Como Fazer Reboco? Rápido e Fácil!

Quer saber como fazer reboco? A gente te ensina!

O reboco é uma parte importante de qualquer obra, e saber como fazer reboco também é algo de extrema importância para  caso você esteja pensando em construir, e mais ainda para quem trabalha na área. E, se você não saiba ainda como fazer reboco, ou então possua algumas dúvidas sobre o assunto, então calma que a gente já te ajuda com isso.

Mas antes, você sabe para que serve o reboco? Qual sua real importância? Pois a gente já te explica isso também.

Para que serve o reboco?

O reboco está depois do chapisco e antes do emboço, ou seja, é a ligação entre ambos. Seu objetivo principal é dar aquela proteção extra para as paredes (independente do material que for utilizado para a construção das paredes), impedindo assim que a parede entre em contato com a água, seja por infiltração da chuva ou vazamentos, ou então com a umidade e com isso aumentando a sua vida útil sem com isso prejudicar a sua saúde. Exatamente por isso o reboco é algo de extrema importância, e saber como fazer reboco também.

Mas claro, essa não é, nem de longe, a única função que o reboco tem a oferecer. É ele quem irá esconder os defeitos e erros que são comuns ao levantamento das alvenarias, além de evitar que os tijolos de sua construção fiquem todos a mostra. E, é claro, deixar a parede bem lisa para que ela possa receber a tinta, da textura ou então o papel de parede.

Devido a tudo isso é importante sabermos como fazer reboco, e principalmente ficar atento a correta dosagem de seus aglomerantes, como em sua qualidade também.

Um reboco que possua muito cimento será bastante rígido, pouco elástico e flexível, o que poderá causar fissuras na parede. Um reboco que possua pouco cal também apresentará estas mesmas fissuras, então é importante saber combinar ambos adequadamente.

A areia e o aditivo que serão utilizados também devem ser escolhidos com bastante cuidado. O ideal mesmo é que as especificações de projeto sejam seguidas a risca, para evitar quaisquer problemas com a qualidade do reboco.

Como Fazer Reboco

Uma vez que você já está ciente de para que serve o reboco e dos cuidados que você deve ter com seus componentes, vamos agora te ensinar a como fazer reboco, o que é meio que o objetivo principal deste artigo.

Antes de mais nada, nós dissemos acima que o reboco é aplicado logo depois do chapisco, ou seja, antes é necessário que você tenha feito o chapisco corretamente, para aí sim focarmos em como fazer reboco.

E, para o reboco, há dois tipos que iremos focar, o reboco interno e o externo. Confira abaixo a diferença entre ambos com relação a sua composição:

O reboco interno

O reboco interno deverá possuir uma espessura média de 15 mm, ou 1,5 cm. A alvenaria da obra deverá estar de acordo para chegar a estas medidas, de modo que não hajam problemas com um reboco mais grosso e por consequência o consumo de mais massa elevando assim os gastos na obra.

O reboco é composto basicamente de cimento, areia, cal e, quando necessário, aditivos. Para o reboco interno serão necessários 1 saco de cimento e do aditivo que for utilizado, 3 baldes de areia, 2 de cal e água.

O reboco externo

Já o reboco externo, como seu próprio nome mesmo já induz, é aquele que será utilizado externamente, e deverá conter uma espessura de 20 mm, ou 2,0 cm.

Para o reboco externo serão necessários 1 saco de cimento e do aditivo que for utilizado, 2 baldes de areia, 2 de cal e água.

Como fazer reboco

Uma vez que você já tem em mente a diferença quantitativa para a produção de reboco interno e externo, vamos agora para o passo a passo de como fazer reboco.

A preparação do reboco não tem quaisquer tipos de mistérios, na verdade, é bastante similar com a preparação do concreto.

Primeiramente defina se o seu reboco será para uso interno ou externo, uma vez que isto esteja bastante claro, junte todos os “ingredientes” de nossa receita de reboco e, usando uma pá, misture tudo até atingir uma consistência de farofa. Depois é só ir adicionando a água aos pouquinhos até que a massa fique homogênea.

E aí pronto, basta utilizar o reboco na sua obra. Mas, caso ainda não tenha ficado suficientemente claro para você, basta conferir o vídeo abaixo:

Mas afinal de contas, o que são aditivos?

Acima nós te ensinamos a como fazer reboco, mas também citamos que os aditivos também estão presentes no reboco. Mas afinal de contas, você sabe o que são os aditivos? Se não souber, sem problemas, nós te explicamos.

Os aditivos tratam-se de certos produtos que adicionamos seja no concreto, ou no reboco de modo a alterar suas propriedades físicas. Ou seja, há aditivos para as mais variadas funcionalidades, dependendo apenas do que você necessita no momento.

Caso queira um aditivo que ajude seu concreto/reboco a secar mais rapidamente você poderá encontrar, ou então para aumentar sua resistência e plasticidade, ampliar suas qualidades enquanto minimiza seus defeitos, ajudar contra infiltrações ou até mesmo para reduzir o consumo de cimento. Tudo depende do que você necessita, é por isso que qual aditivo tem de ser usado, isso se ele for necessário para a obra, deverá estar devidamente explicado no projeto.

Como rebocar uma parede

Após saber o que é o reboco e suas funções, e a como fazer reboco, agora é a hora de te ensinarmos a como rebocar uma parede.

É um passo a passo bastante simples na realidade, sem mistérios, confira abaixo:

1 – Execute as mestras/taliscas do reboco

São elas que irão definir qual espessura o reboco terá e guiar o seu sarrafamento na parede, lembrando sempre que para reboco interno a espessura deverá ser de 1,5 cm e para externo de 2,0 cm

Tenha em mãos um prumo e uma régua de alumínio para te ajudar com isso.

2 – Defina o traço

Caso utilize uma betoneira, é agora que você irá rodar o traço de argamassa do seu reboco. Para isto utilize-se da proporção que citamos acima, ou então pegue os dados previamente definidos em projeto pelo engenheiro responsável.

E, caso não esteja utilizando uma betoneira, então este passo deverá ser feito manualmente.

3 – Hora de rebocar

Utilize-se de uma colher de pedreiro e uma desempenadeira para jogar a argamassa na parede, ou simplesmente rebocar a parede, seguindo sempre a espessura das taliscas.

4 – Espere descansar

Uma vez que o passo anterior tenha sido todo cumprido, espere um pouco até que a argamassa vá perdendo água (geralmente cerca de uma hora), para que depois então você faça o sarrafeamento.

5 – O sarrafeamento

O sarrafeamento deverá ser feito com uma régua de alumínio de 2,5 metros, de cima para baixo e sempre seguindo as mestras, além de ir cruzando a régua entre elas para que assim o pano do reboco fique no prumo.

6 – Desempenando

Com o auxílio de uma desempenadeira, começa a desempenar e dar um acabamento na massa, sempre em movimentos circulares, para assim posteriormente ir retirando os excessos que a régua e alumínio não foi capaz de retirar. Faça isso até que você note que o reboco já está bem liso e acabado.

E pronto, seguindo o passo a passo e sem maiores complicações você conseguiu rebocar sua parede. E, caso queira conferir este mesmo passo a passo em formato de vídeo, basta dar uma olhada abaixo:

Após ter lido todo o artigo seu conhecimento agora sobre reboco já é o suficiente para que você mesmo o faça. Mas claro, caso não se sinta capaz, você sempre poderá contar com a ajuda de profissionais qualificados para este tipo de serviço, isso pois, o mais importante aqui é que o serviço final seja muito bem feito, independente de quem o faça!

você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se concorda com isso, clique no botão ao lado. Aceitar Ler mais