Saber quanto ganha um arquiteto pode ser útil tanto para quem deseja contratar um profissional, quanto para quem pretende seguir essa carreira. Veja tudo o que você precisa abaixo!

Quanto ganha um arquiteto? Essa é uma dúvida comum, especialmente para quem deseja contratar este profissional. Mas também, claro, para quem pretende se formar em arquitetura. Afinal, quem não deseja saber quanto vai gastar ou ganhar, não é mesmo?

O salário de um arquiteto pode variar segundo uma série de fatores. Primeiro, de acordo com a região do Brasil. Também varia considerando o tipo de contrato (MEI, CLT ou para consultoria), especialidade do profissional e seu tempo de experiência.

De qualquer forma, o CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil) é o responsável por regular essa área. Logo, é ele que protege os profissionais do ramo e garante que os consumidores também paguem o que for considerado justo pelo trabalho.

O CAU e seus representados se baseiam na Lei 4.950-A/66. De acordo com ela, o piso salarial do arquiteto é baseado na jornada de trabalho e no salário mínimo vigente (em 2020, de R$ 1.039). Mas você sabe qual o papel de um arquiteto? E qual a diferença dele para um engenheiro?

Nós já apresentamos o que faz um arquiteto em um texto anterior deste blog, e você poderá conferir aspectos mais detalhados sobre o assunto ao acessá-lo.

Ainda assim, vale a pena explicarmos um pouco sobre o trabalho de um arquiteto, antes de contar quanto um arquiteto ganha.

Qual o papel de um arquiteto?

arquiteto projetando

Um dos principais papéis de um arquiteto é pensar espaços harmoniosos, que presem pelo conforto, mobilidade e usabilidade. É este profissional que estabelece a planta dos espaços, considerando todo o citado.

Além disso, um arquiteto pode ser o responsável pelo:

  • Paisagismo;

  • Decoração;

  • Planejamento urbano;

  • Execução e acompanhamento de obras;

  • Geoprocessamento;

  • Design de móveis;

  • Preservação de patrimônio histórico;

  • Gerenciamento de reformas; e mais.

Enquanto um arquiteto projeta, o engenheiro se envolve mais com a execução da obra. Ele pensa, por exemplo, no seu tipo de fundação, instalações elétricas e hidráulicas, avalia a segurança do canteiro, materiais necessários etc. O engenheiro também projeta obras de grande porte, como viadutos e estradas.

Já o design de interiores cuida do interior dos espaços. Pensando não apenas sua decoração (algo que o arquiteto também pode fazer), mas também sua iluminação, ventilação, mobilidade e outros aspectos. Tudo isso tornará o ambiente mais confortável e funcional.

Com tudo explicado, é hora de abordarmos o quanto ganha um arquiteto. Continue lendo o texto!

Qual o salário de um arquiteto?

Como citado, a Lei 4.950-A/66 define regras para o pagamento do salário dos arquitetos no Brasil. Seguindo essas regras, os contratantes precisam avaliar a jornada de trabalho do profissional e o salário mínimo vigente naquele momento. As normas são as seguintes:

  • Com 6 horas de trabalho, o salário de um arquiteto será correspondente a 6 salários mínimos mensais;

  • Com 7 horas de trabalho, o salário de um arquiteto será correspondente a 7,25 salários mínimos mensais;

  • Com 8 horas de trabalho, o salário de um arquiteto será correspondente a 8,5 salários mínimos mensais;

  • Com uma jornada de trabalho inferior a 6 horas, o salário de um arquiteto será correspondente a R$ 47,22 a hora.

Logo, em 2020, com o salário mínimo fixado em R$ 1.039, os ganhos de um arquiteto devem ser de:

  • Com 6 horas de trabalho, R$ 6.234,00

  • Com 7 horas de trabalho, R$ 7.532,75‬

  • Com 8 horas de trabalho, R$ 8.312‬,00

mulher arquiteto projetando

Os valores correspondem à remuneração de um profissional graduado e devidamente registrado em sua entidade profissional.

Infelizmente, porém, nem todas as empresas seguem corretamente as recomendações do CAU e da Lei. Por isso, os valores podem variar e não chegar ao esperado. Nesse caso, é importante que o profissional exija seus direitos.

Além disso, entidades sindicais locais podem considerar bases diferentes para o pagamento dos seus profissionais. Sem contar que muitos ganham por hora, o que pode fazer cair a média de ganhos.

Segundo pesquisa da Nexo, 1,86% dos arquitetos do Brasil ganham até 1 salário mínimo. A maior porcentagem é registrada por aqueles que ganham entre 3 e 5 salários mínimos, o que corresponde a 20,33% dos arquitetos registrados. Já os que recebem acima de 20 salários mínimos representam 3,62% dos profissionais.

Quanto ganha um arquiteto pelo Brasil?

Além do percentual de profissionais e seus salários médios, a Nexo conseguiu estabelece o salário médio de um arquiteto no Brasil. Segundo a empresa, grande parte dos profissionais atuantes ganham cerca de 7 salários mínimos mensais. Em 2020, isso corresponde a R$ 7.273,00.

Mas essa média varia conforme a região do País. O Sudeste, por exemplo, tem a maior média de salários dos arquitetos brasileiros. Na região, os profissionais recebem cerca de R$ 6.840,00 mensais. A informação é de 2016.

Nas demais regiões, os valores são os seguintes:

  • R$ 6.320,00 mensais no Centro-Oeste;

  • R$ 5.930,00 mensais no Nordeste;

  • R$ 5.550,00 mensais no Sul; e

  • R$ 4.770,00 mensais no Norte.

