O estilo escandinavo em que predominam materiais como madeira, fibras naturais e linhas retas, tem invadido diversos ambientes com a sua característica minimalista. É o caso da cozinha escandinava que tem conquistado cada vez mais espaço na decoração de interiores ao incorporar toda a leveza do estilo à uma marcenaria abundante.

Os projetos que remetem ao estilo escandinavo imprimem elegância e sofisticação despretensiosa através de poucos objetos, linhas retas, tons claros, neutros ou pastéis, materiais naturais, mistura de texturas, iluminação natural e natureza incorporada ao ambiente.

Todos esses elementos combinados no ambiente são capazes de refletir simplicidade, bem estar e conforto com um toque de humor e delicadeza, sem deixar de manter o local funcional e visualmente agradável. É por isso que o design escandinavo atrai tanto o olhar das pessoas.

No caso da cozinha escandinava, o minimalismo e a simplicidade são palavras de ordem na escolha dos elementos que irão fazer parte da decoração. Para isso, além de uma paleta de cores mais simples e neutras, a cozinha escandinava deve reunir superfícies lisas, detalhes em madeira, boa iluminação e um toque de natureza.

Quer saber como trazer toda a inspiração dos países nórdicos para a sua cozinha? Então leia abaixo as informações sobre cozinha escandinava que trouxemos para você. Você vai querer mudar o estilo de decoração da casa inteira depois de ler!

A origem do estilo escandinavo

O estilo escandinavo tem origem nos países nórdicos do Norte da Europa.
O estilo escandinavo tem origem nos países nórdicos do Norte da Europa.

A Escandinávia é uma região que fica no norte da Europa que abrange a Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia, Islândia e ilhas Ferroé. Toda essa região ficou conhecida por trazer o movimento artístico nórdico ao mercado sob a forma de um estilo próprio que valoriza o minimalismo.

O conceito surgiu como forma de amenizar a influência do frio severo e da decorrente escuridão típica dos invernos de lá. Para tanto, era preciso criar um tipo de design que propiciasse claridade e luminosidade no interior das casas, apostando em elementos funcionais e básicos.

O estilo, datado do século XX, se espalhou mundo afora e se tornou referência internacional rapidamente no universo da arquitetura e da decoração de interiores. Com isso, logo o design escandinavo se tornou uma tendência mundial que segue o conceito inspirado pela simplicidade, funcionalidade e beleza, sem perder o charme e a sofisticação.

Muitos arquitetos e designers de diferentes linhas fazem parte dessa história do design escandinavo, mas a principal influência do estilo é o artista sueco, Carl Larsson, que costumava retratar os cômodos de sua casa em ilustrações, sempre utilizando cores neutras, decoração básica e linhas retas.

Outro exemplo importante para o estilo escandinavo é o dinamarquês Hans Wegner, conhecido mundialmente por agregar funcionalidade orgânica ao modernismo, difundindo o estilo com o desenvolvimento de produtos de qualidade na Dinamarca.

Principais características da cozinha escandinava

Uma das principais características da cozinha escandinava é a amplitude a iluminação.
Uma das principais características da cozinha escandinava é a amplitude a iluminação.

Como dissemos, uma das principais características do estilo escandinavo é a valorização da luminosidade natural do ambiente e uma paleta monocromática de cores neutras, principalmente o branco e tons de cinza e bege.

Além disso, os móveis usados costumam ter linhas retas e formas simples, as superfícies serem lisas e as texturas e materiais naturais, sempre combinando suas formas e funções.

A madeira em tons claros, por exemplo, também é muito utilizada em pés de móveis, pisos e outros objetos, dando um toque moderno e, ao mesmo tempo, clássico ao espaço. No caso da cozinha escandinava, a madeira está presente na marcenaria de gabinetes, bancada e ilhas.

Uma das características mais relevantes do estilo são o emprego das cores neutras, como branco, tons de cinza e beges e até preto. No entanto, é possível criar alguns focos de cores pontuais ou diferentes texturas para criar um certo contraste.

Você pode até fazer o uso de cores um pouco mais vivas em alguns detalhes do local, como tons terrosos ou azulados, em puxadores, em um outro azulejo na parede.

E como a cozinha deve ser um ambiente funcional, o seu design deve representar exatamente os valores do minimalismo, tanto empregado pela famosa frase “menos é mais”, de Mies van der Rohe.

Portanto, todos esses elementos são utilizados a fim de se criar um espaço clean, com uma boa utilização dos espaços em formas e funções para que a sensação dentro do ambiente seja a mais confortável possível.

Já deu para imaginar como deve ser extremamente prático viver em um ambiente decorado nesse estilo. Não é à toa que esse estilo se estendeu à todos os ambientes, sem ficar restrito apenas aos quartos e salas, provando que ele pode se adequar à qualquer cômodo da casa.

