Já pensou em usar borra de café nas orquídeas? Pois saiba que a borra de café é um excelente adubo orgânico para o crescimento das plantas em geral, sendo que ele pode ser usado também no cultivo de orquídeas por inúmeras razões.

Como toda estrutura de plantas, a orquídea também é formada por um conjunto de órgãos (folhas, pseudobulbo, raízes, rizoma e flores), formados por tecidos, células e organelas, constituídas por moléculas de átomos e elementos químicos.

Esses elementos químicos são os nutrientes minerais essenciais para o desenvolvimento saudável das plantas em seu cumprimento de ciclo vital. Sem os nutrientes necessários para sobreviver, a planta fica deficiente de suas funções.

Por exemplo, na ausência de nutrientes minerais, as moléculas “mensageiras” (hormônios) não conseguem sinalizar paras as células quando é necessário dividirem-se, alongarem-se ou se transformarem em células especializadas em determinadas funções no corpo da planta.

Por isso, a adubação é extremamente importante para garantir que esses nutrientes cheguem à planta. Existem muito tipos de adubo, orgânicos, químicos e mistos, que contêm todos os nutrientes necessários para cada fase de crescimento da planta.

No caso das orquídeas, elas são extremamente evoluídas, e são muito eficientes em absorver os nutrientes disponíveis no ambiente através de suas raízes e suas folhas. Por isso, podemos alternar as adubações foliares com a adubação das raízes. Afinal, elas são capazes de absorver a maior parte dos nutrientes entra pelas raízes.

Para essa adubação, é possível agregar alguns elementos do nosso dia a dia, como a borra de café, que é um ótimo fertilizante rico em nutrientes. Quer ver como funciona a borra de café nas orquídeas? Leia mais abaixo!

Por que adubar orquídeas

borra de café nas orquídeas: adubo
orquídeas precisam de adubo para se desenvolverem saúda’veis com nutrientes necessários.

CURSO GRATUITO DE COMO CUIDAR DE ORQUÍDEAS

✔ Como regar! ✔ Luz e ambientes corretos ✔ E muito mais!

Acesse agora! Clique aqui.

A maioria das orquídeas são epífitas, mas ainda temos uma infinidade de espécies de orquídeas terrestres e rupícolas. No entanto, não importa o tipo de orquídea, todas elas vão precisar ser plantadas em algum substrato, de acordo com a sua espécie.

Além da umidade do ar e oxigênio em seu ambiente de cultivo, o substrato por si só já é capaz de fornecer uma boa quantidade de nutrientes para as orquídeas, além de fornecer sustentação e manter a sua umidade e arejamento das raízes de forma adequada.

É o substrato que, ao se decompor, vai liberando nutrientes na água absorvida pela planta durante a irrigação. Mas infelizmente, às vezes apenas o substrato sozinho não consegue fornecer a quantidade suficiente de nutrientes para a planta em todas as suas fases de crescimento.

Por isso, utilizamos os adubos, que podem ser químicos (minerais), orgânicos, ou mistos. Os adubos minerais ou químicos para as orquídeas costumam vir com formulações NPK, e são amplamente utilizados por serem práticos, baratos e muito fáceis de encontrar.

Os adubos NPK fornecerão somente os 3 nutrientes que a planta utiliza em maior quantidade: Nitrogênio (N), Fósforo (P) e Potássio (K). No entanto, alguns desses elementos são mais usados que outros nas diferentes fases da planta.

Como por exemplo, a mistura de Adubo NPK 10-10-10 ou 20-20-20 é mais usado para a sua manutenção; o NPK 30-10-10 para crescimento; NPK 10-30-20 para a floração; NPK 08-45-14 para floração e enraizamento e NPK 30-10-20 para o crescimento e desenvolvimento da planta.

Entretanto, as orquídeas também precisam de vários outros nutrientes para que se desenvolverem, por isso a necessidade de misturas mais complexas de adubos, podendo até utilizar os adubos orgânicos. Aí é que entra o papel da borra de café nas orquídeas.

Leia mais: Como Plantar Orquídeas na Terra: Veja Espécies Específicas!(Abre numa nova aba do navegador)

Mas, o que é a borra de café?

Apesar dos substratos, irrigação, ambiente adequado e recursos de adubação, nem sempre é fácil manter a orquídea em pleno desenvolvimento. Como nem sempre os adubos químicos são a única solução, por conta dos nutrientes limitados, alguns métodos naturais podem ajudar a potencializar o adubo.

É o caso da borra de café nas orquídeas. Para quem não sabe e nunca ouviu falar, a borra de café é o resíduo do pó de café depois que o café é coado.

Ela é muito empregada em diversas ocasiões para desempenhar diferentes papéis, além de fortalecer o adubo, como por exemplo:

  • Para tingimento de tecidos e cabelos
  • Como tratamento capilar e de pele
  • Para limpar e remover odores
  • Como repelente de pragas
  • Para espantar gatos
  • Como desodorizante de ambiente
  • Para inibir a poeira
  • Melhor a saúde das plantas

Quais os principais nutrientes para alimentar orquídeas?

borra de café nas orquídeas: nutrientes.
As orquídeas precisam de vários nutrientes presentes na borra de café.

Já dissemos que as orquídeas precisam de nutrientes em todas as suas fases da vida, pois serão requisitados em todas as fases do crescimento da planta. Isso porque independente da fase em que ela se contra, o seu metabolismo não reduz as atividades nessa alternância de uma fase para outra.