Quanto ganha um arquiteto: por especialidade

projeto arquitetura decoração

Outro fator que provoca variações no quanto ganha um arquiteto é a sua especialidade, a área em que o profissional atua. Para eles, a atividade mais rentável é de um Arquiteto Coordenador, que pode receber até R$ 8 mil mensais.

Segundo pesquisa feita pela Catho, um Arquiteto Vendedor é o que possui média nacional mais baixa. Neste caso, o salário dos profissionais é de cerca de R$ 2.655.

A Catho é um importante classificado de empregos online no Brasil. Veja os números de sua pesquisa a seguir.

Arquiteto Vendedor

  • Salário médio nacional de R$ 2.655,00

  • O que faz? Um Arquiteto Vendedor é o responsável por pensar as melhores soluções em móveis de alto padrão, de acordo com a necessidade de cada cliente. Para isso, ele visita os espaços que serão mobiliados e avalia todo o preciso. Depois, faz o acompanhamento de montagem e pós-venda.

Arquiteto Especificador

  • Salário médio nacional de R$ 3.138,00

  • O que faz? Segundo a própria Catho, pesquisadora das médias de salário, um Arquiteto Especificador “realiza visitas técnicas, elabora especificação de produtos e desenvolve orçamentos para obras, escritórios de arquitetura e engenharia e demais clientes”.

Arquiteto de Edificações

  • Salário médio nacional de R$ 3.853,00

  • O que faz? Projeta desenhos técnicos, maquetes e cronograma. É ele que negocia e planeja as diversas etapas de um projeto, inclusive realizando orçamentos dos materiais necessários e mão de obra.

Arquiteto de Interiores

  • Salário médio nacional de R$ 4.299,00

  • O que faz? Chamado também de design de interiores, esse especialista pensa no projeto de um imóvel considerando sua iluminação, ventilação e mais, sempre com as melhores soluções decorativas. Costuma realizar a contratação e supervisão de mão de obra, como eletricistas e marceneiros.

Arquiteto Urbanista

  • Salário médio nacional de R$ 4.355,00

  • O que faz? Este profissional pensa o projeto de uma cidade, não só em sua estrutura, mas considerando também sua luz e ventilação. Ele realiza ainda o estudo do aspecto legal, impacto ambiental e orçamento de todo o necessário para a execução da obra. Sem contar o planejamento de saneamento, mobilidade e o que mais for preciso para o bem-estar da população de determinada área.

Arquiteto de Patrimônio

  • Salário médio nacional de R$ 3.749,00

  • O que faz? Responsável pela restauração de ambientes e construções. Considera sempre as condições originais do espaço para que, quando possível, possa retorná-las, garantindo que o projeto seja o mais fiel possível ao pensado de início. Seu trabalho é muito comum na restauração de edifícios históricos, mas também em reformas “comuns”.

Arquiteto Coordenador

  • Salário médio nacional de R$ 5.450,00

  • O que faz? Também segundo a Catho, o Arquiteto Coordenador “coordena equipe e projetos de Arquitetura, acompanha o desenvolvimento de obras, envolvendo a especificação de materiais e equipamentos, fiscalização de cronograma e estudo de viabilidade, para cumprimento da qualidade e prazo estabelecido”.

Arquiteto Paisagista

  • Salário médio nacional R$ 3.063,00

  • O que faz? Pensa soluções que garantam a convivência simples e harmoniosa entre as pessoas e meio ambiente. Por isso, ele cuida do planejamento e execução de jardins, áreas de lazer, varanda, pavimentação do local e atividades semelhantes.

Além das áreas explicadas, um arquiteto pode seguir carreira em:

  • Comunicação Visual, criando a identidade visual de uma empresa, ou ainda projetando o visual de uma área/cidade, com a instalação de placas, por exemplo.

  • Luminotécnica, estabelecendo projetos para a iluminação correta de ambientes externos e internos, pensando tanto em sua eficiência, quanto economia e decoração.

  • Pesquisa Científica e Tecnológica, para o desenvolvimento da profissão e suas áreas.

  • Carreira Acadêmica, dando aulas sobre a área da Arquitetura.

  • Projeção Digital, com o uso da impressora 3D e outras ferramentas tecnológicas para a projeção de espaços e obras.

  • Especialista em BIM (Building Information Modeling), para desenvolvimento de softwares e pesquisas.

  • Designer Gráfico de Animação, realizando a projeção virtual de espaços urbanos, principalmente para jogos e apresentações; e mais!

equipe de arquitetos desenhando

Se você deseja se desenvolver na profissão de Arquiteto, vale muito a pena pesquisar mais sobre os ramos de atuação profissional. A cada ano, novas demandas surgem, especialmente pelo desenvolvimento das tecnologias e novas necessidades da sociedade.

Há algumas décadas, por exemplo, dificilmente era exigido de um arquiteto preocupação com o meio ambiente em seus projetos. Com a crise hídrica, queimadas, Efeito Estufa e outros problemas com a natureza, porém, isso mudou.

Os profissionais de hoje precisam colocar o meio ambiente como ponto Norte de seus projetos, pensando soluções para que construções e espaços convivam em harmonia com a natureza. Especialmente prevenindo danos a ela.

Pronto! Agora você já sabe quanto ganha um arquiteto e quais as suas especialidades. Caso deseje seguir a profissão, não se esqueça de pesquisar sobre as áreas. Já se deseja contratar um arquiteto, pesquise sobre o histórico do profissional e projetos já entregues. Isso te dará maior segurança de um trabalho bem executado por ele.

Escreva um Comentário