Como criar uma cozinha escandinava?

Para criar uma cozinha escandinava você deve incorporar todos os elementos do conceito minimalista.
Para criar uma cozinha escandinava você deve incorporar todos os elementos do conceito minimalista.

A decoração no estilo escandinavo se difundiu tanto e acabou conquistando o mundo. No Brasil, o fenômeno não podia ser diferente e a tendência logo foi incorporada à vários ambientes entre muitos admiradores do design minimalista.

Como já foi dito, a cozinha escandinava vai pedir cores neutras, linhas retas e um ambiente clean para ficar dentro do estilo. Porém, você também vai poder fazer uso de detalhes em tons contrastantes e materiais diferenciados, como madeira, cerâmica, vidro e até acrílico.

O ideal é ficar atento ao fato de que a cozinha escandinava deve ser, acima de tudo, funcional e prática. Priorizando assim, peças, móveis e eletrodomésticos modernas e de qualidade, que primam pelo conforto sempre aliado à elegância e criatividade na maneira como os elementos conversam entre si.

Portanto, para criar uma cozinha escandinava é preciso saber como incorporar os principais elementos disponíveis dentro do conceito. Veja como fazer isso abaixo:

1. Não esqueça da iluminação

A iluminação é uma dos fatores cruciais presentes no conceito do design escandinavo, por isso, uma cozinha escandinava possui janelas desobstruídas o máximo possível. Se não for o caso, utilize o recurso das paredes claras, de preferência brancas, móveis leves, marcenaria em tons claros também para realçar ainda mais a amplitude do ambiente.

2. Abuse de linhas limpas e retas

Na hora de compor a sua cozinha escandinava, a simplicidade é uma prioridade. Por isso, escolha formas com linhas simples, de esquinas suaves, sem grandes quebras e superfícies limpas e abertas, para dar uma sensação de amplitude para o ambiente.

3. Dê um toque retrô combinando itens velhos e novos

É possível apostar na mistura de peças novas e modernas com alguns itens velhos também. No caso de uma cozinha escandinava, você pode incluir bancadas de madeira com panelas de aço inoxidável e eletroeletrônicos de última geração.

Os tons pastéis misturados aos móveis vintage também funcionam e você pode obter o efeito colorindo os armários e azulejos, além de poder brincar com puxadores de metal.

4. Incorpore a natureza dentro do espaço

A cozinha escandinava deve incorporar plantas em diferentes cantos dela ou onde puder. E não ache que é impossível ter plantas na cozinha porque existem várias espécies decorativas capazes de sobreviver bem nesse ambiente. Você pode até criar um canteiro com uma pequena horta no local.

5. Aposte em padronagens simétricas e geométricas

A decoração escandinava utiliza linhas perpendiculares e formas geométricas. No caso da cozinha escandinava, você pode usar o rejunte entre os azulejos para trazer um charme especial ao ambiente. Outra opção é utilizar revestimentos usando padronagens como escama de peixe, espinha de peixe ou chevron.

6. Invista em metais como ferro e cobre

Metais como ferro fundido e cobre deixam o ambiente mais rústico, mas também trazem um certo aconchego. O metal envelhecido também pode dar vida a uma nova peça de decoração, como utilizar nos pés de bancadas e ilhas, painéis para pendurar panelas, etc.

7. Integre os ambientes da casa com a cozinha

Para ampliar ainda mais o ambiente na sua cozinha escandinava, experimente otimizar o espaço da sala integrando-a à cozinha. Além de dar a impressão de amplitude, essa é uma excelente opção para quem gosta de cozinhar e receber amigos. O melhor de tudo é poder aproveitar para incorporar o design escandinavo na casa toda.

Leia mais: Cozinha Integrada com Sala: Veja Diversas Fotos e Ideias!(Abre numa nova aba do navegador)

8. Abuse da madeira à mostra

A madeira tem o poder de aquecer a decoração de qualquer ambiente e torná-los mais acolhedores. A aparência rústica e natural desse material vai bem com vários outros materiais como cerâmica e até o inox dos eletrodomésticos.

No caso da cozinha escandinava, a madeira pode ser incorporada na marcenaria dos armários e até na ilha, se houver espaço. Os tons claros favorecem e não diminuem o ambiente, mas pode usar uma ou outro tipo de madeira até em aparência mais rústica.

9. Misture materiais naturais

A cozinha escandinava pode muito bem compor diferentes materiais naturais, como mármore e granito, além da madeira. Bancadas de mármore combinam com cimento queimado no piso ou nas paredes, que também vão bem com ferro e outro metais. As luminárias podem ajudar a integrar esse smateriais ao ambiente.

