No Brasil ainda é difícil apontar apenas um estilo de decoração que traduza por completo o nosso gosto, até porque os brasileiros adoram misturar um pouco de tudo. Afinal, somos um caldeirão de diversidade em todos os sentidos, até mesmo para decorar os ambientes. Mas atualmente, o estilo escandinavo tem chamado bastante atenção e conquistado muitos adeptos no nosso país.

Embora o estilo seja nórdico e de conceito primariamente minimalista, de frio e austero ele não tem nada. Pelo contrário, ele é capaz de imprimir conforto e aconchego mesmo de forma simplista.

Pois, com suas características próprias inconfundíveis em priorizar os tons claros, as linhas retas, a iluminação natural e a amplitude do espaço, sempre com um toque personalizado e afetivo, o estilo escandinavo se encaixa perfeitamente no estilo de vida moderno e atual, mesmo que estejamos do lado de baixo dos trópicos.

Na verdade, em um mundo onde os espaços estão ficando cada vez menores, a necessidade por otimização onde a praticidade e a funcionalidade das formas se fazem necessárias, o estilo escandinavo cai como uma luva.

Mais do que para quem busca um estilo básico, minimalista e moderno para decorar a sua casa, esse estilo nórdico pode ser a solução para muitos ambientes que sofrem com a falta de espaço e de luz.

Como uma das suas principais características desse conceito é agregar a natureza ao ambiente e misturar materiais diferentes, texturas e estampas onde a cor branca e os tons neutros predominam, é possível ampliar e iluminar os espaços com muita criatividade, resultando em uma composição acolhedora, relaxante e muito agradável.

Ficou curioso? Então pode deixar que vamos explicar tudo sobre este estilo de decoração super estiloso, que pode ser aplicado em todos os cômodos da casa para deixar os ambientes bem mais aconchegantes. Confira!

De onde vem o estilo escandinavo?

O estilo escandinavo vem da região nórdica do Norte da Europa no século XX.
O estilo escandinavo vem da região nórdica do Norte da Europa no século XX.

O estilo escandinavo surgiu no início do século XX em referência à região da Escandinávia, localizada no norte da Europa e que abrange os países da Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia, as ilhas Faroé e a Islândia.

Apesar do estilo ter sido fortemente influenciado pelo clima local, por conta das muitas horas de escuridão e invernos prolongados, além de ter embasamento nas características artesanais da região e na paisagem local, uma de suas maiores inspirações veio da decoração da casa de um casal de artistas suecos da época, Karin e Carl Larsson, que viviam na cidade de Sundborn.

Carl Larsson ficou conhecido pelas suas pinturas que retratavam sua vida familiar com a esposa em um ambiente moderno e cheio de vida, com muitos elementos em madeira, tons neutros, plantas e toques pessoais de objetos feitos à mão.

A residência dos artistas logo virou referência do estilo escandinavo, pois Karin aplicava suas habilidades no design de interiores de um jeito muito pessoal, e as pinturas e os livros de Carl retratando o cotidiano da família nesse ambiente iluminado e vivo tornou o estilo um dos mais famosos do mundo.

Mas afinal, como é o design escandinavo?

O estilo escandinavo prioriza o conceito minimalista, os espaços amplos e a iluminação natural.
O estilo escandinavo prioriza o conceito minimalista, os espaços amplos e a iluminação natural.

A decoração de interiores da atualidade deve inspirar versatilidade, já que os espaços estão cada vez menores e a funcionalidade e praticidade dos objetos e mobiliário se tornam fundamentais para uma boa convivência nos ambientes criados.

Inspirado em referências nórdicas, nas características do artesanato regional e na paisagem ao redor, o estilo escandinavo também contou com uma forte influência do clima local, por conta das muitas horas de escuridão e invernos prolongados.

Por isso, além da disciplina e organização do espaço, os ambientes deveriam priorizar a iluminação natural e a simplicidade para conseguir passar uma sensação de leveza, tranquilidade e aconchego, a fim de amenizar as temperaturas sombrias dos longos invernos da região.

Para isso, os grandes aliados da decoração são os ambientes amplos preenchidos cuidadosamente com móveis de linhas simples e sóbrias em um conceito clean e minimalista.

Além disso, a luminosidade natural deve ser intensificada por muitas janelas e pelo uso de cores claras e pálidas, com destaque para o branco. Já a simplicidade dos objetos decorativos devem ser acentuados por um ar mais despojado e natural, além dos revestimentos darem um toque rústico para trazer aconchego ao ambiente, como a madeira.

Principais características do estilo escandinavo

O estilo escandinavo tem como características os espaços amplos, iluminação natural, cores neutras, materiais naturais, etc.
O estilo escandinavo tem como características os espaços amplos, iluminação natural, cores neutras, materiais naturais, etc.

Como a simplicidade deve reger a decoração do ambiente, a ambientação tem que ser básica, aconchegante e passar uma sensação tranquila e agradável.

