A Arquitetura Neoclássica é uma junção de visuais de outras arquiteturas. Criada no século XVII, ela chama a atenção por suas colunas, balaústres e arcos romanos.

Aliás, a arquitetura romana é exatamente uma das quias a Arquitetura Neoclássica resgata. Além dela, esse estilo de construção também usa de características da arquitetura grega. Unindo esses estilos, a neoclássica adapta-as à Idade Moderna e cria uma nova identidade.

O estilo foi criado com o objetivo de resgatar a cultura clássica na Europa Ocidental. Esse resgate e inovação simultâneos foram influenciados pelo Iluminismo.

Outra influência clara foi a descoberta das cidades de Pompeia e Herculano, destruídas após a erupção do Vulcão Vesúvio. Quando encontradas em escavações, as cidades geraram bastante interesse por causa de seus objetos, painéis e murais conservados.

Abaixo, nós falamos mais sobre a história da Arquitetura Neoclássica e das suas características. Continue lendo!

Histórico da Arquitetura Neoclássica

Um dos primeiros registros da Arquitetura Neoclássica aconteceu no século XVII, apesar de ela ter se desenvolvido fortemente apenas a partir do século XVIII. Neste caso, as características desse estilo estavam presentes nas obras do arquiteto francês Ange-Jacques Gabriel.

Depois, o arquiteto inglês Inigo Jones passou a divulgar em seu país as obras do italiano Andrea Palladio. Juntos, esses três nomes se tornaram os principais expoentes neoclássicos da época.

Já no Brasil, a Arquitetura Neoclássica se difundiu a partir de 1816. Isso porque, neste ano, o Brasil recebeu um grupo chamado Missão Artística Francesa.

O grupo era composto por uma série de profissionais da arquitetura e construção. Como arquitetos, escultores, pintores, gravadores de peças e outros.

Entre esses profissionais estava o arquiteto Grandjean de Montigny, que trabalhava fortemente com o visual neoclássico. Ele projetou a Academia Imperial das Belas Artes, no Rio de Janeiro.

A instituição logo se tornou a principal responsável pela difusão de novos visuais na arquitetura brasileira.

Mas a Arquitetura Neoclássica propriamente dita só surgiu no Brasil em 1750. Foi neste ano que o Marquês do Pombal enviou ao país alguns arquitetos neoclássicos para o trabalho no País.

Já em 1808, a Família Real Portuguesa veio para o Brasil e o estilo só se fortaleceu. Entre as construções neoclássicas do Brasil estão o Museu da Caixa e a Pinacoteca, ambos na cidade de São Paulo (SP).

Características da Arquitetura Neoclássica

São várias as caraterísticas marcantes da Arquitetura Neoclássica. Mas, como explicado antes, esse estilo de construção mistura aspectos das arquiteturas romana e grega. Logo, é comum confundir o neoclassicismo com as duas outras.

Para evitar erros do tipo, é preciso avaliar os vários aspectos deste modelo de construção. É importante que o visual de ambas as influências estejam presentes. Do contrário, será muito mais provável que a construção remeta a uma ou outra arquitetura.

arquitetura neoclassica

A seguir, nós listamos as principais características da Arquitetura Neoclássica. Acompanhe!

Uso da proporção e simetria

Sem dúvida, uma das principais características da Arquitetura Neoclássica é a sua simetria. Ou seja, as construções são iguais se divididas ao meio, sem “pontas soltas”.

Além disso, os projetos usam muito de formas geométricas, especialmente das retangulares. O resultado é de certo contraste, já que a estrutura e reta e lisa, mas também costuma contar com grandes colunas. Falamos sobre elas abaixo.

Ordens da arquitetura da antiguidade

Como nós explicamos neste texto sobre a Arquitetura Grega, existem três ordens principais da arquitetura da antiguidade. São elas: a Coríntia, Dórica e Jônica. Essas ordens diferenciam as colunas utilizadas neste tipo de construção.

No estilo Dórico, as colunas são mais simples, com poucos detalhes de ornamentação. Elas também são caneladas, com um detalhe de apoio na sua parte superior.

Já as colunas Jônicas são mais trabalhosas, com detalhes trabalhados por toda a sua extensão. Sua base é circular e, no topo, há um detalhe arredondado.

