Os diversos modelos de criado mudo existentes no mercado são extremamente funcionais. Posicionado sempre ao lado da cama, o móvel pode abrigar abajures, que ajudam na iluminação durante a noite; serve como descanso dos óculos ou do livro de cabeceira; guarda remédios e pequenos objetos necessários quando se está deitado; abriga itens de decoração importantes ao morador. Só que, ao longo dos anos, o móvel deixou de ser apenas funcional: agora, ele é também uma incrível peça de decoração!

O criado mudo, por exemplo, sempre era uma peça combinada com a cama. Possuía a mesma cor, o mesmo design, textura. De preferência, era ainda fabricado com a mesma madeira, para que combinasse completamente com a cabeceira. Hoje, porém, essa padronização não é mais “necessária”: o criado mudo pode ser um móvel para se ousar!

“Tipos” de criado mudo

Os diveros modelos de criado mudo existentes no mercado incluem, por exemplo, os que possuem diversas gavetas, perfeitas para guardar pequenos objetos. Essas são as peças mais clássicas e procuradas porque, afinal, mantém sua característica funcional.

Além dessas, no entanto, há as opções quase que exclusivamente decorativas. Como o uso de um banquinho como criado mudo. Colorido, o móvel é ideal para decorações mais vibrantes e jovens. Como o banco tende a ser um móvel compacto, a alternativa é também perfeita para quartos menores. O uso diferente da peça dá, ao mesmo tempo, certo há despojado ao cômodo, assim como uma sensação descontraída.

Já o móvel retrô é um charme a parte ao espaço. Com cores clássicas, como o marrom, ou bem fortes, como o vermelho, a peça tem design mais curvilíneo. Geralmente possui também detalhes em metal, e acabamento envernizado. As peças com pés grandes e esguios também são consideradas retrô, e dão maior leveza ao quarto.

Um móvel fixado na parede, por outro lado, traz mais uma vantagem. Além de ter espaço para posicionamento dos seus objetos, o vão embaixo da peça permite que você posicione seus sapatos, pertences, caixas ou outro pequeno móvel que desejar. O efeito visual também costuma ser mais bonito, pois dá sensação mais clean ao cômodo.

Já o móvel planejado é o ideal quando você possui pouco ou muito espaço. Projetar toda a peça vai garantir o melhor aproveitamento desse espaço, assim como um móvel único e que combine com sua personalidade. Além desses, reaproveitar uma caixa de madeira ou outras peças pode resultar num belo móvel.

Criado mudo: qual o melhor material?

O tipo de madeira é outra característica que influencia na decoração. Peças em MDF são as mais comuns hoje, e compõem um visual mais discreto e básico. Já as peças em mogno chamam maior atenção, e requerem maior cuidado ao combinar com a cama.

Para um estilo mais rústico, o ideal é um móvel em pátina. O pátina é um material que possui a aparência de madeira envelhecida. Quando usada, ela cria essa sensação de uma peça que passou de geração em geração, mesmo que seja nova em folha. O resultado é um ambiente com aparente memória afetiva e pitoresca.

Mas não só de madeira pode ser feito um criado mudo. Se o móvel é produzido em aço, dá à decoração característica futurista e muito moderna. Se a peça é feita completamente em vidro, o resultado é igualmente moderno, mas também cria certo requinte.

Quando é esse o caso, porém, é fundamental que o móvel seja feito de vidro de segurança. Como o vidro temperado ou laminado. Esses materiais se partem em pequenos pedaços arredondados quando se quebram, evitando acidentes com cacos pontiagudos. Como o vidro, mesmo quando resistente, tem grande chance de quebra, essa especificação de segurança garante bem-estar.

Um móvel  com espelhos aplicados, por outro lado, é uma alternativa incrível para uma decoração mais moderna e chique. O melhor é que os espelhos estejam na parte da frente da peça, como nas gavetas. O reflexo do material cria grande luminosidade, assim como um bonito visual.

A escolha pelo tipo de material do móvel deve ser feita, então, de acordo com a decoração do quarto e o gosto do consumidor.

Cuidados na escolha

Para escolher o criado mudo, são necessários dois cuidados principais. Primeiro, com a altura do móvel. A peça nunca deve ser mais alta do que a cama, pois será desconfortável ao indivíduo. Se um copo d’água for posicionado sobre um criado assim, por exemplo, poderá cair ao ser manuseado, uma vez que o pegar do corpo será mais difícil.

Assim, o correto é que a peça tenha a mesma medição de altura que a distância entre o chão e o fim do colchão da cama. Ou seja, ao se deitar, o indivíduo poderá ver o topo do  criado mudo em sua linha de visão horizontal.

O segundo detalhe quanto à escolha do móvel é seu estilo. De nada adianta investir num produto extremamente colorido e moderno se o resto do quarto não possui nenhum outro detalhe com essas características. Se for este o caso, o móvel pode destoar muito e causar um efeito visual desagradável ao longo do tempo.

Lembre-se também de pensar na funcionalidade do criado mudo. As peças com gavetas são as mais indicadas para guardar diversos pequenos objetos. São as melhores, aliás, se você faz uso de remédios diariamente, pois pode abrigar os comprimidos. Mas há também peças com “luxos” especiais, como a que se transforma numa mesa para café na cama. Pesquise bastante antes de adquirir o seu!

Para finalizar, outra dica é conhecer as medidas dos espaços laterais da cama. Assim, ao comprar seu móvel você saberá exatamente se ele se encaixa no espaço disponível no quarto.

O que colocar no criado mudo?

Além de todos os objetos que você deseja ter à mão durante a noite, o criado mudo pode abrigar vários outros. Apenas com o objetivo de decoração. As opções são diversas, e devem ser escolhidas de acordo com o que você acha atraente.

Você pode, por exemplo, posicionar uma pequena planta sobre o criado mudo. A alternativa é atraente porque traz um pouco da natureza para o quarto. Uma bandeja, por sua vez, pode ser mais funcional, pois assim chaves, brincos e pequenos objetos ficarão seguros.

Um porta-retrato é interessante quando há grande memória afetiva, e você sempre deseja se lembrar de algo ao dormir ou acordar – principalmente se for uma pessoa querida. Montar uma pequena biblioteca num vão do criado mudo é igualmente atraente, pois deixará à mão seus livros favoritos.

Confira algumas ideias de como investir nesse tipo de peça:

 

 

 

 

 

diy nightstand ideas

 

 

 

 

 

 

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Veja também

 

The 25+ Best Espresso Nightstand Ideas On Pinterest | Modern with regard to Nightstands For Sale Cheap – Slightlywell.Com

 

tall nightstand ideas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Escreva um Comentário