No texto, apresentamos as vantagens do concregrama e dicas para utilizá-lo da melhor forma. Acompanhe e descubra tudo o que você precisa!

É bem provável que você já tenha visto o concregrama nas ruas, mas não sabia que ele tinha esse nome. Afinal de contas, a opção é bastante comum em praças e calçadas, pois possui uma série de vantagens.

Pense em uma estrutura de concreto com espaços “vazados”. Nestes espaços, a grama é plantada, criando uma malha de concreto e gramado. Esse é o concregrama, bastante rígido e durável.

Se você já andou por um gramado, sabe bem como a grama pode ser danificada pelos passos. Isso já que grande parte das espécies de grama não é resistente ao peso de uma pessoa.

Com o pisograma, por outro lado, a grama ganha uma estrutura mais resistente, de concreto. Como essa estrutura e o gramado aparecem de forma alternada, o concreto é capaz de absorver o peso do tráfego de pessoas, carros ou animais. Então, a parte gramada não é danificada.

Normalmente, esse tipo de estrutura é aplicado nas calçadas, praças, jardins e garagens. Mas ela não precisa fazer parte apenas de áreas externas.

Você pode, por exemplo, aplicá-la em um jardim de inverno. O importante é saber aproveitar das vantagens do concregrama e, principalmente, combiná-lo com o restante do visual do ambiente.

Abaixo, falamos sobre os diversos benefícios da estrutura. Acompanhe!

7 vantagens de usar o concregrama

Como explicado até aqui, o pisograma pode ser aplicado em diferentes espaços. Mas antes de optar por ele, é importante ter a certeza de que você poderá aproveitar de todas as vantagens da estrutura. Se alguma delas ficar de fora (por exemplo, o paisagismo, prejudicando o visual do espaço), será melhor procurar por outra solução.

concregrama pneu carro

1. Resistência do concregrama

Por ser feito de concreto, o pisograma é bastante resistente. Ele suporta desde o tráfego de pessoas até a passagem de carros, sem qualquer prejuízo à sua estrutura.

Por isso, você não precisa se preocupar com a quebra do material, mesmo que seu visual vazado possa fazê-lo parecer frágil. Essa aparência não passa disso: aparência.

2. Durabilidade da estrutura

Também graças ao seu material, o concregrama é bastante durável. Mesmo que o tráfego sobre a superfície seja intenso, ela terá anos e anos de uso antes de mostrar qualquer problema.

Quando rachaduras vierem a acontecer, será bastante simples trocar a parte danificada. Afinal, o pisograma é formado por vários blocos, normalmente com cerca de 9 ou 12 “quadrinhos” cada um. Basta retirar o bloco prejudicado e substituí-lo por um novo, sem a necessidade mexer no resto da estrutura.

3. Alta permeabilidade

Um dos maiores problemas da concretagem dos espaços é que o concreto prejudica a permeabilidade das superfícies. Por isso, a chuva não consegue se dispensar no solo. Em casa, isso pode causar poças e incômodos e, na cidade como um todo, essa é uma das causas de alagamentos.

Mas o concregrama não provoca esse tipo de problema. Isso porque, sua parte vazada terá grama plantada, permitindo que a água seja absorvida pelo solo.

Com isso, toda a umidade será drenada do terreno, evitando alagamentos, lama ou outros.

4. Pode ser reaproveitado

Já pensou em mudar de imóvel e levar seu piso junto? Com o concregrama você pode! É bastante simples retirar os blocos do solo e transportá-los a outro lugar. Então, você economizará com a compra de novos materiais.

Vale dizer que o pisograma não precisa ser levado a outro imóvel. Na verdade, caso você deseje apenas reformar seu espaço atual, trocando o piso de lugar, o reaproveitamento será o mesmo.

5. Fácil instalação

Não é necessário contratar mão de obra especializada para lidar com o concregrama. Sua instalação é bastante simples, como explicaremos logo mais. Então, você ou um profissional “comum” da Construção Civil poderão fazer a colocação do piso.

6. Manutenção simples

Para realizar a manutenção do pisograma, você só precisa fazer a poda regular da grama. O ideal é que o gramado não ultrapasse a altura da parte de concreto do piso. Assim, o visual bem cuidado será sempre mantido.

