Não sabe como rejuntar piso e pesquisou no Google como fazer?

Pesquisou até mesmo em inglês, mas de nada adiantou?

Se sente perdido e não sabe quem pode lhe socorrer?

Não se preocupe, pois seus problemas acabaram!

Nesse texto abordaremos como rejuntar piso com eficiência e praticidade!

Não acredita?

Então é só continuar sem precaução.

O que é rejunte?

o que é rejunte

Antes de focarmos em como rejuntar piso, você sabe dizer o que, afinal de contas, é o rejunte?

O rejunte é um assunto tão importante que ele é até regularizado por uma norma: NBR 13.753 – Revestimento de piso interno ou externo com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante – Procedimento de 1996, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Nela se fala que qualquer tipo de revestimento cerâmico deve ter assentamentos feitos com rejunte. No entanto, o que é rejunte?

O rejunte é uma pasta criada para absorver tensões provocada por movimento entre a estrutura, geralmente usada para vedar espaços e preencher juntas de peças. Contudo, pra que se preocupar com isso?

Ora, sem o rejunte as peças ficaram mais desprotegidas e a segurança estrutural de todo o sistema de revestimento será prejudicado. Saiba que o atrito e impacto entre as peças podem ocasionar fissuras e outros danos à peça. Ou seja, se nenhum rejunte for colocado entre elas, você terá um dia ruim.

Logo uma boa argamassa para rejuntamento usada em revestimento cerâmico precisará ter:

  • Boa aderência;
  • Boa impermeabilidade;
  • Cor estável;
  • Durabilidade;
  • Trabalhabilidade;
  • Capacidade de absorve movimento;
  • De fácil limpeza.

Você pode encontra os rejuntes no mercado em formas de misturas pré-dosadas, prontas para uso ou em pó que precisa ser misturadas com água para adquiri a massa.

Escolhendo a espessura e como misturar a massa

Essa é uma boa pergunta. Como escolher a espessura do rejunte?

Existem muitas espessuras recomendadas na hora do rejunte, indo desde 1 mm até 15 mm. A decisão deve ser feita baseada no tamanho do revestimento cerâmico que será assentado, e o cômodo onde será instalado.

Por outro lado, em juntas de até 5 mm é recomendado o uso de rejuntes do tipo de acrílico e de epóxi:

  • O acrílico é uma massa pronta para aplicação;
  • O epóxi é um bicomponente no qual devem ser homogeneizadas de forma separada e misturadas posteriormente.

Veja também: Rejunte Epóxi: Preço? Para que serve? Rendimento? Como Aplicar?

Logo após da mistura ser feita, o rejuntamento deve ser feito no máximo em uma hora.

Agora para fazer juntas maiores, o rejunte cimentício é o mais recomendado. Para preparar esse tipo de argamassa, será necessário misturá-la com água limpa em um recipiente sem sujeira e protegido contra intempéries (raios solares, água, chuva, vento, etc.). Misture-a com o conteúdo de um ou mais sacos até que se consiga uma espécie de pasta, sólida, sem bolhas, grãos e sem grumos. Assim que terminar o procedimento, deixe-o quieto por cerca de 15 minutos e então misture mais uma vez antes de fazer a aplicação, no prazo de no máximo duas horas e meia.

No entanto, o melhor jeito mesmo é seguir os passos recomendados do fabricante na hora do preparo do rejuntamento. Afinal, toda empresa tem sua maneira de fabricar o seu rejunte.

Ferramentas para rejuntar o piso

Primeiramente, é importante salientar que o rejunte precisa ser preparado em um recipiente completamente limpo para não haver contaminação no produto com outras substâncias presentes anteriormente, assim não prejudicando a eficiência do material. As melhores ferramentas para fazer o preparo são a colher de pedreiro e o medidor de água.

Embora não exista uma ferramenta ideal para a aplicação – já que a consistência do rejuntamento afeta muito na escolha – os equipamentos de aplicação vão desde equipamentos pneumáticos (que agiliza, e muito, a tarefa), de espátulas plásticas, até desempenadeiras especiais.

Algumas pessoas utilizam o rodo para fazer o rejunte, mas este não é o recomendado. Como rejuntar piso com o rodo requer que o material tenha mais fluidez que o normal, o consumidor pode acabar colocando mais água na mistura, diminuindo a resistência do material posteriormente.

Finalmente, como rejuntar o piso?

Na hora de aplicar o rejunte do piso, uma bisnaga ou uma espátula ou até mesmo uma sola de chinelo já faz o trabalho bem feito. Inclusive, para dissipar a mistura na junta, uma desempenadeira emborrachada será suficiente na maioria dos casos. No entanto, não se esqueça de que toda a aplicação deverá ser feita manualmente.

Logo depois que a aplicação for feita, o local deve ficar livre de pessoas ou animais e ainda precisa ser protegida do contato da água por 24 horas, já a limpeza completa é recomendada ser feita somente após 2 ou 3 dias.

Além disso, a cura só ficará completa depois de uma semana, no entanto, dependendo da área aplicada, o tempo de espera pode variar. Em caso de condições climáticas inconvenientes, como o calor forte ou dias de ventania, o recomendado é molhar o rejunte duas vezes ao dia.

Limpeza dos resíduos

Logo após terminada a aplicação do rejunte, no tempo de espera de no mínimo 15 minutos e no máximo de 40 minutos, realize a retirada dos resíduos ou excesso de argamassa no rejuntamento da superfície das peças cerâmicas. As ferramentas mais importantes para esse trabalho são a espuma úmida e o pano seco e limpo.

  • Com a esponja úmida, faça movimentos em círculos para retirar os resíduos. Cuidado para não removê-lo;
  • Assim que estiver finalizando o trabalho com a esponja, use o pano seco para completar a limpeza;
  • Após 2 dias, já se pode lavar completamente os pisos.

Isso previne que o produto seque e fique preso no substrato, evitando que a limpeza posterior do revestimento se torne impraticável.

Embora certos rejuntes saiam com facilidade usando apenas água e detergente neutro, tal como acontece na base cimentícia. Outros rejuntes podem necessitar de produtos e técnicas especificas. O rejunte acrílicos ou de base epóxica devem ser limpos de acordo com a orientação do fabricante, já que ambos os produtos são fabricados de maneiras diferentes.

Encerrando

Viu como rejuntar piso não é um bicho de sete cabeças? Essa técnica é ótima para aumentar a vida útil do seu piso, embelezar melhor sua casa e ainda evitar possíveis acidentes nos pés dos residentes. Por isso, aprender como rejuntar pode lhe ajudar até mesmo verificar o trabalho do pedreiro ou até mesmo fazer por você mesmo o rejunte.

E aí? Gostou do texto? Compartilhe nas redes sociais ou comente o que achou!

Escreva um Comentário