Tipos de Mármore: Bege, Preto, Cozinha e Banheiro!

Pensando em investir no mármore, mas não sabe qual cor escolher? Então, você veio ao texto certo! Aqui, você vai conhecer os nomes dos vários tipos de mármore, e também as indicações de cada tonalidade para a sua casa.

O mármore é uma pedra natural, que só pode ser extraída da natureza, em vez de fabricada pelo homem. Rocha metamórfica, o produto é derivado de outra rocha, de calcário. Para formá-la, o calcário passou por transformações, devido a altas temperaturas e pressão no solo. O processo levou séculos para ocorrer. Como resultado, surgiram as pedras marmorizadas, com visual bastante característico: cor uniforme, com veias de cores mais intensas espalhadas por toda a sua extensão.

Grande parte das jazidas de mármore está localizada em locais que, ao longos de milhares de anos, sofreram atividade vulcânica. Apesar de vulcões não existirem mais no Brasil, o território nacional já contou com essas formações, e por isso possui mármore próprio. Assim, muitas das peças de mármore vêm da Europa, mas alguns tipos de mármore podem ser extraídos no Brasil.

Como aplicar o mármore?

Ao longo da História, o mármore se tornou sinônimo de luxo. Muitas colunas de castelos eram feitas da pedra, inúmeras estátuas foram esculpidas no material. Hoje, o aspecto elegante e de alto valor das peças continua, mas com custos muito mais acessíveis.

Não significa, porém, que o mármore seja barato. É comum, por exemplo, que o produto seja encontrado por valores aproximados a R$ 1 mil o m². O custo é bem maior, por exemplo, do que o granito, que é muitas vezes confundido com o mármore. O metro quadrado do granito costuma girar em torno de R$ 350.

Leia o texto Diferença Entre Mármore E Granito e saiba mais.

Mas a incrível beleza das peças marmorizadas costumam valer a pena. Até porque, o mineral tem característica menos granulada, e tem boa resistência à umidade.

As aplicações do mineral são as mais variadas. É comum, por exemplo, que ele seja aplicado como piso ou no mobiliário. Outra opção é utilizá-lo como revestimento ou bancada.

Se desejar, o consumidor pode até esculpir a cuba da pia no mármore. Neste, e em outros casos de contato com a umidade, porém, a pedra precisa ser impermeabilizada. Assim, ela não absorverá água, o que poderia prejudicar sua resistência e beleza.

A seguir, listamos alguns dos muitos tipos de mármore disponíveis no mercado. Seu preço varia conforme a cor da pedra, e as pedras internacionais costumam ser um pouco mais caras.

Mármore Botticino

Mármores Botticinos possuem tom bege claro, e seus veios são de cor marrom mais escura. A opção é muito utilizada em pisos e revestimentos, e tem origem italiana.

Mármore Branco Estremoz

Como o próprio nome da pedra indica, a cor principal deste mármore é a branca. Já os veios da pedra são marrons, próximos ao castanho, e ainda existem algumas manchas alaranjadas espalhadas pelas peças. O Estremoz é ideal para qualquer tipo de revestimento desejado pelo consumidor.

Mármore Carrara Gioia

Uma pela Gioia é branca, com veios cinza escuros bastante destacados. Geralmente, este mármore é utilizado para pisos, mobília e ambiente interno de um imóvel.

Mármore Perlino Bianco

O visual do Perlino Branco é marcado por veios cinza-esverdeados. Este tipo da pedra costuma ser aplicado em revestimentos e pisos.

Mármore Branco Piguês

Da Grécia, este mármore branco possui veios cinzas, mas mais espaçados do que os de outros tipos de mármore. O Piguês é muito comum na mobília, ambientes internos e externos.

Mármore Branco Sivec

Assim como no tipo anterior, o Sivec possui veios em cinza. Porém, além dos veios, a pedra possui pintas em cinza ou cristalizadas. O visual é um pouco diferente do comum, mas muito atraente. O uso do produto é indicado para áreas internas e externas.

Mármore Alpi

Outra opção é o Alpi, de cor verde esmeralda e grandes veios brancos. Este tipo de mármore é muito utilizado em bancadas, especialmente na cozinha. Combinados com móveis mais claros, o resultado é bastante bonito. Também é comum encontrar a pedra em pisos.

Mármore Carrara

Os veios do Mármore Carrara são cinzas e/ou pretos, em um fundo branco. A peça é mais indicada para espaços internos e com pouca umidade. Isso porque, ela possui grande porosidade, e pode acumular muita água.

Mármore Daino Reale

Bege com bege. Essas são as cores do Daino Reale: um bege mais claro como cor base, e veios mais escuros. A opção pode ser utilizada onde o consumidor desejar, já que a peça se encaixa bem em qualquer ambiente e superfície.

Mármore Ônix

As peças de Ônix normalmente possuem cores como o dourado, o bege-alaranjado ou o vermelho. Outro destaque da pedra é que ela é naturalmente translúcida, o que torna possível uma leve visualização do outro lado de onde ela é posicionada.

