A escada é uma importante peça das construções, e não atoa a vemos ser feita tão porcamente nos mais variados modelos abstratos. É importante se ter em mente alguns aspectos importantes de uma escada, tal como sua largura mínima e algumas coisinhas a mais.

Estas Normas não estão aí para dificultar a vida dos construtores nem nada do tipo, mas sim para padronizar uma escada com valores relativos a sua largura mínima, distância entre degraus, altura dos degraus, se há ou não necessidade de um corrimão.

Tudo isto nós iremos abordar abaixo neste artigo (mais do que apenas a largura mínima de uma escada), então se você quer aprender de uma vez por todas todos os “segredos” das escadas, é só continuar a leitura!

Um bom projeto de escadas

Se você quer aprender a realizar o cálculo de uma escada, então é só clicar aqui. Isso pois neste artigo atual nosso objetivo não é te ensinar a devidamente calcular uma escada, mas sim certos parâmetros sobre a escada, tal qual sua largura mínima, para que durante seu projeto/execução de uma escada não aconteçam dúvidas e problemas mais graves.

E não se engane, não é apenas conversa nossa, uma escada mal feita pode realmente matar todo um projeto. Caso ainda duvide de nós, então dá só uma conferida em alguns “modelos” de escadas que podemos encontrar nas obras que não contam com profissionais capacitados:

Aqui podemos ver uma escada destinada a alpinistas

 

Já essa é só pra quem consegue atravessar entre os degraus

 

largura minima da escada não sendo respeitada
Já essa se você estiver um pouquinho acima do peso pode desistir!

Tá começando a entender agora o por quê de uma escada bem projetada e bem executada ser tão importante em uma obra? Exatamente para você fugir destas “obras únicas” que existem país afora.

A Largura mínima de uma escada e mais, bem mais

Vamos então dar uma olhadinha em alguns aspectos de uma escada que você deve ter em mente na hora de executá-la. Então, pensando exclusivamente em responder a dúvidas relacionadas a escada (novamente, não sobre o cálculo que a envolve, mas sim sobre dúvidas relacionadas) tais como a largura mínima de uma escada e demais dúvidas, nós montamos este artigo só para você.

Observe abaixo a resposta para algumas das principais perguntas relacionadas as escadas.

“Qual deve ser a largura mínima de uma escada?”

Vamos começar logo pelo título deste artigo e pelo o que costuma ser a maior fonte de dúvidas das pessoas com relação a uma escada: qual deve ser a largura mínima de uma escada?

Antes de mais nada temos de ter em mente qual será o uso desta escada. Isso pois, no caso de escadas em residências unifamiliares sua largura mínima deverá ser de 80 cm, já para uma escada em um edifício público sua largura mínima deve ser de 1,20 m, sempre levando-se em consideração o número de pessoas que irão utilizar tal escada.

Agora, se formos analisar as Normas nós temos que, a NBR 9050 – Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos diz que “a largura das escadas deve ser estabelecida de acordo com o fluxo de pessoas”, já a NBR 9077 – Saídas de emergência em edifícios diz que “a largura mínima recomendável para escadas fixas em rotas acessíveis é de 1,50 m, sendo o mínimo admissível 1,20 m.”

“Uma escada deve sempre ter um corrimão?”

Novamente depende de qual será a utilização desta escada, sendo que escadas de uso público devem obrigatoriamente sempre possuir um corrimão. Já escadas dentro de residências não há qualquer obrigatoriedade de possuir um corrimão, cabendo esta decisão ao dono do imóvel e ao arquiteto e, caso ambos concordem em se utilizar de um corrimão, a altura segura aconselhável para tal é de 90 cm.

“Qual altura minha escada deve ter em relação ao teto?”

A altura dos degraus de sua escada até o teto devem ser de, no mínimo, 2,15 metros. Já do corrimão até os degraus pode haver uma varição de 70 a 92 cm, sempre de acordo com a NBR 9050.