Enquanto isso, a ordem Coríntia tem ornamentações ainda mais detalhadas. Neste caso, as colunas costumam ser mais finas e trabalhadas com desenhos.

No caso da Arquitetura Neoclássica, as colunas também são parte importante do visual. Por isso há essa clara influência da Arquitetura Grega.

Uso de pedras nobres

O uso de pedras era muito comum, especialmente, na Arquitetura Grega. Então, a Neoclássica também faz o uso desses materiais, assim como do mármore e granito.

Também é muito comum que esse estilo de construção faça o uso da madeira. Mas é preciso que esse material seja bem trabalhado, para que não destoe do restante do visual detalhado da construção.

casa neoclassica

Uso de volumes corpóreos

Mais uma característica bastante marcante das construções. Elas costuma contar com volumes corpóreos, maciços. Eles são muito bem definidos por planos murais lisos.

Abóbadas e cúpulas

As abóbadas e cúpulas são alguns dos principais elementos a dar a sensação de grandeza às construções neoclássicas. As abóbadas mais utilizadas são de berço ou de aresta.

Além delas e das cúpulas, as estruturas desse tipo também costumam contar com frontões triangulares. Ou seja, uma parte superior em formato de triângulo, que “finaliza” a construção.

Sabe aqueles desenhos clássicos que fazemos de casas, com um telhado triangular? O visual neoclássico é assim, mas normalmente feito de pedra e muito bem trabalhado com detalhes e figuras.

Escadas

Dificilmente a Arquitetura Neoclássica constrói direto no chão. Quer dizer, é muito mais comum que as edificações sejam elevadas por um pequeno lance de escadas.

Não costumam ser muitos degraus, apenas o suficiente para tirar a edificação do mesmo nível das demais.

Cores suaves

Outro aspecto marcante desse tipo arquitetônico são as cores claras. Especialmente porque grande parte das construções é feita de pedras claras.

Mas mesmo nas estruturas não feitas de pedras, a preferência é por cores suaves. Você não verá uma estrutura neoclássica da cor preta, por exemplo.

Decoração interior grandiosa

Na Arquitetura Neoclássica, parte interior do imóvel é tão importante quanto seu lado de fora. Por isso, a decoração dos interiores costumam contar com revestimentos e pinturas muito bem trabalhados. O objetivo é reforçar a grandiosidade que o edifício sugeriu do lado de fora.

Uso intenso do vidro

Também podemos citar o uso frequente, e até intenso, do vidro nas construções. Não apenas em grandes janelas, mas também nas portas da edificação.

Em grandes construções, inclusive, é comum que um vidro colorido seja utilizado na parte de cima das janelas. Um detalhe a mais para o visual da estrutura.

Como construir com características da Arquitetura Neoclássica?

Agora que você já sabe mais sobre a Arquitetura Neoclássica, pode estar se perguntando sobre como se inspirar nela. A boa notícia é que isso pode ser simples. Muito provavelmente, até, você já viu uma série de edifícios com influência neoclássica por aí.

Para te ajudar, apresentamos abaixo algumas caraterísticas que você pode utilizar nas suas edificações.

Linhas retas e simetria

Como explicamos antes, uma das principais características da Arquitetura Neoclássica é a simetria das estruturas. Por isso, para construir com essa influência, dê atenção especial a linhas retas. Elas são muito mais simples de manter o visual rígido e simples previsto por esse tipo de arquitetura.

Mas não significa que a edificação precisa ser “sem graça”. Em vez disso, você poderá fazer “camadas” de linhas retas. Para isso, use do telhado embutido e faça detalhes em sua parte de cima, com duas ou três camadas. Veja na imagem abaixo.

casa neoclassica

Outra opção é construir a fachada com profundidades diferentes. De novo, utilizando linhas retas, mas de forma que as estruturas se diferenciem e chamem a atenção.

Use colunas

Também na fachada da sua construção, é importante que você utilize algumas colunas. Essas colunas podem ser grandes e sustentar a edificação, utilizando de uma das ordens arquitetônicas que explicamos antes.

Outra opção para utilizar colunas é torná-las belos detalhes da edificação. Você poderá, por exemplo, utilizá-las apenas na varanda ou como uma “moldura” das portas ou janelas.