Para isso, o estilo sempre utiliza uma paleta de cores neutras com maior predominância do branco, mesclada com tons mais vibrantes nos objetos para quebrar a monotonia, misturando o tradicional e o moderno para trazer muita personalidade.

Normalmente, os detalhes em madeira contribuem para deixar a decoração mais confortável e aconchegante, podendo estar presente de várias maneiras diferentes, como nos pisos, nos pés dos móveis, estantes, bancadas, tampos de mesa, vigas e colunas, entre outras opções.

Além disso, vários itens decorativos usados para preencher os ambientes nesse estilo costumam ser confeccionados em cerâmica, fibras naturais, ferro e vidro. Veja abaixo as demais principais características que fazem parte do estilo escandinavo:

Paleta de cores neutras

Como já foi dito acima, além da predominância do branco, os tons claros e neutros também contribuem para a ampliação dos espaços para manter a luminosidade dos ambientes.

O branco vai trazer esse toque de elegância e simplicidade ao mesmo tempo, pois com esse fundo o ambiente fica mais leve e também adquire um aspecto mais amplo, facilitando a difusão de luz.

Além do branco, em geral a paleta de cores nestes ambientes não vão muito além do off-white, bege, nude, cinza, marrom e detalhes marcantes em preto. Mas para quebrar a sobriedade provocada pelo excesso de branco e cores muito neutras, é possível também utilizar uma paleta de cores pastéis ou mais marcantes em alguns elementos e detalhes.

As famosas candy colors, tons de azuis e verdes, vermelho queimado ou vinho, castanhos e tons terrosos, vermelho, amarelo, podem contribuir para que o resto da decoração se sobressaia.

A ideia é focar na simplicidade e no conforto, misturando os tons de forma equilibrada com as cores dos materiais usados, como os tons cru da madeira e cerâmica, do couro, metal e lã, por exemplo.

Simplicidade de composição de elementos

Para compor um ambiente no estilo escandinavo, os elementos utilizados devem indicar simplicidade ou até improviso, como deixar conduítes de iluminação aparente, lâmpadas penduradas por um fio e quadros encostados no chão e nas paredes.

O contraste de móveis modernos de linhas retas e design simples com detalhes clássicos e vintage de peças mais rústicas e envelhecidas também fazem parte desta composição. Pontuar elementos em ferro fundido, cobre ou esmaltados em preto, como nas luminárias também ajudam a compor um cenário simplista.

A madeira de demolição e móveis descascados ou com aparência envelhecida são outros exemplos que podem ser incorporados nessa mistura.

Iluminação natural

A luminosidade tem um papel de protagonismo na decoração escandinava. Afinal, as regiões nórdicas possuem invernos longos e escuros e, por esta razão, as cores dominantes deste estilo são o branco e os tons claros e neutros, que ajudam a iluminar os ambientes.

Os tetos das residências que seguem um projeto escandinavo costumam ser altos e as habitações espaçosas para auxiliar a ampliar e iluminar os cômodos.

Isto também explica a razão para usar materiais também em cores claras, assim como as janelas largas e amplas, para proporcionar uma iluminação externa natural mais efetiva.

Na falta de janelas suficientes e iluminação natural abundante, pode-se abusar de luminárias com iluminação difusa com lâmpadas de luz branca com boa intensidade, para transformar o espaço em um ambiente leve.

Para isso, o ideal é usar luminárias que geram uma iluminação parelha por todo o cômodo, como os plafons, evitando as luminárias com foco fechado, que produzem muitas sombras e ambientes dramáticos.

As paredes brancas irão ajudar a rebater a luz, mantendo o ambiente bem iluminado. Além disso, aposte em vidros para ganhar amplitude e aumentar a reflexão da luz, evite cortinas pesadas, preferindo modelos de tecidos claros e fluidos para não impedirem a passagem da luz no ambiente.

Incorporação da natureza

A maioria dos ambientes no estilo escandinavo incorpora itens da natureza como forma de trazer a tranquilidade para dentro de casa. As plantas são os maiores exemplos e elas podem ser usadas de diversas formas no ambiente: em vasos no chão, em pequenos canteiros, mini hortas, penduradas no teto, em prateleiras, etc.

Se você não tem tempo para cuidar de plantas, hoje é possível investir em versões artificiais ou em espécies que não demandam tantos cuidados, como as suculentas e cactos.

Além das plantas, existem outras maneiras de trazer a natureza pra dentro de casa e dar um toque natural ao ambiente. Um exemplo é utilizar de peças e itens artesanais, como o tricô, crochê e as cestarias. Além disso, tecidos como a lã, o linho e o algodão, além dos estampados florais e folhagens também são ótimas opções.

Os materiais e as texturas de origem naturais e artesanais por conta da história desse estilo, são fundamentais no ambiente. Nesse sentido, a madeira, as pedras, tijolos aparentes, o vidro e a cerâmica também criam a impressão de um ambiente despojado e alegre.

