A Kalanchoe é uma planta de beleza rústica, que impressiona pelo seu colorido e simplicidade de suas flores pequenas e delicadas, dispostas em formato de buquê. Também chamada de Erva-da-Costa, Coerana e Flor da Fortuna, a Kalanchoe é nativa do continente Africano onde lá é chamada de Kalandiva.

A espécie é um tipo de suculenta e pertence à família das Crassulaceae. Por isso, suas folhas são “gordinhas”, uma característica típica dessa espécie, que as tornam muito resistentes ao calor e a escassez de água.

É possível encontrar a Kalanchoe em diversas tonalidades de cores diferentes e até na versão miniatura, sendo as mais comuns a Kalanchoe vermelha, amarela, laranja, rosa, lilás e branca. Mas o seu maior charme está no seu significado especial, principalmente quando presenteada: ela é símbolo de prosperidade, fortuna e felicidade, daí o apelido de Flor da Fortuna.

Quer saber mais sobre a Kalanchoe? Preparamos um guia abaixo com todas as informações necessárias para você aprender como cultivar a Kalanchoe em vasos ou floreiras, dentro da sua casa ou no jardim e ter flores coloridas o ano inteiro.

Aproveite!

Como cultivar Kalanchoe

Kalanchoe são fáceis de cultivar e não exigem muitos cuidados.
Kalanchoe são fáceis de cultivar e não exigem muitos cuidados.

A Kalanchoe ou Flor da Fortuna, como é popularmente conhecida, é uma planta excelente para quem não tem muito tempo para se dedicar ao cultivo. Isso porque cultivar Kalanchoe não exige cuidados especiais e nem requer muito tempo, porque elas são muito resistentes ao calor e a escassez de água. Afinal, ela é uma espécie de suculenta, da família das Crassulaceae.

Sendo assim, elas precisam receber luz solar abundante durante algumas horas do dia e ter acesso a um solo relativamente úmido para se desenvolver de forma adequada. Quanto às regas, como elas conseguem armazenar água em suas folhas, no verão pode regar duas vezes por semana enquanto no inverno apenas uma vez.

Mas como no cultivo de orquídeas, é muito importante evitar que a água se acumule nos vasos para não apodrecer as raízes e controlar o ataque de pragas ou doenças.

No mais, a Kalanchoe floresce no período do inverno e termina no fim da primavera, necessita de adubação anual com farinha de osso, torta de mamona e fertilizante NPK.

Para saber mais sobre como cultivar Kalanchoe, veja abaixo:

Solo

Se você quiser plantar Kalanchoe, precisa saber que a espécie aprecia um solo rico em matéria orgânica, poroso e muito bem drenado. Portanto, o solo ideal para o seu plantio é uma mistura com uma parte de terra comum, uma parte de terra vegetal e duas partes de areia.

Adubação

Embora elas sejam resistentes, a adubação é muito importante para a Kalanchoe para garantir uma floração intensa e abundante. Assim, além do solo rico em matéria orgânica preparado com a mistura acima, você pode adubar o solo anualmente com húmus de minhoca, farinha de osso e torta de mamona.

Além disso, você pode utilizar o adubo de fórmula NPK (nitrogênio, fósforo e potássio), com uma quantidade de fósforo (P) maior, já que é esse mineral o grande responsável por estimular a floração.

Como a época de floração da Kalonchoe é no final do outono e início da primavera, se ela estiver sendo bem cuidada, suas flores podem durar por até três meses.

Rega

Como a Kalanchoe é uma planta suculenta, ela não precisa de muita água e regas frequentes, além de não tolerar solo encharcado. Sendo assim, recomenda-se regá-la apenas quando o solo estiver seco, em média a cada dois a três dias.

Portanto, antes de regar cheque antes a umidade do solo, para evitar colocar água demais e provocar o apodrecimento das raízes e o aparecimento de pragas e doenças, como os fungos. No entanto, a falta de água pode deixar as suas folhas amareladas.

Luminosidade

Por ser uma planta originária do continente africano, onde o clima é quente e constante, a Kalanchoe precisa de luz solar direta para se manter bonita e saudável. Por isso, quando cultivada em ambientes internos você precisa garantir uma boa quantidade de luz. Mas o ideal é cultivá-las em jardineiras e vasos na varanda ou fazendo forração no jardim.

Mudas e propagação

Embora Kalanchoes sejam plantas de porte pequeno, é possível fazer mudas e propagá-las pelo método de estaquia. Isso significa que elas se propagam através do corte de um de seus galhos.

