Uma das partes mais importantes durante uma construção, e também uma das mais relevadas, são os esgotos sanitários, exatamente o que fala a NBR 8160 – Sistemas prediais de esgoto sanitário – Projeto e execução.

Entretanto, aqui neste artigo iremos focar exclusivamente na NBR 8160. Passaremos uma análise sobre todos os principais tópicos que são abordados pela Norma, para que você possa entender como ela funciona, além de sua real importância.

E claro, ao final você também poderá baixar a NBR 8160 para colocá-la juntamente com todas as demais Normas que você já tem (e todas as que você pode encontrar aqui mesmo no site).

Então é só continuar firme na leitura!

A NBR 8160

Antes de mais nada, os sistemas prediais de esgoto sanitário são sim um assunto de extrema importância da engenharia civil. O tratamento correto de esgotos é um cuidado valioso a ser tomado, e de responsabilidade total do engenheiro responsável pela obra.

Enquanto a ampliação da rede de tratamento de esgoto é desafio para 2020, nós seguimos nos baseando na NBR 8160, cuja atualização “mais recente” é de 1999, porém isso não a torna menos necessária, pelo contrário.

Ao todo são 74 páginas que compõem toda a NBR 8160, sendo que entre as várias NBR’s existentes, esta não é aquela que podemos chamar de “fácil leitura”. Entretanto, com um pouco de calma e perseverança nós conseguimos destrinchar toda a Norma.

A Norma é composta de 8 tópicos + 8 Anexos (de A a H), vamos dar uma olhadinha em cada um destes.

1 – Objetivo

No objetivo da NBR 8160 é dito que:

Esta Norma estabelece as exigências e recomendações relativas ao projeto, execução, ensaio e manutenção dos sistemas prediais de esgoto sanitário, para atenderem às exigências mínimas quanto à higiene, segurança e conforto dos usuários, tendo em vista a qualidade destes sistemas.

É bom destacarmos também que sistemas de esgoto industrial não são contemplados por esta Norma em específico.

2 – Referências Normativas

Esta parte é comum a todas as Normas, é aqui onde são relacionadas todas as demais Normas que trabalham em conjunto com a NBR 8160, sendo elas:

É importante destacarmos que estas NBR’s acima são todas referenciadas ao decorrer da Norma em algum momento, demais NBR’s que não tenham sido referenciadas nesta Norma mas que também foquem sobre o mesmo tema poderão ser encontradas no Anexo H.

3 – Definições

Quer ficar por dentro de toda a nomenclatura da NBR 8160 e todo o mais deste assunto? Pois então este é o item que você deverá ler.

Aqui você encontrará ao todo 50 termos e suas respectivas definições, termos desde esgoto sanitário, ralo sinfonadounidade de Hunter de contribuição (HUC) e muitos outros.

Vale a pena dar uma conferida nestes termos para ficar por dentro da Norma, ou então é só marcar estas páginas para voltar nelas sempre que se deparar com algum termo desconhecido durante sua leitura da Norma. O “Ctrl + F” está aí justamente para isso.

4 – Requisitos Gerais

Neste tópico da NBR 8160, como seu próprio nome sugere, você encontrará todos os requisitos gerais por trás do sistema predial de esgoto sanitário.

Dentre deste tópico há 5 subdivisões diferentes, sendo elas:

  1. Generalidades: Onde você poderá ter noção dos requisitos gerais os quais deverá seguir para a utilização do sistema predial de esgoto sanitário;
  2. Componentes do subsistema de coleta e transporte de esgoto sanitário: Dentro desta parte você poderá ter uma ideia de todos os subsistemas existentes para a coleta e o transporte de esgoto sanitário, tais como os aparelhos sanitários, desconectores, ramais de descarga e de esgoto, tubos de queda, subcoletores e coletor predial, dispositivos complementares, instalação de recalque, etc;
  3. Componentes do subsistema de ventilação: Dentro desta parte você poderá ter uma ideia de todos os subsistemas existentes para a ventilação, tais como a ventilação primária e a secundária e todo o mais que as compõem, inclusive nesta parte há diversas figuras e tabelas que são relativas a este tipo de sistema;
  4. Materiais: De acordo com esta parte, todos os materiais que você for utilizar nos sistemas prediais de esgoto sanitário deverão estar especificados em função do tipo de esgoto que será conduzido;
  5. Documentação básica de projeto: Este item dita tudo o que deverá compor o projeto executivo.

5 – Dimensionamento

Esta parte da NBR 8160 é onde o calculista deverá dispor de maior tempo para analisar, pois aqui tratamos do dimensionamento.

Esta parte da Norma aborda todos os componentes do subsistema de coleta e transporte de esgoto sanitário, trazendo diversas fórmulas e tabelas para auxílio de cálculo em cada um destes componentes. Não é um dimensionamento simples, pois aborda até mesmo o dimensionamento das caixas de gordura, a ponto de ser relevado ou feito de qualquer maneira, o ideal mesmo é que tudo seja realizado por um engenheiro devidamente capacitado.

