A arquitetura contemporânea surgiu no final dos anos 1980, e está presente até hoje nas construções. Ela reúne vários tipos de arquitetura, o que gera um visual único.

É possível dizer, inclusive, que esse tipo de arquitetura faz uma releitura das demais. Não só utilizando dos elementos delas, mas aplicando melhor o racionalismo, a valorização do minimalismo.

Basicamente, as construções contemporâneas impressiona com sua estrutura. Inclusive porque usa dos elementos da natureza ao redor, tornando construção e ambiente uma única coisa. O resultado são designs sustentáveis e inovadores, que valorizam tudo ao redor.

Para garantir isso, a arquitetura contemporânea usa muito do aço e do concreto. Esses são elementos que garantem certa fluidez e a integração da construção com o ambiente.

Características da Arquitetura Contemporânea

São várias as características destacáveis da Arquitetura Contemporânea. É por meio, por exemplo, da tecnologia e contraste das estruturas que os arquitetos garantem construções integradas e modernas.

Abaixo, nós explicamos cada uma dessas características. Acompanhe!

Tecnologia para construção

Para estabelecer um projeto da Arquitetura Contemporânea, é possível utilizar vários softwares de computador. Com a ajuda deles, é possível desenvolver estruturas mais complexas e visualizar como elas vão ficar após a construção.

Essa tecnologia ainda intensifica o processo criativo dos arquitetos, pois permite a eles experimentar antes de colocar o projeto em prática. Muito melhor do que uma estrutura que pode ou não dar certo com as suas inovações.

Sustentabilidade das obras

Na Arquitetura Contemporânea, é muito importante o uso de materiais sustentáveis. São eles os responsáveis por garantir uma maior integração com a natureza e também de evitar que ela seja afetada pelas obras.

Por isso, é muito comum que esse tipo de arquitetura utilize materiais recicláveis, naturais e não tóxicos. Há ainda a preocupação em aproveitar da luz natural, o que dá destaque ao vidro e a aberturas inteligentes no imóvel.

A principal ideia dessa arquitetura é utilizar da natureza de modo inteligente, tornando-a parte dos espaços e valorizando a sua presença.

Contraste entre estruturas

Apesar da característica mais moderna das estruturas, a Arquitetura Contemporânea também preza pelo contraste entre materiais e estilos.

Então, há casos, por exemplo, em que seu modo de construção valoriza a madeira e algo mais clássico, e ao mesmo tempo insere curvas e algo mais “futurístico” da Arquitetura Moderna.

Para muita gente, isso é um “caos controlado”. Com estilos combinados, um visual artesanal e industrial juntos.

Fluidez dos projetos

predio arquitetura contemporanea

De novo, é preciso falar da integração da natureza com as construções. Seu uso amplia a fluidez dos espaços, ambientes mais abertos que proporcionam a sensação de liberdade.

Então, os arquitetos prezam pela potencialização de espaços abertos. Diminuindo o uso de paredes e priorizando colunas e grandes janelas, por exemplo.

Minimalismo das estruturas

Para a Arquitetura Contemporânea, “menos é mais”. Então, há a valorização da simplicidade dos espaços e da iluminação natural. Assim como da sofisticação do ambiente, com uma sofisticação da estrutura e uma posterior decoração.

As construções também priorizam formas geométricas simples e a integração dos ambientes.

Desconstrutivismo

Por fim, é bem impactante ver formas fragmentadas, distorcidas, curvas na Arquitetura Contemporânea. Esses elementos, pontuais, tornam as construções únicas e encantadoras.

Com base em todas essas características, ao arquiteto contemporâneo consegue estabelecer espaços inovadores e exclusivos.

Como construir com características contemporâneas?

Se você tem interesse em construir espaços contemporâneos, precisará ter atenção às características que explicamos antes. Sua aplicação precisa ser combinada, de forma minimalista e pensando no projeto como um todo.

Assim, a primeira dica é exatamente usar da tecnologia. Com um projeto bem estruturado e visualizado virtualmente, será mais simples prever o melhor resultado para a construção.

Então, será simples estabelecer um espaço com características contemporâneas. Seja ele uma casa, um prédio, um espaço comercial ou outro.

Use da madeira e concreto

Como explicamos antes, a madeira e o concreto são elementos essenciais na Arquitetura Contemporânea. Então, é importante aproveitar esses materiais ao máximo, na parte interna e externa dos ambientes.

É uma boa, por exemplo, misturar o concreto e madeira na fachada do imóvel. Com o concreto exposto e placas de madeira, o visual da estrutura se torna mais moderno e minimalista. Especialmente se a fachada ganhar uma iluminação especial, com lâmpadas que façam o visual parecer mais aconchegante.

