resultado será uma série de problemas que podem demorar a ser corrigidos.

Por isso, procure a construtora do imóvel e solicite a sua planta. Assim, você terá maior segurança em realizar a reforma de apartamento.

Outra dica é reunir suas ideias antes mesmo de planejar a reforma. Isso vai garantir que as mudanças realizadas sejam bem estabelecidas, em vez de modificadas ao longo do projeto. Modificações de última hora geram retrabalho e, muitas vezes, mais gastos.

Lembre-se também de planejar os seus gastos. Em mádia, uma reforma de apartamento custa entre R$ 800,00 e R$ 2 mil por metro quadrado. Planejar as suas finanças vai permitir que você termine facilmente a obra, em vez de deixá-la pela metade.

Com esses primeiros pontos bem cuidados, você poderá dar início ao processo de reforma do seu apartamento. Listamos um passo a passo, dicas logo a seguir. Continue lendo.

Reforma de apartamento requer planejamento

Anúncios

O primeiro passo para fazer a reforma de apartamento é planejar. É preciso planejar as mudanças, o tamanho delas, o gasto, o trabalho necessário, que os profissionais que você terá que contratar etc.

Ao mesmo tempo, você deverá fazer um cronograma das mudanças, definindo quando a obra vai começar e terminar. O planejamento precisa ser o mais detalhado possível, para que, quando executado, ele tenha os melhores resultados. Sem atrasos, sem gastos desnecessários e sem estresse.

Anúncios

Você pode iniciar o planejamento sozinho, considerando exatamente os custos das mudanças que deseja e quando vai começar a obra. Mas, para executar esse projeto, é importante que você conte com um profissional no assunto.

Um arquiteto ou engenheiro que vão saber exatamente como executar as mudanças que você deseja no apartamento.

Pensando nisso, comece definindo os objetivos da reforma de apartamento. Ela deve mudar a estrutura do espaço? Deve colorir os ambientes? Trazer mais luz, aumentar os cômodos?

No passo seguinte, você pode fazer a pesquisa de preço dos materiais e dos profissionais necessários. Essa será apenas uma pesquisa prévia, pois a conversa com um profissional poderá mudar o necessário. Para mais ou para menos.

Ainda assim, esse cálculo prévio é importante para que você tenha a certeza de que possui, realmente, o necessário para gastar com a reforma de apartamento.

Outra dica conversar com pessoas que tenham feito reformas recentemente. Como amigos, familiares e vizinhos do seu próprio prédio. Eles poderão indicar locais para comprar materiais, contratar profissionais, sugerir mudanças interessantes para o espaço e mais.

Obtenha as autorizações necessárias

Para realizar uma reforma de apartamento, é preciso contar com a autorização do condomínio e da Prefeitura da sua cidade.

A autorização do condomínio é importante porque vai definir, por exemplo, o horário que a obra pode ser realizada. Também vai avisar aos outros moradores da sua necessidade de barulho, cuidado com o entulho e trânsito de profissionais pelo prédio.

Essa autorização também é necessária porque as obras podem modificar a estrutura total do prédio. Então, o planejamento das mudanças deve ser feito com base não apenas na estrutura do seu apartamento, mas de todo o condomínio

Sem contar que muitos condomínios têm regras sobre, por exemplo, o fechamento da varanda ou mudança da fachada externa, instalação de vidros, janelas etc. Conhecer essas regras vai impedir que você infrinja-as e tenha problemas legais depois.

No caso da autorização da prefeitura, as regras mudam conforme o município. Logo, é importante verificar o manual de licenciamento de projetos de sua cidade. As normas podem considerar aspectos semelhantes ao do condomínio, como a instalação da varanda.

Aliás, dependendo do tipo de modificação, ela pode alterar o seu IPTU. A prefeitura precisa ser informada sobre as mudanças para que faça o novo cálculo do imposto. Do contrário, você pode pagar multas depois.

Use os materiais adequados

reforma de apartamento

Muitas vezes, as pessoas escolhem materiais de construção com base na sua beleza, e não na sua utilidade. Como um piso escorregadio instalado na parte externa do imóvel. Ele pode ser muito bonito e combinar com a decoração, mas pode causar acidentes se for molhado.

Anúncios

É essencial evitar situações como essa, pois elas podem causar dores de cabeça e prejuízo financeiro. Então, sempre faça a pesquisa dos materiais realmente necessários para a sua obra.

Para isso, converse com o arquiteto ou engenheiro que você contratou. Também pesquise nas lojas de material de construção quais são, realmente, os mais insumos mais interessantes para as mudanças que você deseja fazer no apartamento.

Compre material suficiente

Um erro comum é fazer a compra de material insuficiente para sua obra. Para evitar problemas, converse com o seu arquiteto e faça um planejamento bem estruturado. Depois, adquira todo o material de uma só vez, pois isso pode garantir descontos nas lojas de material de construção.

Como margem de segurança, compre 10% a mais de todo o calculado de materiais de construção. Assim, se algo se perder ou for mal utilizado, você ainda terá com o quê finalizar a sua obra, sem precisar voltar à loja e gastar mais.

Aliás, adquirir o material de uma só vez é interessante porque, muitas vezes, as peças são fabricadas de forma limitada. Por exemplo os pisos, que podem mudar de lote para o outro. Se você adquiriu um lote de piso agora e adquirir outro alguns meses depois, poderá ter diferenças de cores no revestimento do seu apartamento.

Cuidado com as instalações elétricas e hidráulicas

Como explicamos antes, você vai precisar contar com a planta original do apartamento para fazer as modificações necessárias sem comprometer a hidráulica e a parte elétrica do apartamento.

Pensando nisso, tome cuidado com as novas tomadas que você precisa, as mudanças na hidráulica, no restante da parte elétrica. É preciso ter muito atenção a ações assim, que envolva quebrar paredes piso e etc.

