Na construção civil atual, especificamente no Brasil, o método construtivo mais utilizado é a alvenaria convencional. Entretanto, mesmo em desvantagem, as estruturas de madeira ainda assim figuram por aqui, e eis a importância da NBR 7190 – Projeto de estruturas de madeira para a construção civil.

Por se tratar de uma técnica construtiva que não é amplamente utilizada no Brasil, isso só reforça a importância que a NBR 7190 tem de regular quaisquer projetos que se utilizem de estruturas de madeira.

Abaixo iremos passar com vocês a importância da NBR 7190, além de lhe proporcionarmos uma visão ampla, e resumida, do que a Norma realmente trata, e por último iremos lhe disponibilizar a Norma para download.

Então é só dar continuidade a leitura!

A NBR 7190 e sua importância

Quando falamos em estruturas de madeira, talvez a primeira coisa que venha a mente de todos são aquelas casas de campo, mas na realidade não é bem assim. Nos Estados Unidos e em países europeus as casas de madeira já são padrão, elas reinam por lá no lugar do “tijolinho” que temos por aqui.

Entretanto, mesmo em solo brasileiro já é possível observar um aumento nas obras que se utilizam de madeira em sua composição, e com isso o uso da NBR 7190 vem aumentando cada vez mais. Para se ter uma ideia, já há até mesmo prédios construídos em madeira no Brasil.

Imagine só viver em um prédio de X andares todo de madeira? Você se sentiria seguro? É nesses momentos que vemos qual a real importância do engenheiro responsável dormir com a NBR 7190 debaixo do braço!

Isso sem falar que, até então, o status de se ter uma casa de madeira é como se fosse algo de luxo, sendo que realmente é mais comum vermos tais construções como casas e chalés, e bem menos comuns em simplesmente ver uma casa assim na cidade grande. Isso faz com que a própria construção em si envolvendo madeira necessite de uma mão de obra especializada, tendo em vista que sua construção é mais “difícil” do que a alvenaria comum, onde teoricamente “qualquer um” pode fazer.

Abaixo vamos lhe ajudar a ter uma visão mais ampla sobre a NBR 7190, mas de maneira geral, sem adentrarmos muito em suas peculiaridades.

Uma análise sobre a Norma

A NBR 7190 é uma Norma com um total de 109 páginas, ao todo são 10 itens que ela engloba, bem como 6 anexos. A Norma define seu próprio Objetivo como:

Esta Norma fixa as condições gerais que devem ser seguidas no projeto, na execução e no controle das estruturas correntes de madeira, tais como pontes, pontilhões, coberturas, pisos e cimbres. Além das regras desta Norma, devem ser obedecidas as de outras normas especiais e as exigências peculiares a cada caso particular.

Em seguida tem-se acesso a Referências Normativas, ou seja, todas as demais Normas que trabalham em conjunto com a NBR 7190:

O terceiro item da NBR 7190 refere-se as Generalidades envolvendo um projeto de de estruturas de madeira. Tais generalidades contempladas neste item da Norma são:

  1. Projeto
  2. Memoria justificativo
  3. Desenhos
  4. Plano de execução
  5. Notações
    1. Letras romanas maiúsculas
    2. Letras romanas minúsculas
    3. Letras gregas minúsculas
    4. Índices gerais
    5. Índices formados por abreviações
    6. Índices especiais
    7. Simplificação

O quarto item da Norma diz respeito as Hipóteses básicas de segurança. Este é um dos itens mais importantes de toda a NBR 7190, pois é aqui onde serão estabelecidas condições de segurança para estruturas de madeira, ou seja, aqui é onde o engenheiro responsável pela obra deverá ter uma atenção redobrada.

O item 5 é chamado de Ações. Este item é o responsável por regular todas as ações em que a estrutura estará sujeita, tais como cargas, sobrecargas, cargas acidentais, situações de projeto, ações nas estruturas de madeira e diversas outras. Este item conta com o auxílio de diversas tabelas e fórmulas matemáticas.

Já o sexto item da NBR 7190 é o que dita as Propriedades da Madeira. Este é também um item para se ficar atento, pois é justamente com as propriedades da madeira que engenheiros, arquitetos e pedreiros possuem uma maior dificuldade, pela sua diferença para com o concreto. Itens como densidade, umidade, resistência, dentro outros são sempre bom para se ficar de olho, principalmente para o cálculo estrutural da edificação.

E por falarmos em cálculo estrutural da edificação, o item 7 – Dimensionamento – Estados limites últimos trata diretamente sobre isto. Um engenheiro calculista que queira se especializar em estruturas de madeira deverá dominar completamente tanto a NBR 7190 como um todo, como também este item do inicio ao fim.

O item 8 – Ligações, também é de extrema importância que seja dominado pelo calculista, pois é este item que irá auxiliar nas ligações entre as peças de madeira.

E o item 9 – Dimensionamento – Estados limites de utilização, adivinhe só, também deverá ser dominado pelo calculista assim como os demais. Aqui percebe-se que para um engenheiro calculista dominar as estruturas de madeira o trabalho é extenso, uma vez que tal método construtivo dificilmente é ensinado amplamente em universidades, obrigando ao profissional a buscar outros meios de conhecimento.

E, por último, temos o item 10 – Disposições construtivas, pois não apenas o cálculo estrutural é diferente do cálculo das estruturas de concreto, mas também o método construtivo. Estruturas de madeira necessitam de mão de obra especializada para sua construção, algo que acaba por encarecer seu valor quando comparada a alvenaria convencional.

Após estes 10 itens terem sido abordados pela NBR 7190, a Norma ainda conta com 6 Anexos, sendo eles:

A – Desenho de estruturas de madeira
B – Determinação das propriedades das madeiras para projeto de estruturas
C – Determinação de resistências das ligações mecânicas das estruturas de madeira
D – Recomendações sobre a durabilidade das madeiras
E – Valores médios usuais de resistência e rigidez de algumas madeiras nativas e de florestamento
F – Esclarecimentos sobre a calibração desta Norma Índice alfabético

Conclusão

Aqui você conseguiu ter uma noção maior da real importância da NBR 7190, e de como as estruturas de madeira ainda precisam de um maior empenho por parte dos profissionais da construção civil para sua maior implementação. Como dito acima, a grande maioria das universidades não focam muito em estruturas de madeira, obrigando a profissionais que queiram entrar neste ramo recorrerem a cursos auxiliares para obter um maior conhecimento. Um engenheiro calculista especializado em estruturas de concreto não necessariamente saberá calcular a mesma estrutura de madeira!

E caso queira complementar sua leitura sobre outras Normais também importantes da área da construção civil, então não deixe de conferir nossa categoria de Normas que temos aqui mesmo no site. Lá você irá ter acesso as principais Normas que englobam o setor da construção civil, bem como nossa análise sobre cada uma destas Normas, vale a pena conferir!

E, como nosso último presente para você, caso queira fazer o download da NBR 7190 basta clicar na Norma abaixo, e você já pode dar inicio as leituras e dominar de uma vez por todas a NBR 7190:

NBR 7190

Escreva um Comentário