Mármore Delicato Crema

Italiano, este tipo de mármore tem cor marfim, mas bastante clara. Já seus pontos de cor são mais delicados, de um marfim levemente mais escuro. A pedra é muito comum em fachadas e mobiliário.

Mármore Imperial

Indicado para espaços internos, a pedra Imperial possui visual bastante atraente e elegante. Sua cor é marrom escura. Já seus veios variam entre o branco e o marrom claro, criando uma mistura interessante na superfície.

Mármore Nero Marquina

Um mármore Nero tem cor preta intensa, que destaca ainda mais os grandes veios brancos da peça. O ideal é utilizar o material em ambientes internos, onde o consumidor desejar. É muito comum aplicá-lo em bancadas e paredes.

Mármore Rosso Alicante

Uma mistura de vermelho e laranja, com veio brancos ou com cor bem próxima. Esse é o Rosso Alicante, muito comum em fachadas, pisos e paredes.

Mármore Nero Portoro

Outro mármore preto é o Portoro, mas seus veios são diferentes. Nessa pedra, as marcas de cor variam entre o branco, o amarelo, marrom e outros tons. Além disso, eles são mais contínuos, criando grandes marcas na peça, em vez de apenas alguns pontos espaçados.

Mármore Perlino Rosa

Procurando por um material mais “delicado”? O Perlino pode ser a solução! A pedra é rosada, com veios em bege escuro. O visual lembra casas mais antigas, ou mesmo castelos. Invista sua aplicação em ambientes internos.

Mármore Rosso Verona

Pedras Rosso Verona são manchadas, em vez de possuírem veios. Todas as suas cores são variantes do vermelho acastanhado, o que dá um belo resultado a paredes. A opção também pode ser aplicada no mobiliário e como revestimento das superfícies.

Mármore Travertino Romano

Os veios do Travertino Romano são um pouco diferentes. Em vez de parecerem veias, as manchas de cor da peça são pontilhadas e contínuas. O efeito é muito semelhante a uma camada de areia depositada na superfície da pedra.

Como é mais poroso, este mármore não é muito utilizado em locais úmidos. Caso o usuário deseje fazer isso, porém, basta aplicar impermeabilizante potente na peça. A cor predominante do Travertino é bege, de várias intensidades.

Mármore Statuário

Quem procura uma peça com intenso branco, pode investir no Statuário. Apesar de possuir veios cinza, o tom em branco da pedra é intenso, e os veios são poucos. Por isso, ele é muito interessante para ambientes que requerem um visual mais clean, como o banheiro. A peça funciona ainda muito bem em mobiliários e revestimentos, internos ou externos.

Mármore Branco Nacional

Se você já entrou em uma casa antiga, provavelmente já viu o mármore Branco Nacional. Afinal, o material é muito comum em antigas construções, por sua beleza e resistência. Este tipo de mármore é branco, com pouquíssimos veios em cinza claro.

Mármore Golden Spider

Peças de mármore Golden Spider possuem um tom amarelo, com veios em amarelo mais intenso. Esse tipo de pedra pode ser utilizado em qualquer local, como revestimento.

Mármore Marrom Imperador

Este tipo de mármore é de um marrom, bastante escuro e intenso. Já seus veios têm cores variantes, entre o bege e o branco. Além disso, as manchas de cor se mantém muito próximas, mais semelhantes a diversas teias de aranha. O resultado é um visual forte e elegante, e bastante diferente do comum.

Mármore Calacatta

Que tal um mármore com veios dourados? Este é o Calacatta, que também possui alguns pontos de cor acinzentados. Tudo sobre um fundo branco, para que os tons se acentuem e se tornem ainda mais bonitos. É uma boa pedida utilizar essa variação na mobília e em revestimentos.

Mármore Bege Bahia

O mármore Bege Bahia possui três características básicas. Para começar ele é de um bege claro. Depois, há as suas várias manchas, em diversos tons de bege e também brancas. Por fim, a peça sempre conta com pequenos veios de cor, de um marrom mais escuro. O material é muito utilizado em paredes, banheiras, pisos e lareiras.

Mármore Branco Thassos

Também da Grécia, o Thassos possui algumas poucas pintas e veios acinzentados. Vale muito a pena aplicá-lo em escadas, mobília, em pisos e revestimentos.

Mármore Crema Marfil

Originário da Espanha, o Crema Marfil é de um bege bem claro, com veios pequenos, delicados e brancos. A resistência da pedra é intensa, e por isso ela é indicada para pisos e paredes.

Tipos de acabamento para o mármore

Na hora de instalar o mármore, é importante escolher, além do melhor tipo da pedra, o seu modo de acabamento. O acabamento de qualquer peça faz total diferença em seu visual, além de garantir maior resistência do produto. Afinal, quando as peças se mantém ao natural, elas podem possuir fissuras ou semelhantes. Esse tipo de problema prejudica sua durabilidade.

São seis os tipos de acabamento disponíveis para o mármore: o polimento, bruto, jateado, levigado, a cristalização e o resinado. Veja um pouco mais sobre cada um a seguir.