“Quais são as dimensões corretas para todos os elementos de uma escada?”

Para respondermos a esta dúvida devemos avaliar elemento por elemento, então vamos fazer isto.

  • Largura mínima do degrau da escada: Deverá ser de 60 cm;
  • Profundidade do piso/onde você estará pisando: Deverá variar entre 27 a 30 cm;
  • Altura entre os degraus (a parte que nós chamamos de espelho): Deverá variar entre 15,5 a 19 cm;
  • Inclinação da escada: A inclinação ideal para a escada, com relação ao piso, deve estar entre 30 a 35 graus. Caso sua escada possua uma inclinação maior, ela acabará por se tornar um empecilho para crianças e idosos;

É importante também que você se lembre de não deixar as quinas muito arredondadas, pois isto poderá acabar prejudicando a firmeza do passo, e o contrário também é verdadeiro, quinas muito “pontiagudas” podem acabar causando acidentes e ferimentos. No caso de crianças e idosos na residência é importante que o piso seja feito com algum material antiderrapante, ou que você realize algum tipo de acabamento para deixá-lo com estas características, além é claro de contar com um corrimão para uma maior segurança.

“Quais cuidados devo tomar na hora de comprar uma escada pré-fabricada?”

Na hora de comprar uma escada pré-fabricada a sua largura mínima não é a única preocupação que você deverá ter. Na hora de escolher o modelo, o ideal é procurar por um fornecedor de renome e, se possível, até mesmo fazer o “test-drive” da escada antes de fechar o negócio, bastando que você apenas suba e desça por ela algumas vezes para ter certeza se aquele é o modelo ideal para você.

Lembrando que o mais comum são que as escadas venham nos seguintes modelos:

De concreto: Uma escada de concreto precisa estar sempre bem lisa, caso você observe que ela está porosa isso significa que ela ficará mais frágil a umidades e as chuvas.

De madeira: São belíssimas, mas necessitam de encaixes perfeitos e cortes retos, sendo necessária habilidade para que os encaixes possam ser fortalecidos sem que com isso a peça fique excessivamente robusta. As espécies de madeira mais aconselháveis para serem usadas em escadas são o ipê e o jatobá, sendo também possível utilizar todas outras que sejam resistentes, duras e geralmente mais escuras.

De metal: Bastante comum nas escadas do modelo de caracol, sendo que o grande segredo aqui está em observar o nivelamento desta escada. Para isto basta que você verifique se as hastes do corrimão estão paralelas com o eixo da escada, se as soldas são todas uniformes e se os parafusos não estão aparentes.

“O que determina um bom projeto de escadas?”

Um bom projeto de escadas é sempre aquele que consegue aliar todos os requisitos de Norma com uma estética que casa perfeitamente com a sua residência, e é exatamente aí que entra o papel de um bom arquiteto. Cabe ao arquiteto lhe apresentar o melhor modelo de escada para seu ambiente, onde juntamente a você chegará a um acordo de qual é a melhor para utilizarem, tanto de acordo com a Norma quanto pelo design. E claro, contar com profissionais qualificados que saberão executar perfeitamente o projeto também é de grande ajuda aqui!

Muito cuidado para não acabar mirando nesta escada e acerta uma das de cima

Conclusão

Agora você já tem uma boa noção de qual é a largura mínima da escada, e isso para dizer o mínimo, já que te ensinamos muito mais do que isto nesse artigo! Lembre-se de não aceitar serviços de quem não tem ideia do que está fazendo, do contrário sua escada poderá acabar virando só mais um meme dentre os acima.

Sobraram dúvidas sobre escadas? Pois então bastar nos perguntar nos comentários abaixo, estaremos prontos para lhe responder! Agora, se este artigo tiver conseguido responder a todas as suas dúvidas, então não deixe de compartilhá-lo com seus amigos e conhecidos, afinal de contas, nunca se sabe quem você pode acabar ajudando no processo!

Escreva um Comentário