Tenha certeza de estabelecer um projeto confortável aos profissionais e aos moradores do espaço, e que seja seguro e fácil de executar por todos.

Faça a retirada de entulhos

Acumular entulhos da obra pode gerar uma série de problemas. Começando por reclamações do próprio condomínio, já que os moradores vão perceber o acúmulo de sujidades pelo apartamento.

Ao mesmo tempo, isso pode dificultar a obra, já que os profissionais vão precisar ficar desviando dos acumulados.

Sem contar que o entulho atrai animais como baratas, ratos e até escorpiões. Claro que isso é menos comum em apartamentos. Mas ainda pode acontecer e gerar várias complicações, como picadas, doenças e mau cheiro.

Pensando nisso, é parte essencial da sua obra fazer a retirada de entulhos todos os dias. Ou, pelo menos, uma vez por semana. Tudo vai depender da quantidade de entulho gerado e na intensidade do tráfego dos trabalhadores o seu espaço.

Não se esqueça que a retirada do acumulado vai precisa contar com o auxílio de uma empresa especializada. Isso porque, na maior parte das vezes, a coleta de lixo não me leva embora entulhos de obras.

Se você deixar isso na porta do seu condomínio, provavelmente a sujeira vai se acumular, sem a coleta do serviço público. A situação vai provocar mal-estar e pode até gerar multas aplicadas pelo seu prédio. Uma despesa a mais que você não deseja ter.

Cuide das estruturas e revestimentos

Já no projeto de reforma de apartamento, você terá definido quais estruturas serão modificadas, os materiais necessários e como tudo será executado. Mas tudo isso precisa ser seguido adequadamente, para garantir que as estruturas do espaço sejam seguras e entreguem o desejado.

Muito provavelmente você vai mexer em superfícies como o contrapiso, gesso, elétrica e outras. Cada uma dessas merece cuidados especiais para que os resultados sejam rápidos e interessantes. Ao seu bolso e ao visual do imóvel.

Por exemplo: mudanças na parte elétrica vão precisar de acabamentos muito bem-feitos. Assim, eles serão visualmente agradáveis e não vão gerar problemas como choques ou panes elétricas.

Já caso seja necessário instalar o contrapiso, você vai precisa regular o chão. Ou seja, deverá nivelá-lo, de forma que toda a estrutura pareça lisa.

Nos cômodos que acumular umidade, como banheiros, cozinha e lavanderia, o contrapiso precisará contar com impermeabilizante. Tenha muito cuidado na aplicação do impermeabilizante, pois ele é essencial para evitar infiltrações.

Na hora da instalação do revestimento, não se esqueça que os pisos são indicados para espaços específicos.

Anúncios

Pisos ásperos são ideais para as partes externas, pois vão evitar acidentes com escorregões. Já pisos lisos podem ser aplicados na parte interna do imóvel, desde que esses espaços não acumulem umidade.

Ainda é importante garantir acabamentos bem-feitos dos pisos. Do contrário, ele será pouco atrativo. Cuidado com os recortes e evite sobras do material.

Decore o espaço!

reforma pronta

Há casos em que, durante uma obra, você não conseguirá levar sua decoração e móveis para fora do apartamento. Se for esse o caso, lembre-se de proteger tudo com lonas ou outro material que evite o contato da poeira e da pintura com seus objetos.

Depois da reforma, será hora de colocar tudo no lugar, sejam os seus objetos antigos ou novos, para uma novo visual.

Após uma reforma, você também pode estar com a criatividade aflorada. Por isso, vale a pena investir em objetos do tipo “faça você mesmo” para uma decoração criativa. Nosso site tem várias dicas sobre o assunto. Você pode conferir clicando neste link.

Em todo o caso, depois da reforma de apartamento, você vai querer decorar o espaço da forma que melhor combina com as mudanças que você realizou. Então, pare e pense exatamente qual o visual desejado e o que você pretende mudar.

Uma pequena reforma não precisa de tantas mudanças na decoração. Mas uma grande reformulação pode garantir um espaço inteiramente “novo”, para garantir maior “frescor” ao ambiente.

Por exemplo: se você reformar o banheiro, é interessante pensar em novos formatos de torneiras, cubas e uma nova bancada. Coisas que chamem a atenção para as mudanças que você fez.

Uma nova pintura ou papel de parede, em qualquer ambiente do apartamento, também podem fazer grande diferença na decoração. Por isso, tente balancear as paletas de cores e objetos que você já tem ou que pretende instalar.

A iluminação é outra parte essencial de qualquer decoração. Ela pode tanto destacar alguma coisa, como fazer com que algo pareça menos importante. Então, cuidado com as lâmpadas que você instala.

Dê ainda atenção especial à iluminação natural do espaço. A luz do sol pode criar um belo visual, além de aumentar o conforto e bem-estar do ambiente.

Escolha o profissional adequado

Para realizar uma obra bem-sucedida, é essencial que você contrate os profissionais adequados. Pode ser que você prefira comandar a obra sozinho, sem um arquiteto. Mas, provavelmente, será muito mais eficaz contratar um pedreiro, pintor e outros profissionais para a execução da obra.

Até porque, segundo o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), algumas atividades só devem ser realizadas por profissionais habilitados. Como a construção ou demolição de paredes e divisórias, instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias e outros.

Tomando todos os cuidados que citamos, você terá uma reforma de apartamento mais rápida e eficaz para os seus objetivos.

Não se esqueça de decorar de acordo com as mudanças que você realizar. Nem de aproveitar muito tempo e os materiais que você tem disponíveis pra deixar o ambiente exatamente do jeito que você deseja. Isso será muito gratificante ao final da reforma.