No entanto, para fazer esse corte, é preciso que ele tenha pelos menos cinco centímetros de comprimento. Em seguida retire o excesso de folhas, deixando apenas duas e enrole o galho em um papel toalha, colocando-o em um local sombreado por cerca de três dias para secar, em um processo conhecido por calejamento.

Após esse período, plante a estaca do galho seco em um vaso em solo preparado conforme mencionado acima, umedecendo-o solo com a ajuda de um borrifador. Depois, é só aguardar ela brotar.

Mas, lembre-se! Proteja a muda do sol durante esse processo de enraizamento e mantenha o seu solo sempre úmido.

Como cuidar da Mini Kalanchoe

A Mini Kalanchoe é uma planta muito delicada e decorativa.
A Mini Kalanchoe é uma planta muito delicada e decorativa.

A mini Kalanchoe ou Kalanchoe blossfeldiana é uma espécie que atinge uma média de 20 a 30cm de altura, também oferecendo flores pequenas agrupadas em buquês, em uma floração abundante que dura por até três meses.

Elas também pode ser encontradas em diversas cores, como rosa, laranja, amarelo e vermelho. Mas se você quiser saber como cuidar da mini Kalanchoe, basta seguir os mesmos cuidados de como cuidar das Kalanchoes de tamanho normal.

Se precisar podar a mini Kalanchoe, é só retirar as flores murchas e as hastes secas, mantendo o vaso limpo, para que ela permaneça bonita e saudável por mais tempo. Você pode utilizá-las para decorar mesas de eventos como casamentos e festas de aniversário, por conta da delicadeza de suas flores.

Como usar a Kalanchoe na decoração

A Kalanchoe pode ser utilizada de diversas formas, em vasos, jardineiras, canteiros, arranjos, forrações, entre outros.
A Kalanchoe pode ser utilizada de diversas formas, em vasos, jardineiras, canteiros, arranjos, forrações, entre outros.

Por ser muito resistente às variações climáticas, a Kalanchoe pode se adaptar perfeitamente aos ambientes internos, desde que receba muita luminosidade.

Por conta da sua simbologia de trazer felicidade e prosperidade a quem a cultiva ou a recebe de presente, a Kalanchoe é muito procurada para dar de presente em ocasiões especiais para amigos e familiares.

Mas ela também tem um grande apelo decorativo, podendo ser utilizada de diversas formas. No jardim, Kalanchoe é muito utilizada para fazer bordaduras coloridas nos canteiros, compor jardineiras e como forração, pois o seu colorido transforma qualquer quintal em um ambiente alegre e cheio de vida.

Os arranjos com a flor da fortuna podem ser feitos com uma única muda embrulhada em juta de cetim ou com várias unidades coloridas dentro de um único cachepot. Em jardineiras, a Kalanchoe é usada nas janelas dar um aspecto romântico à fachada.

Porém, a Kalanchoe também pode ser usada para compor a decoração de casas e ambientes de trabalho, especialmente porque é uma espécie fácil de ser cultivada e nada exigente, necessitando apenas de boa iluminação.

Por conta da sua aparência rústica, a Kalanchoe combina muito bem com cachepôs de madeira e fibras naturais. Mas se quiser ar mais sofisticado é só plantá-la em um vaso de cerâmica ou porcelana.

A Kalanchoe pode ser usada na sala, na cozinha, nos quartos e até nos banheiros em vasinhos individuais ou em composição com outros vasos.

Preço e onde comprar a Kalanchoe

A Kalanchoe tem preço modesto e super acessível a todos.
A Kalanchoe tem preço modesto e super acessível a todos.

Além de ser de fácil cultivo e exigir poucos cuidados, a Kalanchoe ainda é facilmente encontrada à venda em gardens centers, floriculturas e grandes redes de supermercados. Seu preço é também bastante camarada, em média um vasinho Kalanchoe custa cerca de R$ 10 a R$ 15. Ou seja, qualquer um pode começar a cultivar em casa.

Imagens de Kalanchoe para inspirar

Veja agora abaixo várias imagens de Kalanchoe diferentes, utilizadas de diferentes formas, em várias tonalidades e tamanhos. Se inspire e escolha uma delas ou várias para cultivar!

Kalanchoe Kalanchoe Kalanchoe Kalanchoe Kalanchoe Kalanchoe Kalanchoe Kalanchoe Kalanchoe

Pronto! Agora você sabe tudo sobre a Kalanchoe e vai poder ter o seu jardim colorido emc asa o ano inteiro! Experimente!

Escreva um Comentário