Placa Solar – Uma Poderosa Ferramenta!

A placa solar é um dos melhores equipamentos que a humanidade pode oferecer hoje para o combate do aquecimento global.

Por que a placa solar seria uma ótima ajuda?

Você deve estar se perguntandando.

Isso pois os recursos que mais usamos para produção de energia, além de serem responsáveis pelo efeito estufa, estão se esgotando rapidamente. Só para citarmos um exemplo, olhe para a situação do petróleo, o famoso “ouro negro”  tão cobiçado no mundo todo. Se continuarmos do jeito que estamos, o petróleo só vai durar por mais 40 anos.

E além de ser limitado, o petróleo, é extremamente poluente para atmosfera, isso porque libera óxido nitroso (N2), dióxido de carbono (CO2) e o metano (CH4), quatro gases que intensificam o efeito estufa. E o uso da energia solar, além de limpa, produz energia infinita e barata; além disso, possui outros benefícios.

A seguir, veja quais são os benefícios do uso de energia solar:

  • Não emite gases prejudiciais para a atmosfera;
  • Não são necessárias mudanças drásticas no local ao instalar um sistema solar;
  • Como o Sol vai continuar brilhando por 5 bilhões de anos, sua energia é “inesgotável”;
  • A luz do Sol é 100% barata e ao usa-la para gerar energia elétrica, se economiza na conta de luz;
  • Requer pouca manutenção.

Energia solar e placas solares

Energia solar é a energia vinda da luz do Sol e do calor do Sol, e é possível aproveitar essa energia por meio da tecnologia das placas solares.

Uma placa solar nada mais é do que o equipamento que permite a absorção de energia solar para ser convertida em energia elétrica ou energia térmica.

A tecnologia de convertimento de energia solar para energia elétrica é chamada de placa solar fotovoltaica. Já os de aquecimento, é chamado de placa solar térmica. A grande diferença entre ambas, é que:

  1. As placas fotovoltaicas convertem a energia solar por meio de células fotovoltaicas que normalmente são feitas de cristais de silício.
  2. As placas solares térmicas convertem a energia solar em térmica graças ao cobre ou alumínio presente dentro delas.

Falaremos mais detalhadamente cada uma delas a seguir.

A placa solar fotovoltaica

As placas fotovoltaicas, também chamadas de painéis fotovoltaicos, são compostas por células de silício. Ao absorver a luz solar, os fótons (partículas fundamentais que compõem a luz) se chocam com os átomos do silício.

Assim, os elétrons (uma partícula subatômica) presentes nos átomos da célula fotovoltaica são energizados pela energia solar, fazendo eles se separarem do átomo da placa gerando corrente elétrica no processo.

Essa corrente elétrica é convertida em energia elétrica e distribuída pela casa pelo inversor solar. Esse inversor solar já está presente no kit dos painéis solares fotovoltaicos.

Existem tipos diferentes de painéis solares fotovoltaicos com preços e eficiência diferenciados um do outro. Aqui eu lhe apresento alguns desses tipos:

  • Painel solar monocristalino: O mais caro e eficiente painel solar existente, sua eficácia vai de 15% a mais de 24%.
    Como o nome já diz, eles são feitos a partir de um único lingote cilíndrico de cristal de silício ultra puro. Esses cilindros são fatiados em lâminas de silícios individuais, para depois serem transformadas em células fotovoltaicas.
  • Painel solar policristalino: Mais baratas e ligeiramente menos eficientes em comparação as monocristalina, sua maior diferença é na produção: os cristais de silício são fundidos em um bloco. Depois de serem fundidos, são cortados em blocos quadrados e fatiados para serem usadas nas células fotovoltaicas.
  • Painel solar hibrida: É uma tecnologia razoavelmente nova. Ela combina o uso do efeito fotovoltaico com a energia térmica.  O sistema funciona com dois painéis; um painel fotovoltaico na frente para absorver energia solar, e atrás existe um segundo painel que permite a circulação de água por dentro do equipamento. Essa água absorve a energia solar não usada pelo painel e refrigera as células fotovoltaicas.  Assim permitindo máxima eficiência em produção de energia e água quente para a residência.
    Infelizmente, a tecnologia é pouco conhecida e muito cara, atualmente.

Painel solar térmico

Os painéis solares térmicos não produzem energia elétrica e não possuem células fotovoltaicas, além de serem composto por um material diferente do silício.

Sua função fundamental é converter a energia solar em energia térmica, proporcionando o aquecimento da água em residências, prédios ou comércios. As placas solares térmicas armazenam calor a partir da captação da energia solar.

A água residencial atravessa os painéis solares e são aquecidos, o líquido quente é então armazenado em boiler prontos para o consumo.

As placas térmicas, também chamadas de coletores, têm diferentes tipos de níveis de eficiência:

  • Coletor solar tubo a vácuo: Absorve a energia solar por meio de canos de vidro a vácua e os transfere até a água presente dentro do equipamento.
    Ele é útil para o uso de industrial, já que podem chegar a mais de 100ºC.
  • Coletor solar fechado: É o mais comum em residências.
    A água é aquecida a partir de tubos de cobres ou alumínio presentes dentro do coletor. O fluido aquecido é então armazenado dentro de um container.
    É bastante usado para esquentar toda a água utilizada em uma residência.
  • Coletor solar aberto: Consistem basicamente de algum elemento de absorvimento, formado por um conjunto de tubos de material plástico, borracha ou polipropileno.
    São bem menos eficiente entre os 3 aqui citados, seu uso abrange mais na obtenção de água quente sanitária.

Conclusão

O arco e flecha permitiu que Genghis Khan dominasse o Oceano Pacifico até a Ucrânia. Um império duas vezes maior comparado ao do Alexandre, o Grande; e 4 vezes maior que o império romano.

E hoje, nós temos as placas solares, mas não a usaremos para conquistar os EUA ou a Rússia. Nós podemos usar esses painéis para ajudar a conquistar a vitória sobre o aquecimento global!

Afina, a partir das placas solares é possível a captação da energia solar para produção de energia elétrica e térmica. E ao contrário do petróleo, a energia solar é limpa, renovável e ilimitada.

Sabe o que acontece quando as usinas hidrelétricas estão com níveis baixos em seus reservatórios de água? As usinas termelétricas são postas a trabalhar. Essas usinas, como utilizam petróleo ou carvão mineral para produção de energia elétrica, são mais caras, tornando a conta de luz mais alta.

Além disso, existe a produção de gases poluentes por meio da queima desses combustíveis, piorando o efeito estufa.

Portanto, o uso de placas solares é uma poderosa ferramenta para combater o aquecimento global e parar com o uso de combustíveis fosseis no mundo.

você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se concorda com isso, clique no botão ao lado. Aceitar Ler mais