Como fazer um tubulão a céu aberto? Não sabe como, né? Se você chegou até esse artigo, parabéns, você vai saber sobre o tubulão a céu aberto, e de graça!

Desde já lhe digo, o tubulão a céu aberto é umas das fundações mais utilizadas em todo o Brasil, e isso se deve graças ao seu processo executivo um tanto simples e de baixo custo na hora da execução.

Esse método é uma boa solução para suportar grandes cargas, porém, por causa da natureza da sua execução (embaixo da terra), pode ser perigoso para os operários.

Quer saber mais? Acompanhe-me.

O que é tubulão a céu aberto

Tubulões são elementos de fundação profunda que podem ser escavados manualmente ou por meio de máquinas, sua função é transmitir as cargas estruturais para o solo.

Alem disso, os tubulões consistem no encamisamento da estrutura do fuste com anéis de concreto ou tubos feitos de aço. Podem ser feitos a céu aberto (com e sem escoramento) e a ar comprimido (com revestimento metálico ou de concreto).

Os elementos do tubulão a céu aberto são por adquiridos por meio de escavações previamente executadas, sendo preenchidas com concreto, de seção circular e formato cilíndrico (fuste, base e tronco cônica).

O fuste deve ter no mínimo dimensões de 70 centímetros se caso a execução for feito por um engenheiro civil, senão, a dimensão mínima é 80 centímetros. A função do fuste é de recebimento de cargas nas superfícies e direciona-las para a base do tubulão que é o responsável por resistir aos esforços.

Já a base do tubulão, é o elemento que presta apoio da fundação no solo. As dimensões da base são as mesmas do fuste ou podendo ser uma base alargada, correspondendo com as cargas que a fundação possa sofrer. Essas bases são geralmente circulares ou de forma elíptica.

É bom frisar, a base deve ser apoiada em solo resistente (solos coesivos) para que a construção não afunde dentro da terra. Em certos casos bem específicos, a fuste colabora na capacidade de carga do tubulão, como se fosse uma estaca escavada.

Na hora que as escavações são feitas manualmente, podem possuir base alargada de tronco-cônica, que devem ser executados a acima do nível da água e de lençóis freáticos, natural ou rebaixado.

Como funciona a construção de um tubulão

Como você já deve ter percebido, a construção do tubulão é praticamente trabalhado em um buraco funda na terra, portanto, é um trabalho que necessita vários tipos de cuidados para evitar que os trabalhadores sofram acidentes que podem causar mortes ou desmembramentos.

1 – O buraco

A escavação é a primeira parte da construção de um tubulão. Esses buracos podem ser escavados tanto através de maquinários ou manualmente.

A escavação feita manualmente é onde mora o perigo, já que como os buracos podem chegar a ter mais de 10 metros de profundidade, é necessário seguir procedimentos de segurança para evitar acidentes.

Durante a escavação, é sempre importante observar as paredes do fuste, para assim identificar possíveis sinais e processos de desmoronamento. Se necessário, pode ser utilizado revestimentos metálicos ou de concreto para impedir que o desmoronamento ocorra.

Se caso ocorrerem irregularidades da instalação do sistema, especialmente desalinhamento do fuste e dificuldade de abertura e concretagem da base, serão necessários ações rápidas de correção, pois o tubulão pode sofrer alivio de tensões e perda de resistência do solo por conta de ter ficado muito tempo aberto.

2 – Uma hora ou outra, alguém tem que entrar no buraco

Assim que termina a escavação do fuste, um profissional é requisitado para descer fundo no buraco para fazer o alargamento da base manualmente.

Infelizmente ainda não existem tecnologias eficientes ou baratas pelo qual podem substituir uma pessoa para realizar esse trabalho, que por sinal, é bem perigoso.

Portanto, a realização de procedimentos de segurança e a utilização de epi’s designados para a operação são de extrema necessidade para prevenir que a pessoa não sofra de possíveis acidentes no processo do trabalho adentro da escavação.

O diâmetro da base do tubulão varia conforme a resistência do solo e a carga prevista que o tubulão irá suportar. Quanto maior o peso da carga e menor a resistência do solo, maior será o diâmetro da base. O inverso também funciona de forma parecida, quanto menor a carga e maior a resistência do solo, menor será o diâmetro.

Após executado o alargamento da base de acordo com as dimensões prevista, é necessário à realização de limpeza da base para retirar terras soltas e impureza do solo.

É, um trabalho nada amigável, mas necessário.

3 – Tudo de acordo?

Assim que acaba o processo de alargamento e limpeza da base pelo Professional, um engenheiro ou responsável da obra necessita descer dentro do poço para verificar se tudo está de acordo. Aonde é conferido as dimensões da base e o ângulo formado entre o fuste e a base.

4 – Armadura

Aqui é o processo de posicionamento das armaduras do tubulão. As armaduras são muitas vezes feitos no fuste do tubulão, sendo raro seu uso na base do tubulão.

Tem que prestar um enorme cuidado na hora de colocar a armadura do fuste para que não caia torrões de solo dentro do tubulão. Quando a armadura conseguir penetrar na base, ela deve ser projetada de tal modo a permitir a concretagem apropriada para a base, devendo existir aberturas na armadura de no mínimo 30×30 cm.

5 – Por último, o concreto

Finalmente chegou a hora de o concreto fazer seu papel principal, a concretagem. Ela deve ser feita imediatamente depois da conclusão da escavação. O concreto utilizado deve estar conforme o indicado no projeto, sendo o Fck mínimo indica no NBR 6122 de 20 MPa.

Aliás, não jogue o concreto a partir da entrada, não, a vida não iria permitir que fosse assim tão fácil. Como o poço pode ser bastante fundo, lançar o concreto direto dentro pode desagregar os materiais e tornar seu concreto quebradiço (ou seja, ele irá perder a resistência), sendo necessário a utilização de bomba de lançamento ou um tubo tremonha.

Conclusão

Viu como é fácil fazer, né?

Mas primeiramente, é um trabalho perigoso por conta dos possíveis desmoronamentos, quedas dentro do poço e outras casualidades, sendo necessário todo o cuidado possível. Um tubulão de céu aberto bem feito é capaz de segurar grandes estruturas e cargas, além de ser um processo barato e relativamente fácil.

Espero que tenha aprendido bastante com esse texto, até a próxima!

Write A Comment