Polimento

Ao polir uma peça de mármore, ela ganha brilho e torna-se escorregadia. Devido a este último aspecto, é interessante evitar o polimento em áreas úmidas, pois podem acontecer acidentes. A contraindicação é ainda maior para pisos, principalmente externos, pois eles tendem a acumular água da chuva. O aspecto polido pode facilitar escorregões nestes locais.

Bruto

Como citado, deixar a pedra em seu natural, bruto, pode deixar passar algumas fissuras. Ainda assim, isso não é tão comum quanto você pode pensar. Basta adquirir uma pedra de qualidade, e com empresas especializadas. Manter o visual bruto da peça ajuda a criar um espaço com decoração mais “básico”, rústico, mas ainda muito bonito.

Jateado

Um dos processos utilizados para tornar o mármore mais áspero é o jateamento. Ele consiste na aplicação de jatos fortes de areia sobre a pedra, o que a torna menos lisa. O resultado é antiderrapante e menos sujeito a escorregões. Por isso, é muito comum o uso de mármore jateado nos pisos, especialmente nas áreas externas.

Levigado

Para obter um aspecto levigado, o mármore é lixado. Então, seu visual se torna liso, mas sem brilho. Por esse motivo, aliás, esse tipo de acabamento também é chamado de semi-polido.

Cristalização

Na hora de deixar a pedra mais durável e resistente, a melhor opção é a cristalização. O processo cria uma fina camada de proteção no mármore, o que o deixa ainda mais interessante para a aplicação em pisos.

Resinado

Já a resina tem como objetivo proteger o mármore contra manchas, especialmente as provocadas pelo acúmulo de água. Após a aplicação do produto, o mármore é lustrado, e ganha um belo brilho.

Onde usar os tipos de mármore: sugestões por cômodo

Agora que você já conhece os tipos de mármore e seus acabamentos, é possível que esteja se perguntando: “ok, mas qual mármore aplico no quarto? E no piso da sala?”. As dúvidas são comuns. Isso porque, são muitas as opções e visuais disponíveis. Para te ajudar, listamos algumas cores e tipos que você pode usar em cada cômodo da casa. Acompanhe!

Tipos de mármore para o Banheiro

É sempre interessante manter cores claras no banheiro. Afinal de contas, o espaço é um local de higiene, e o branco e o bege transmitem esse aspecto mais clean. Por isso, escolha mármores claros, e que também possuam boa resistência à água. Você pode ficar com o Branco Piguês ou o Mármore Travertino Romano, por exemplo, para piso e pia.

De qualquer forma, o preto também costuma ser uma opção comum. Neste caso, vale a pena inserir o Nero Marquina na pia, e deixar o restante do banheiro com um revestimento simples branco (não-mármore).

Tipos de mármore para o Quarto

No quarto, o mármore é mais comum na parede. E não em todas elas, mas em apenas uma. Assim, os moradores garantem um ponto forte de decoração, mas sem tornar o visual muito “fechado” ou frio.

Já as cores podem variar o quanto o usuário desejar. Basta, apenas, combinar o tom da pedra com o restante da decoração do ambiente. Tenha atenção especial aos móveis do quarto: é necessário harmonia, ou a tranquilidade visual do cômodo será perdida. O Mármore Calacatta, por exemplo, pode dar um visual requintado ao espaço, na medida certa.

Tipos de mármore para a Cozinha

Se o objetivo é investir no mármore na cozinha, as suas opções serão ainda mais diversas. Dá para colocar a pedra nas bancadas, mesa, pia, piso e até na parede.

As cores indicadas também são as mais variadas. Só é preciso ter atenção a dois pontos: escolher apenas um tipo de mármore para o ambiente, e combinar o tom com o restante do espaço. Assim, é possível manter maior harmonia no ambiente. O resultado é um espaço marcante mas, ao mesmo tempo, visualmente leve e agradável.

Pense, ainda, no contraste do mármore com os eletrodomésticos. Se a combinação for realizada do modo adequado, o resultado será incrível! Para um visual mais intenso, considere aplicar o mármore Rosso Alicante ou o Alpi.

Tipos de mármore para a Sala de Estar e Sala de Jantar

Para abrir o apetite, e também garantir tranquilidade, vale a pena investir em tons claros de mármore. Tanto na sala de estar, quanto na de jantar. As pedras em bege, branco e outras cores mais brandas são as mais indicadas.

Lembre-se, ainda, de combinar as peças com os móveis e o restante da decoração. Geralmente, o Mármore Sivec dá um belíssimo resultado nestes ambientes.

Outra dica fundamental é contar com um bom profissional na instalação do mármore. De nada adianta possuir uma belíssima pedra, se ela não for bem instalada.

Contar com uma empresa especializada pode ser ainda mais interessante. Pesquise bastante, especialmente a reputação dos responsáveis. Assim, ao contratar os profissionais necessários, você terá a certeza de um bom resultado.

Viu só como são muitos os tipos de mármore? Aproveite as nossas dicas e escolha a peça ideal para a sua casa! A sua decoração agradece.

você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se concorda com isso, clique no botão ao lado. Aceitar Ler mais