Outra dica, neste caso, pode ser usar ainda o vidro na fachada. Isso vai permitir a entrada da maior entrada de luz natural no ambiente. Também permitirá a visualização interna dos espaços, fazendo-o parecer mais atrativo e imponente.

Cuidado com a privacidade dos espaços

Claro que usar o vidro logo na fachada ou em ambientes internos têm várias vantagens. Além do belo visual, isso proporciona a amplitude visual dos espaços.

Também melhora a entrada de luz natural, algo que promove um maior conforto e sensação de bem-estar. Sem contar a economia de energia elétrica, já que ela não é necessária na maior parte do dia.

Mas também é importante manter a privacidade dos usuários, não é mesmo? Pensando nisso, é possível aproveitar de painéis entrelaçados de madeira. Ou então da natureza, usando de uma mata externa ou de vasos no interior para “esconder” parte do que acontece dentro do imóvel.

Ainda é uma opção usar cortinas para diminuir a visualização interna pelo exterior da construção. Ou ainda vidros coloridos e/ou com películas para privacidade. A maioria delas permite a entrada de luz e a visualização de dentro para fora, mas sem a visualização de fora para dentro.

predio contemporaneo

Visual para a natureza

Sem dúvida, a natureza é parte essencial da Arquitetura Contemporânea. É importante que ela esteja dentro e fora do imóvel, para que a sensação de integração com o meio ambiente seja ainda mais vantajosa.

No caso da natureza externa, é interessante contar com um gramado ou um jardim, por exemplo. Se você puder contar com arbustos e árvores exteriores, ainda melhor.

Para permitir que as plantas “entrem em casa”, utilize grandes janelas, portas deslizantes ou paredes de vidro.

Neste caso, é importante contar com um planejamento paisagístico. As plantas ao redor do imóvel vão promover enorme bem-estar.

Já no interior no espaço, é hora de colocar vasos e outras plantas no ambiente. Há várias opções de pequenas árvores para espaços menores, flores e plantas suspensas.

Só que as plantas para dentro de casa precisam de cuidados especiais. Então, é essencial escolhê-las com cuidado, para garantir que você conseguirá mantê-las fortes e bonitas.

Ao mesmo tempo, você deverá combinar as plantas com o restante da decoração. Elas devem se integram, e não destoar do ambiente.

Estrutura mista

Para que a arquitetura seja realmente contemporânea, ela precisa misturar estilos. É a percepção de várias arquiteturas em uma só que estabelece o visual desse tipo de construção.

Então, vale muito a pena pesquisar referências contemporâneas antes de estabelecer o seu projeto. Esse cuidado permitirá uma chuva de ideias, que vão ajudar a criar um espaço realmente integrado, tecnológico e misto. Tudo que é esperado da Arquitetura Contemporânea.

Além disso, sempre misture materiais. Como o concreto aparente, metal e vidro, que podem aparecer em maior ou menor grau. Mas eles devem aparecer, para que o desenho contemporâneo seja intensificado ali.

Revestimento de vidros

Nós já falamos da importância do vidro na Arquitetura Contemporânea. É ele que conectará a natureza aos ambiente interno do imóvel, algo fundamental.

Ao mesmo tempo, o vidro vai garantir a entrada de luz natural no ambiente. A luz do sol traz aconchego, bem-estar e economia de energia elétrica.

Para tudo isso, você pode investir em grandes janelas ou portas de vidro. Especialmente na fachada, que pode ganhar o auxílio de películas ou madeira para manter a privacidade.

As paredes de vidro são outra alternativa. Inclusive dentro de casa, como divisão de ambientes que puderem ser integrados.

Uma dessas opções é dividir o escritório e a sala de estar com uma parede de vidro. Ou o quarto e o closet, a sala de estar e a de jantar etc. Só será preciso um projeto bem elaborado, para garantir a integração e privacidade necessárias.

Geometria simples

Por último, as construções da Arquitetura Contemporânea deverão ter uma geometria simples. Isso significa que você deve escolher um estilo de desenho e se manter nele por toda a arquitetura.

Se você optar por curvas, cuide para que essas curvas estão presentes em toda a fachada. Se o projeto for mais quadrado, não insira curvas nele. Na Arquitetura Contemporânea, a mistura de estilos é importante, mas de forma controlada e minimalista.

casa contemporaneo

Também é importante garantir que as estruturas sejam delicadas. Logo, evite paredes grossas ou curvas desproporcionais. Os traços do imóvel devem sempre ter grande leveza.

A Arquitetura Contemporânea pode ser aplicada em diferentes estruturas, desde que você combine bem suas características e estabeleça uma estrutura funcional.

Pensando nisso, é essencial contar com o auxílio de um bom arquiteto. Com as suas ideias e a expertise do profissional, será simples estabelecer algo bonito e atrativo. Especialmente, contemporâneo, com um visual que misture diferentes estruturas.

Escreva um Comentário