Você provavelmente já ouviu a expressão “pé direito duplo”, mas você sabe o que realmente significa?

O pé direito duplo é amplamente empregado em projetos arquitetônicos que exaltam a beleza da residência. Então, para que você fique por dentro do que realmente significa o pé direito duplo e o que ele pode trazer de benefícios para você, fique ligado nesse nosso artigo.

Mas, antes de irmos diretamente para o pé direito duplo, vamos focar apenas no pé direito.

O pé direito

Antes de entendermos o que é o pé direito duplo, vamos retroceder um pouquinho e entendermos primeiramente o que é o pé direito.

De maneira direta, o pé direito é a medida do chão até o teto, o que em muitas situações é confundido com a altura da parede, mas nem sempre é assim. Geralmente o pé direito de uma construção fica entre 2,7 m até 3,0 m, e acredite, o tamanho do pé direito de sua casa muda muita coisa.

Isso porque um pé direito abaixo de 2,7 metros é considerado baixo, e isso dá uma sensação de intimidade e acolhimento para toda a sua casa, mas também pode dar aquela sensação de abafamento e desconforto, principalmente se for um lugar quente.

Já por outro lado, um pé direito maior do que 3,0 metros é considerado alto, dando uma sensação de amplitude ao local, mas ao mesmo tempo torna-se difícil a manutenção e limpeza do teto.

O comum é que o pé direito varie dependendo do cômodo da casa, onde, em geral, as salas possuem as maiores medidas. O pé direito é também o responsável por ditar determinadas características para sua casa, como a sua temperatura e se ela será mais ampla ou mais intima por exemplo.

Ou seja, é necessário conversar com um bom arquiteto antes de definir de uma vez por todas o pé direito de seu projeto.

O pé direito duplo

Uma vez que você já tenha entendido o conceito de pé direito, não deve ser muito difícil imaginar para que serve o pé direito duplo.

O pé direito duplo nada mais é do que os ambientes de uma casa que possuem duas vezes a altura padrão de 2,7 m a 3,0 m. Ou seja, ele dá realmente uma certa sensação de amplitude para o local, como se fosse um verdadeiro palácio.

Os ambientes que possuem pé direito duplo costumam ser mais confortáveis, tendo em vista que são melhores iluminados e mais arejados. Uma casa que possua um pé direito duplo conta com enormes opções para decoração, desde lareiras, lustres, plantas que sejam de grande porte, janelas enormes, cercados de vidro no segundo andar e muito mais, dependendo apenas do seu gosto e ideias.

Ainda focando nessa parte do design, as escadas com toda a certeza complementam o visual. Isso levando em consideração que elas podem ainda ser vazadas, possuir detalhes em ferro, guarda-corpo em vidro ou mármore dentre diversas outras opções. A escada é um dos elementos que mais se destaca em um ambiente, então focar nela não é nenhum exagero. Imagine só o quão belo ficaria uma escada em espiral que possua um lustre no meio, degraus vazados e um guarda-corpo de vidro, magnífico não é mesmo?

Você também possui a opção de aproveitar melhor determinados móveis em ambientes com o pé direito duplo, como estantes, armários e prateleiras por exemplo. Uma estante grande pode ficar muito bonita em um cômodo com um pé direito duplo. Lustres e luminárias também são uma ótima opção para decoração, quanto mais detalhes e maior eles forem, melhor. Quadros, pinturas, painéis, revestimentos diferenciados e grandes obras de arte também são uma pedida certa para o seu design.

As vantagens do pé direito duplo

A vantagem óbvia para a utilização do pé direito duplo tem haver com seu design, pois é inegável a beleza que ele traz a certos cômodos. Mas claro que não apenas esteticamente, ele também traz para o ambiente uma luminosidade maior, bem como uma maior circulação de ar e uma comunicação visual melhor com a paisagem externa. E, apesar de não ser muito bom para aquecer o ambiente, há diversas opções as quais você pode recorrer para isso, tais como o uso de móveis de madeira, forro de gesso, cortinas, poltronas e sofás revestidas em tecidos, tapetes, etc, tudo isso ajuda com o conforto térmico e minimiza o impacto causado pelo desconforto acústico.

Para aproveitar da melhor maneira possível todas as vantagens que ele tem a oferecer para seu ambiente, é necessário contar com excelentes arquitetos, que saibam fazer bom uso do espaço que tem disponível.

As desvantagens do pé direito duplo

As desvantagens mais óbvias, e que já até as citamos acima, estão relacionadas a manutenção e limpeza do local, bem como o ambiente ser mais frio nos invernos. Entretanto, para ambas há soluções que podem ser tomadas, como a que citamos acima sobre como diminuir os impactos causados pelo frio.

É importante também levantarmos a questão do preço, tendo em vista que uma construção com um pé direito duplo claramente acarretará em um valor elevado. Isso pois, ao aumentar o pé direito da estrutura, há um maior gasto envolvendo material de construção e mão de obra, além, é claro, do projeto estrutural requerer um nível um pouco maior de complexidade. Tudo isto são fatores que devem ser levados em consideração antes de definir seu projeto com um pé direito duplo.

Pé direito duplo – Fotos

Abaixo apresentaremos diversas opções de pé direito duplo para que você possa se inspirar para ter suas próprias ideias de design.

Que tal essa sala de jantar maravilhosa?
Essa cozinha linda faz um jogo de cores sensacional no ambiente
Um pé direito duplo na área externa também fica muito belo
Essa parede atrás com certeza roubou a cena!
Aposte também no uso de lareiras
Uma pintura preenchendo uma parede dá um toque a mais no ambiente

Claraboias são uma ótima opção para iluminação natural do ambiente

E que tal essa junção de escada e armário para otimizar o ambiente?
O estilo mais rústico também fica muito bonito
E se você sempre quis ter sua própria árvore dentro de casa, agora já pode!
E, caso você queira utilizar o pé direito duplo em um banheiro também é possível
Circulação de ar é o que não irá faltar nesse design
Para você que é apaixonado por livros e sempre quis ter uma biblioteca dentro de casa
Quer design mais rústico do que esse?
E que tal essa vista geral do local?
A regra é clara: Não há regras para inovar no design!

Write A Comment