Caso o concregrama esteja em espaço sombreado, também pode ser preciso fazer sua limpeza semestral ou anual. O intervalo de limpeza dependerá das condições do piso. Utilizar uma máquina de pressão de água vai eliminar o lodo acumulado. Mas cuidado para não danificar a grama nessa limpeza!

7. Potencial decorativo

No mercado, há pisos concregrama em diversos formatos. Existem, por exemplo, os com vazado quadrado, os que formam retângulos, losangos e mais. Por isso, o potencial do piso para o paisagismo é enorme! Com várias opções, você pode escolher o formato que combina com o espaço, tornando-o mais harmônico.

Como instalar o concregrama?

concregrama piso

Como citamos antes, o passo a passo para instalar o concregrama é simples. Tanto que, se desejar, você mesmo poderá posicionar o piso no espaço desejado. Veja as etapas necessárias a seguir.

Prepare a área de instalação

1. Limpe a área em que o pisograma será instalado. Basta varrê-la e, se for o caso, retirar pedras e outras irregularidades presentes.

2. Se a extensão de concregrama for grande, será importante isolar a área. Assim, você evitará que o piso se mexa durante a instalação, ficando “frouxo” depois. Basta posicionar algumas tábuas ou tijolos nas laterais da área para que, à medida que o piso for instalado, eles contenham os blocos. Se a área de instalação for menor do que 20 metros quadrados, o isolamento não será essencial (fica ao seu critério).

3. Faça o nivelamento da área de instalação, verificando o necessário com um Nível de Precisão. Não se esqueça de remover pedras que possam prejudicar o nivelamento.

4. Espalhe areia de construção sobre o solo, formando uma camada de 2 ou 3 centímetros. Deixe essa camada nivelada utilizando uma régua de alumínio ou uma ferramenta semelhante.

5. Espalhe uma camada de pedra brita sobre a área.

6. Compacte a areia e as pedras utilizando um soquete manual, um compactador mecânico ou um compactador de percussão elétrico.

Posicione o concregrama

7. Instale os blocos de pisograma sobre a superfície, posicionando-os lado a lado.

8. Depois de posicionar as peças e ter a certeza de que elas estão bem alinhadas, use um martelo macio de borracha para o arremate dos blocos. Ou seja, dê pequenas batidinhas sobre cada bloco, para fixá-los com maior segurança no chão. Os blocos não precisam afundar na superfície; basta que eles fiquem mais seguros.

9. Evite transitar sobre os blocos até que todos eles estejam instalados. Assim, você vai evitar que eles desalinhem.

10. Se for preciso cortar os blocos para encaixá-los, utilize uma serra rotativa. Siga as instruções do fabricante da ferramenta com cuidado.

Plante a grama

11. Preencha 2/3 de cada “buraco” do concregrama com terra adubada. Em seguida, espalhe algumas sementes de grama sobre a terra e tampe o restante do buraco com terra. Regue.

12. Se preferir, você pode preencher 2/3 de cada “buraco” do concregrama com terra adubada e, em seguida, plantar as placas de grama. Elas podem ser adquiridas em uma loja de jardinagem, inteiras ou já cortadas no tamanho necessário. Regue.

13. Regue a grama pelo menos uma vez por dia, sem encharcar o solo. A água será importante para o crescimento do verde.

14. Faça a poda regular do gramado, evitando que a grama ultrapasse a altura da parte de concreto do pisograma. Você pode utilizar um cortador ou roçadeira de fio de nylon.

Vale dizer que algumas pessoas preferem não plantar grama, mas sim preencher os espaços vazados do concregrama com pedras britas. Essa opção pode não ser tão atrativa visualmente, mas também garantirá as vantagens citadas oferecidas pelo piso.

Qual o preço do concregrama?

Agora que você já conhece as vantagens e o modo de instalar do concregrama, deve estar se perguntando sobre o custo da solução. A boa notícia é que o pisograma é barato, mesmo que haja variação pelo Brasil.

Em média, o metro quadrado de pisograma é encontrado no mercado por R$ 50,00. Para adquirir o material para a sua obra, pesquise entre várias lojas, pois o preço pode variar.

Outra dica é sempre medir, com cuidado, a área em que o concregrama será instalado. Assim, você comprará apenas o material necessário, evitando desperdícios.

Viu só como o concregrama pode ser uma opção interessante para sua obra? Você já usa a estrutura no seu imóvel? Conte para a gente!

Escreva um Comentário