A armadura positiva e negativa tratam-se de um conceito que deve sempre estar na ponta da língua, ou nesse caso do lápis, de um bom Engenheiro Calculista.

Neste artigo nós não iremos lhe ensinar o passo a passo para o cálculo de um laje, viga, pilar ou fundação, apenas iremos focar no papel da armadura positiva e negativa durante um cálculo estrutural. Se você deseja aprender o passo a passo sugerimos que busque por um curso especializado de estruturas de concreto armado.

Preparado para entender a função da armadura positiva e negativa? Pois então vamos lá!

A armadura do concreto

Antes de mais nada, temos de explicar essa história de armadura não é mesmo? Lembrando que aqui neste artigo estamos focando exclusivamente no sistema de concreto armado.

Para que possamos entender a utilização da armadura positiva e negativa, antes de mais nada temos que analisar a excelente parceria entre o concreto e o aço. Quer saber por quê essa parceria é boa? A gente te explica!

O concreto é excelente à compressão, e isso é relativamente fácil de ser comprovado. Basta que você pegue uma peça de concreto e tente comprimi-lá, ou seja, tente apertá-lá para que ela quebre. É claro que eventualmente, e dependendo da força aplicada, você conseguirá quebrá-la, mas a questão é a alta resistência que o concreto conseguirá suportar a compressão antes de quebrar, o que irá ajudar bastante para que você consiga construir em cima dele.

Em contrapartida o concreto já não possui uma boa resistência a tração, ou seja, isso significa que se você tracionar uma peça de concreto ela irá se partir com determinada facilidade.

“Mas e onde entra o aço nisso tudo?”

O papel do aço é exatamente o inverso do papel do concreto, ou seja, o aço é forte na tração e fraco na compressão. Entende agora o por quê a união de ambos é realmente boa? É como se um suprisse as necessidades do outro, e somente assim o método construtivo de concreto armado pode funcionar perfeitamente. Observe a ilustração abaixo:

Viga de concreto armado

A ilustração que você acaba de ver corresponde a uma viga de concreto armado, onde você pode observar o emprego do aço e do concreto. Ambos atual em conjunto em uma viga, para que ela possa resistir tanto a tração quanto a compressão.

Certo, uma vez que você agora já tem alguma noção do papel em conjunto que o aço e o concreto desempenham na construção civil, vamos focar na armadura positiva e negativa.

A armadura positiva e negativa

Nós chamamos de “armadura” este aço que vai dentro do concreto, sendo que a armadura positiva fica na parte debaixo e a armadura negativa se encontra na parte de cima.

Ambas as armaduras tem como papel conter esforços que uma determinada estrutura está sujeita. Se pegar por exemplo uma laje de concreto para analisarmos é onde melhor poderemos enxergar a distinção entre  armadura positiva e a negativa.

Confira abaixo um desenho esquemático (sem escalas) de uma armadura positiva em uma laje de concreto:

Armadura positiva em laje

Neste desenho nós podemos observar o esquema de armadura em 5 lajes, sendo que a laje que possui um X trata-se de um espaço vazio. Vamos pegar como exemplo a laje inferior direita, onde na horizontal temos a seguinte inscrição:

16 N4 Ø 6.3 C/20 C = 311

Vamos analisar parte por parte do que significa essa inscrição:

  • 16 – Serão utilizadas ao todo 16 barras;
  • N4 – Esta é a “legenda” para sempre que formos nos referir a estas barras em específico;
  • Ø 6.3 – Este é o diâmetro que essas barras devem possuir;
  • C/20 – Lê-se “a cada 20”, ou seja, o espaço entre uma barra e outra deverá ser de 20 cm, lembrando que estas barras deverão ser postas horizontalmente, cobrindo a direção vertical da laje;
  • C = 311 – Este é o comprimento que cada uma das barras deve possuir

É possível fazer a mesma análise com o texto vertical desta laje.

Você poderá perceber que a armadura positiva de uma laje possui muito mais aços do que sua armadura negativa, isso se dá devido ao fato de, naquela região da laje se encontrarem os maiores esforços (Momento Fletor), daí a necessidade de uma armação mais resistente.

Em uma laje nós precisamos muito mais reforçar sua “parte debaixo” para que ela não sofra trincas ou consequências piores ainda, daí o papel importantíssimo desempenhado pela armadura positiva.

Tá, nós vimos acima a armadura positiva, e quanto a negativa? Bem, se a armadura positiva é a que fica na parte debaixo de uma laje, a armadura negativa então é aquela que se encontra na parte de cima. Confira na imagem abaixo:

Armadura negativa

Analisando bem a figura acima, consegue perceber alguma diferença entre a armadura positiva e a negativa? A diferença da localização dos aços é um tanto quanto óbvia se você parar para observar. Mas o que essa localização muda?

Se você reparar atentamente, enquanto na armadura positiva os aços ficam cada um em uma laje específica, podendo mudar seu comprimento, diâmetro e espaçamento de laje para laje, a armadura negativa é compartilhada entre duas lajes. Peguemos por exemplo na imagem acima a Laje 1 e a Laje 2, a qual compartilham a seguinte armadura negativa :

10 N11 Ø8,0 c/20 – 192

A legenda é a mesma que utilizamos para a armadura positiva acima, então qualquer dúvida é só dar uma relida nela. Por que a armadura negativa não se encontra sobre toda a extensão da laje que nem a armadura positiva?

Isso ocorre pois a armadura negativa está justamente no local onde ocorrem maiores esforços negativos sobre a laje, que geralmente é entre a passagem de uma laje para outra e sobre as vigas.

Quer saber o que define as dimensões, espaçamentos e quantidade tanto da armadura positiva quanto negativa? Este já é um conhecimento impossível de ser ensinado em um único artigo, na verdade você precisaria ser um Engenheiro Calculista para tal. Atualmente é muito comum que Engenheiros sem conhecimento na parte de cálculo simplesmente se utilizem de um programa de cálculo para isto, tal como o TQS, e pronto. Isso é bastante errado!

Dificilmente a estrutura será comprometida quando um Engenheiro faz isso, da mesma maneira que todo mundo conhece aquele pedreiro sem formação que em muitos casos nem sabe o que é armadura positiva e negativa mas consegue construir uma casas de 3 andares por conta própria. O que acontece é que, tanto o pedreiro quanto os programas de cálculo jogam dados para mais, as vezes muito mais do que o necessário.

Um bom Engenheiro Calculista além de garantir que sua estrutura fique de pé, e nunca apresente trincas, também trabalha diretamente pela sua economia, nada de gastar além do necessário!

Conclusão

Nós explicamos de maneira breve a diferença entre armadura negativa e positiva, e talvez para quem não seja da área isso ainda possa ter ficado um tanto quanto confuso, e se for esse o caso basta se manifestar nos comentários abaixo e nós estaremos prontos para lhe responder!

Caso tenha conseguido tirar suas dúvidas, não deixe então de compartilhar com seus amigos e conhecidos, nunca se sabe quem você poderá acabar ajudando no processo!

Escreva um Comentário