6 – Execução

Este tópico é mais um lembrete de que a execução deve sempre estar de acordo com o projeto, demais informações sobre execução podem ser encontradas no anexo E e G da NBR 8160.

7 – Manutenção

Todos os componentes que integram o sistema predial de esgoto sanitário devem sempre serem mantidos ao ar livre e em água, desobstruídos e limpos, para que assim sua eficiência máxima seja garantida ao longo do uso.

Mais informações podem ser encontradas no Anexo F.

8 – Qualidade

Para que seja possível alcançar a qualidade máxima do sistema predial de esgoto sanitário é necessário definir responsabilidades para todas as partes envolvidas, bem como os procedimentos básicos que irão garantir tal qualidade.

No item 8 da NBR 8160 você poderá a responsabilidade exata para com o sistema predial de esgoto sanitário do: Empreendedor, contratante, projetista, executor, fornecedor de componentes, órgãos públicos, usuário e o gestor do sistema. Todos estes possuem deveres que devem seguir, os quais estão devidamente explicados em Norma.

Já com relação aos procedimentos para garantia da qualidade, são definidos todos os procedimentos que devem ser tomados para o projeto, sua execução e também para uso, operação e manutenção..

Anexo A – Simbologia

Sabe todos aqueles desenhos que você costuma ver em um projeto e não entende nada? Pois é aqui que você poderá entender o que cada um daqueles símbolos significa e desvendar de uma vez por todas todo o projeto.

Anexo B – Dimensionamento das tubulações do subsistema de coleta e transporte de esgotos sanitários – Método hidráulico

Vai focar mais na parte de cálculo? Pois justamente com o item 5 esta é a parte, e mais os Anexos C e D, são as mais importante da NBR 8160 para você, onde você definitivamente deve ficar de olho.

Aqui neste Anexo é, inclusive, lhe apresentado um roteiro de cálculo a ser seguido, bem como inúmeras tabelas para lhe auxiliar durante o cálculo. Aqui você também poderá consultar todos as fórmulas e cálculos por trás do dimensionamento dos ramais de descarga, e de esgoto, subcoletores e coletor predial.

Anexo C – Modelo para verificação da suficiência de ventilação primária
em sistemas prediais de esgoto sanitário

Mais cálculos? Sim!

Se você é o calculista por trás disto, bora mergulhar de vez nesta parte da NBR 8160, que é a parte com a maior quantidade de cálculos por página.

Anexo D – Dimensionamento do subsistema de ventilação secundária

No Anexo C acima você encontra todos os cálculos por trás da ventilação primária, aqui é a hora de você focar na ventilação secundária.

São menos cálculos do que nas demais partes que o calculista deve se atentar, mas mesmo assim isso não diminui em nada o nível de atenção que você deve prestar.

Anexo E – Procedimentos e cuidados na execução dos sistemas prediais de esgoto sanitário

A instalação de cada parte (juntas, assentamento em valas, proteção e fixação, proteção durante a obra) é detalhada aqui. Encare este Anexo como um passo a passo para a instalação, e tudo ficará bem.

Anexo F – Procedimentos e cuidados a serem tomados na manutenção dos sistemas prediais de esgoto sanitário

Todo tipo de cuidado a ser tomado está descrito aqui, são cuidados como:

  • Cuidados mínimos na manutenção;
  • Métodos usuais de desentupimento;
  • Segurança na manutenção;
  • Inspeção periódica.

Anexo G – Procedimentos de ensaios de recebimento dos sistemas prediais de esgoto

Este anexo destaca todos os procedimentos e ensaios que devem ser feitos ao recebimento dos sistemas prediais de esgoto.

Anexo H – Referências bibliográficas

Como prometido, aqui é onde você poderá encontrar todas as demais Normas que complementam a esta, bem como todas as demais referências bibliográficas que foram utilizadas para a elaboração da NBR 8160.

Confira as demais Normas que funcionam em conjunto com a NBR 8160:

Conclusão

Como é possível notar, a NBR 8160 é uma Norma bastante importante dentro da construção civil, e sua leitura não é de fácil interpretação, dando um trabalho extra principalmente para os calculistas. Porém, principalmente para os calculistas, a necessidade de dominarem tal Norma é alta, devido a sua importância para todos os moradores.

E caso queira complementar sua leitura sobre outras Normais também importantes para o setor da construção civil, então não deixe de conferir nossa categoria de Normas que temos aqui mesmo no site. Lá você irá ter acesso as principais Normas que englobam o setor da construção civil, bem como nossa análise sobre cada uma destas Normas, vale a pena conferir!

E, é claro, caso queira realizar o download da Norma é só clicar nela abaixo e iniciar suas leituras:

Download NBR 8160

Escreva um Comentário