Isso significa que mesmo que a planta esteja em plena floração, ela continua a realizar a fotossíntese, o enraizamento, estimulando o crescimento de bulbos, folhas etc. Dessa forma, todos os nutrientes são essenciais.

Por isso que na ausência de algum nutriente, as orquídeas apresentam deficiências e vão dar sinais de amarecelicimentos das folhas, queimaduras, crescimento lento, ausência de flores e até morte da planta.

Dessa forma, quanto mais completa for à formulação do adubo, melhor será o resultado para o crescimento das orquídeas.

O café, por exemplo, é composto de 1 a 2,5 % de cafeína e diversas outras substâncias em maior quantidade, que podem até ser mais importantes para a planta.

O grão de café (café verde) possui além de uma grande variedade de minerais como potássio (K), magnésio (Mg), cálcio (Ca), sódio (Na), ferro (Fe), manganês (Mn), rubídio (Rb), zinco (Zn), cobre (Cu), estrôncio (Sr), cromo (Cr), vanádio (V), bário (Ba), níquel (Ni), cobalto (Co), chumbo (Pb), molibdênio (Mo), titânio (Ti) e cádmio (Cd); aminoácidos e lipídeos.

Portanto, a borra de café nas orquídeas será capaz de complementar a adubação com outros nutrientes e substância que possam estar faltando. A borra de café nas orquídeas também é muito benéfica pela sua grande quantidade de nitrogênio (2,3%), um dos principais elementos que compõe o solo e muito consumido pelos vegetais.

Além da composição com teores razoáveis de potássio (1,26%) e fósforo (0,42%), e grande quantidade de matéria orgânica que chega até 90,46%. Portanto, os nutrientes presentes na borra de café acabam favorecendo a acidez do solo ou substrato, no caso das orquídeas.

Como usar borra de café nas orquídeas

A borra de café nas orquídeas é uma excelente opção de fertilizante.
A borra de café nas orquídeas é uma excelente opção de fertilizante.

Para começar a utilizar a borra de café nas orquídeas é preciso primeiro tentar fazer uma mistura mais poderosa. Como por exemplo, usar grãos de café de qualidade na moagem.

CURSO GRATUITO DE COMO CUIDAR DE ORQUÍDEAS

✔ Como regar! ✔ Luz e ambientes corretos ✔ E muito mais!

Acesse agora! Clique aqui.

Além da borra resultante do café coado, separe alguns grãos torrados e triture junto com casca de legumes, cascas de ovos, substrato ou qualquer outro adubo, químico ou não.

Depois, deixe que ocorra a fermentação da mistura em uma média de 60 dias mexendo tudo até que virar uma farinha homogênea para ser usada como fertilizante.

Antes de regar a planta, principalmente antes do período de chuvas, faça uma suplementação do plantio usando o pó de café como compostagem, principalmente se a sua orquídea for terrestre.

Se quiser que a borra de café nas orquídeas seja um fertilizante líquido mais suave, basta misturar meio quilo de pó de café com cinco litros de água dentro de um balde, para depois aplicar no jardim ou nos vasos, junto da rega. Outra forma de usar como fertilizante é diluir 150 gramas de borra de café em 10 litros de água.

A borra de café ainda úmida polvilhada na base das plantas pode também ajudar a afastar pragas e insetos indesejáveis.

Como todo adubo, não exagere na quantidade de borra de café nas orquídeas para não atrapalhar a circulação de oxigênio no substrato e abafar suas raízes.

Benefícios da borra de café nas orquídeas

A borra de café nas orquídeas traz muitos benefícios.
A borra de café nas orquídeas traz muitos benefícios.

A borra de café nas orquídeas tem também vários outros benefícios, como contribuir com a reciclagem de lixo. Outra vantagem é ser um suplemento de fonte rica em nitrogênio orgânico totalmente natural. Além disso, a borra de café nas orquídeas não prejudica a saúde das plantas, mas atua até como repelente.

Isso porque certas larvas, caracóis, lesmas, formigas e até mosquitos não toleram a acidez da cafeína presente na borra de café, e acabam se afastando desses locais com o elemento na terra ou substrato.

O repelente químico, por exemplo, é eficaz no combate às pragas e tem uma sobrevida maior na terra, mas pode matar outros insetos benéficos para o cultivo, além de prejudicar a qualidade da planta.

Por isso, a borra de café nas orquídeas como repelente é bem mais eficiente, principalmente se você mesmo tiver moído o grão de café. Assim, não jogue fora a borra do café, separe e deixe secar, depois aplique na borda dos vasos para evitar as pragas em seu orquidário.

A borra de café nas orquídeas é também uma ótima opção para limpar as folhas delas dentro de casa. Basta diluir uma parte dela em cinco partes de água, molhar um pano ou algodão e passar nas folhas, elas ficam brilhantes.

Então, a borra de café nas orquídeas vale à pena?

Como deu para perceber, vale muito a pena utilizar a borra de café nas orquídeas como fertilizante. Se você já utiliza o ingrediente em casa, não custa nada separar a borra que sobra e vai ser jogada fora para utilizar nesse processo.

Além de ser mais econômico que adubo químico, você vai estar ajudando ambiente na reciclagem do lixo orgânico.

Com isso, você vai passar a se deliciar mais vezes com um excelente café e reaproveitar os restos para obter orquídeas sempre sadias, fortes e resistentes. E o melhor, livre de pragas!

Só não se esqueça de não exagerar na quantidade e prejudicar a oxigenação do ambiente. Dito isso, experimente já a borra de café nas orquídeas como adubo natural, você não vai se arrepender!

Write A Comment