Fitas de LED ficam fantásticas na decoração da casa

Quem viveu os anos oitenta muito pôde ver de exemplos de decorações de fachadas ou de interiores sendo feitas com neon.

Mas, agora, existe uma tecnologia nova, muito mais potente e bonita. Conhecida como LED ou “Diodo Emissor de Luz”, é uma tendência em moda para a casa, visto em propostas para todo o tipo de ambiente – da sala de estar ao dormitório, passando pela cozinha e banheiros.

É mesmo incrível! Veja nossas dicas.

Ofício da Arte

Um pouco sobre a tecnologia do LED

O LED foi criado por cientistas japoneses por volta dos anos de 1990. O objetivo deles era encontrar uma forma mais eficiente de iluminação artificial.

E as pesquisas deram mesmo certo, pois o grupo encontrou uma solução que consome bem menos energia para emitir certa quantidade de luz. Fora que uma lâmpada feita nesse material dura vinte e cinco vezes mais do que uma lâmpada comum, incandescente.

Não demorou a que a ideia do LED fosse comprada pelas empresas, que o fabricaram em larga escala.

Agora, esse tipo de lâmpada já está nas lojas e pode ser vista instalada em prédios do mundo todo. E os arquitetos e engenheiros eletricistas têm explorado, com criatividade, esse elemento para aprimorar seus projetos luminotécnicos, inclusive visando a valorização da decoração de ambientes.

Karen Pisacane e Renata Cáfaro

Fitas de LED

Um produto alternativo, surgido recentemente no mercado, são as fitas de LED. Elas têm feito o maior sucesso entre os designers de interiores e donos de imóveis.

Isso porque, em tese, são capazes de deixar os espaços bem mais modernos e diferenciados. Também de destacar pontos importantes da proposta decorativa e garantir o conforto visual. De fato, seu efeito é mesmo impressionante!

SP Estudio

Há vários tipos diferentes de fitas de LED à venda nas lojas especializadas em artigos de construção, variando de potência à quantidade de “mini lâmpadas” por metro. Algumas têm a cor luz branca fria, outras a cor branca quente ou são em RGB – ou seja, coloridas.

Todas possuem boa durabilidade e devem funcionar em tensão baixa, precisando ser ligadas a um transformador.

“A luz é muito agradável, pois é indireta e não ofusca a visão. (…) A tonalidade mais agradável é a amarelada, chamada de branco quente, pois deixa o ambiente mais confortável.” – arquiteta Nicole Gomes Azevedo, em Revista Zap Imóveis.

“(…) sendo a branca melhor para visualizar as cores reais dos objetos, e a amarela melhor quando se quer uma ambientação mais aconchegante e intimista.” – arquiteta Samanta Duarte, em reportagem de Mídia Max.

Daniela Dantas

A utilização das fitas de LED em interiores

O principal motivo que leva os designers a utilizarem o LED na decoração de interiores é a praticidade.  As fitas podem ser facilmente moldadas, cortadas e instaladas no lugar que se deseja – até porque são autocolantes. Com isso, os profissionais têm personalizado melhor os seus projetos, destacando recantos especiais dos ambientes e criando surpreendentes efeitos de iluminação – inclusive com ilusões de ótica.

Certamente, o visual da decoração com fitas de LED fica outra. E o melhor disso tudo é que não são necessários grandes investimentos para se obter bons resultados. Basta, apenas, que a pessoa use e abuse de sua capacidade criativa. Esse é o princípio básico para adequar qualquer proposta às novas tecnologias!

D2N Arquitetura + Interiores  Anna Paula Moraes

Aplicações práticas

As fitas de LED podem ser aplicadas à decoração de qualquer ambiente da casa, desde a sala ao banheiro. A valorização será imediata! Sancas, nichos, prateleiras, painéis, degraus e parapeitos, além de uma infinidade de outros lugares, podem ser valorizados com a luz.

Camila Badaró  e Archdesign Studio

“(…) é aconselhável não embutir iluminação em muitos locais de um mesmo ambiente e muito menos de um mesmo móvel, pois ao destacar muitos elementos o visual fica poluído, chamando atenção para tudo ao mesmo tempo.” – arquiteta Samanta Duarte.

Tatiana Moreira  e Thalita Rosa

No dormitório, a pessoa pode integrar uma fita na cabeceira da cama, nas gavetas do closet, atrás do espelho da penteadeira e mais. Já na sala de estar, o LEd pode estar até mesmo em peças ornamentais, como quadros; ou ainda por detrás da TV e em cortineiros. Nesses ambientes, o legal dessa luz indireta é que ela não ofusca a visão, sendo apenas um detalhe decorativo.

SP Estudio

Agora, em home offices, cozinhas, lavabos e banheiros, as fitas de LED podem assumir outra função.

Além de destacar armários e bancadas, podem ajudar na visualidade da pessoa no momento da realização de certas atividades, como se maquiar, cortar alimentos ou fazer o dever de casa.

Danyela Corrêa

Já definiu onde vai usar essa iluminação em sua casa? Então, não perca mais tempo e inicie logo seu projeto.

Estas dicas de decoração com fita de LED foram criadas pela equipe Viva Decora.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.