10. Saiba combinar as cores com texturas

O desing escandinavo aposta nas cores neutras de branco, beges e cinzas, mas você pode apostar na paleta monocromática e msiturar diferentes texturas de materiais para criar contraste. Escolher alguns objetos com cores mais vibrantes, como o amarelo, laranja e azul também fazem a diferença para destacar alguns focos de atenção. Utilze um ou outro azulejo diferente, vasos, luminárias ou outros objetos.

Imagens de cozinha escandinava para se inspirar

Separamos algumas imagens de cozinha no estilo escandinavo de vários estilos diferentes, algumas até misturam detalhes industriais, tradicionais e até modernos. Você vai poder se inspirar e tirar várias ideias para compor a sua própria cozinha escandinava.

Veja abaixo:

Cozinha escandinava utilizando vários materiais diferentes, azulejo, mármore, madeira, metal, tudo em tons claros pontuados com o preto das banquetas,
Cozinha escandinava utilizando vários materiais diferentes, azulejo, mármore, madeira, metal, tudo em tons claros pontuados com o preto das banquetas,
Cozinha escandinava integrada com sala de jantar e sala de estar.
Cozinha escandinava integrada com sala de jantar e sala de estar.
Cozinha escandinava toda em branco combinada ao tampo da mesa em madeira e janelas amplas fornecendo iluminação natural.
Cozinha escandinava toda em branco combinada ao tampo da mesa em madeira e janelas amplas fornecendo iluminação natural.
Revestimento de azulejos de formas geométricas para agregar textura mesmo em tons monocromáticos, característica exclusiva da cozinha escandinava.
Revestimento de azulejos de formas geométricas para agregar textura mesmo em tons monocromáticos, característica exclusiva da cozinha escandinava.
Cozinha escandinava utilizando o ferro fundido em prateleiras, puxadores e luminárias junto a bancadas de madeira clara e gabinetes brancos.
Cozinha escandinava utilizando o ferro fundido em prateleiras, puxadores e luminárias junto a bancadas de madeira clara e gabinetes brancos.
Cozinha escandinava utilizando luminária em cobre, bancada de cimento e mesa com cadeiras em madeira.
Cozinha escandinava utilizando luminária em cobre, bancada de cimento e mesa com cadeiras em madeira.
Cozinha escandinava toda em branco, bancada de mármore e apenas o piso em madeira.
Cozinha escandinava toda em branco, bancada de mármore e apenas o piso em madeira.
Cozinha escandinava com piso em madeira, iluminaçãoa aprente dando um toque industrial e prateleiras e luminárias em cobre.
Cozinha escandinava com piso em madeira, iluminaçãoa aprente dando um toque industrial e prateleiras e luminárias em cobre.
Nesta cozinha escandinava o inox se incorpora ao cimento queimado e tampos de mármore para trazer mais aconchego.
Nesta cozinha escandinava o inox se incorpora ao cimento queimado e tampos de mármore para trazer mais aconchego.
O mármore misturado à madeira e o branco dos armários se misturam nessa cozinha escandinava.
O mármore misturado à madeira e o branco dos armários se misturam nessa cozinha escandinava.
Cozinha escandinava com mesa de madeira rústica incorporada aos azulejos brancos e piso de cerâmica.
Cozinha escandinava com mesa de madeira rústica incorporada aos azulejos brancos e piso de cerâmica.
Cozinha escandinava com painel de madeira nas predes e no teto de tons claros pontuada com cadeiras e luminária preta.
Cozinha escandinava com painel de madeira nas predes e no teto de tons claros pontuada com cadeiras e luminária preta.
Cozinha escandinava com parede lousa e ilha em madeira, mesa com cadeiras diferentes e tampo de mármore.
Cozinha escandinava com parede lousa e ilha em madeira, mesa com cadeiras diferentes e tampo de mármore.
Outra cozinha escandinava que vai bem com eletrodomésticos modernos e armários nrancos e gabinetes pretos.
Outra cozinha escandinava que vai bem com eletrodomésticos modernos e armários nrancos e gabinetes pretos.
Desta vez a cozinha escandinava usa o contraste do piso geométrico com armários em madeira escura e tampo de mármore branco.
Desta vez a cozinha escandinava usa o contraste do piso geométrico com armários em madeira escura e tampo de mármore branco.

Ao contrário que muita gente imagina, o conceito minimalista do estilo escandinavo é capaz de criar uma atmosfera de simplicidade, alegria e conforto à todos os ambientes. Por que não à cozinha escandinava também? Experimente o estilo e crie a sua própria cozinha escandinava, depois volte para nos contar o resultado.

Write A Comment