Aliás, as colunas não precisam ser circulares, como na Arquitetura Grega. Em vez disso, você pode investir em estruturas retangulares mesmo. Mas é interessante que elas sejam mais finas, para não quebrarem o aspecto delicado e minimalista da Arquitetura Neoclássica.

Escadas na fachada

As escadas vão servir para fazer a construção parecer mais grandiosa. Afinal, será preciso subir alguns degraus para chegar à sua porta.

O número de degraus, o tamanho dessa escada, vai depender do seu projeto de edificação. Nada impede que você instale um grande lance de escadas, fazendo seus visitantes caminharem um pouco mais para a entrada no imóvel.

Ainda assim, o mais comum é que o neoclassicismo se dê melhor com pequenos lanches de escada. Cerca de cinco degraus, que apenas vão destacar a entrada do edifício, mas sem fazer as pessoas se exercitarem.

Instalar uma rampa logo na entrada de casa também é uma opção, se você preferir. O efeito será o mesmo para a construção, e vai tornar o imóvel mais correto em relação à acessibilidade.

Cores suaves

O ideal é sempre manter as construções neoclássicas com cores claras. Seja o imóvel construído inteiramente em alvenaria, tenha ele detalhes em pedras claras.

Assim, invista em tons como o branco, o bege e o dourado claro. Se toda a fachada puder contar com essas cores, ainda melhor. Um projeto 100% neoclássico terá apenas quebras de cor em dois momentos: com as janelas e com a natureza.

Isso porque, o visual dessas edificações pode se tornar ainda mais bonito com um jardim em volta. Grandes palmeiras são opção que também chamam a atenção, especialmente se posicionadas na frente ou nas laterais da casa.

Mas claro, você precisará dedicar alguns cuidados diários a essas plantas depois. Então, é essencial refletir sobre a sua disponibilidade antes de optar por esse verde ao redor.

Frontão Triangular

Caso você não opte pelo telhado embutido, mais reto, será importante investir em um frontão triangular. Ele vai criar uma certa quebra no aspecto retilíneo da edificação, mas ainda vai contribuir para a sua simetria.

casa estilo neoclassico

Independentemente dos artifícios que você utilizar da Arquitetura Neoclássica, lembre-se de investir em uma bela iluminação para fronte do seu imóvel.

A iluminação da fachada vai destacar cada uma das características que você utilizar para a construção. Vai também aumentar a sensação de grandiosidade da estrutura e dar relevância à simetria da estrutura. Visto de fora, esse visual será bastante atrativo.

Lembre-se ainda que, muito provavelmente, seu terreno vai precisar contar com um muro. Mas esse muro não precisa “quebrar” todo o visual planejado.

Em vez disso, utilize-o como um agregado da fachada, inserindo elementos neoclássicos também nele. Você pode, por exemplo, inserir algumas colunas na parede de tijolos. Ou mesmo deixar sua estrutura reta em cima, mas com a possibilidade de visualização do frontão triangular da casa logo em cima.

Você também pode se inspirar em outros estilos de Arquitetura. Só não se esqueça que a sua construção deverá atender às suas pretensões. Especialmente em grandes obras, investir sem se sentir realmente atraído pelo estilo pode gerar certa frustração depois.

Decorando com aspectos neoclássicos

Claro que a Arquitetura Neoclássica diz respeito principalmente ao modo de construção de um espaço. Mas, como citamos antes, ela também se preocupa com o visual do interior dos imóveis. Afinal, a decoração é vista como uma forma de reforçar o belo aspecto e grandiosidade das edificações.

Pensando nisso, você também pode se inspirar no neoclassicismo para decorar seus espaços. Veja algumas dicas abaixo.

  • Use mobiliários simples, monocromáticos e com superfícies planas;
  • Insira colunas e/ou detalhes em mármore e granito dentro de casa. Podem ser detalhes nas paredes, molduras de quadros, esculturas e outros;
  • Invista na simetria dos espaços, prezando pela harmonia entre móveis e cores;

  • Use também peças com um ar mais clássico, balanceando-as com as demais no ambiente; e

  • Aplique apenas cores claras no ambiente, especialmente o branco, bege e dourado.

Conte para gente: a Arquitetura Neoclássica é mesmo o que você esperava para investir? Qual das suas características te chamou mais a atenção? Comente no fim deste post!

Escreva um Comentário