Por isso, é comum o piso de um ambiente escandinavo original ser de madeira e, de preferência, clara. É ela a responsável pelo toque mais rústico do ambiente e aconchego. Além disso, invista no visual industrial de canos e fios expostos nas paredes, materiais como couro e metal.

Mobiliário de formas simples

Seguindo a mesma ideia de simplicidade dos elementos básicos na decoração escandinava, os móveis não poderiam ser diferentes. Por isso, o mobiliário usado nos ambientes em estilo escandinavo devem ter formas simples e linhas retas, sendo atemporais.

Além disso, eles devem ser os mais funcionais possíveis e podem ser combinados à formas mais curvas e suaves, para que os espaços fiquem acolhedores e marcados pelo equilíbrio.

Isso não significa que você não pode usar móveis rústicos, em madeira de demolição ou madeira envelhecida. Pelo contrário, essas peças podem ser mescladas a móveis e peças mais modernas.

Como aplicar o estilo escandinavo nos ambientes

Você pode aplicar o estilo escandinavo em todos os ambientes da casa.
Você pode aplicar o estilo escandinavo em todos os ambientes da casa.

Há diversas maneiras de se criar uma atmosfera inspirada no estilo escandinavo, basta começar com uma base neutra, abusando do branco, cinza e bege e combiná-la com elementos naturais e outros levemente envelhecidos pelo tempo.

Como vimos, o estilo nórdico é essencialmente minimalista, portanto, esqueça os excessos e elementos rebuscados. Adote a simplicidade como seu principal objetivo e complete com móveis funcionais em madeira clara, objetos compactos, deixando sempre espaço livre para a circulação no ambiente.

Não se esqueça de que neste tipo de decoração a iluminação natural deve estar sempre presente, seja através de janelas, cortinas leves ou as luzes artificiais, para não criar sombras ou escurecer o ambiente. Veja como aplicar a decoração em estilo escandinavo em cada ambiente da casa:

Salas escandinavas

Para a decoração da sala, você pode apostar nos pisos brancos ou bem claros, como os de madeira pintado de branco ou de madeira clara. Combine o piso com sofá de linhas retas e formas simples, nas cores cinza, bege ou branco, dando destaque para as almofadas estampadas e mantas.

Você pode esticar um tapete na área para dar uma sensação de aconchego, completando a decoração com outros móveis em madeira rústica clara e objetos soltos pela sala. Espalhe cores pela sala através de quadros, fotografias, livros, plantas ou acessórios coloridos.

Toda essa composição vai trazer vida, aconchego e conforto ao ambiente, mas não se esqueça de dar um toque especial com a sua personalidade e estilo de vida através dos detalhes para complementar a decoração.

Quartos em estilo escandinavo

Nos quartos, a regra é a mesma. As paredes podem se manter brancas, o piso claro e os móveis em madeira e ferro. Além disso, use roupas de cama claras, priorizando o aconchego, a simplicidade e o conforto natural.

Abuse de mantas e tapetes de pele ou fibras naturais para complementar o visual. Peças em tricô, crochê e macramê ficam lindos na decoração. Além disso, o armário pode ser substituído por araras de madeira clara ou de ferro, com prateleiras retas. Se for possível, mantenha as janelas grandes para garantir a luminosidade.

Quartos de bebês e infantis

Os quartos de bebês e infantis também podem ser decorados no estilo escandinavo, utilizando as cores claras e neutras nas paredes e nos móveis em tons de madeira natural.

As almofadas e cortinas podem seguir a mesma ideia da sala, para dar algum destaque, além de quadros, molduras tapetes e outros elementos que remetem à decoração típica de países nórdicos.

Os quartos infantis costumam fazer uso de elementos decorativos com imagens simples de animais, flechas, árvores e outros elementos da natureza e do estilo de vida nórdico. Você pode usar até papel de parede com motivos geométricos, como o chevron, as listas, bolas. Mas o mais importante é criar um ambiente acolhedor, bem iluminado e arejado.

Cozinhas escandinavas

As cozinhas escandinavas prezam também pela simplicidade, mas mais do que nunca praticidade e funcionalidade. Em geral, os armários são em madeira branca, com poucos ou nenhum toque de cor.

As bancadas podem ser de mármore branco e o tampo das mesas em madeira de demolição. Além disso, as paredes em tijolinhos expostos, azulejos geométricos, vigas de madeira também são bem-vindos.

Objetos em ferro e outros metais pendurados na parede ou expostos em prateleiras ajudam a dar um toque mais despojado e casual.

Elementos e objetos típicos na decoração

Há vários elementos que devem ser incorporados para criar o estilo escandinavo.
Há vários elementos que devem ser incorporados para criar o estilo escandinavo.

Já sabemos que a proposta decorativa do estilo escandinavo é composta por elementos rústicos e naturais, cores claras, móveis leves de formas simples e linhas retas e sem excesso de detalhes, para valorizar a simplicidade característica fundamental do estilo.

Outro fator importante na decoração escandinava é misturar móveis vintage e clássicos com objetos contemporâneos, em uma combinação do estilo tradicional com o moderno.

Conhecendo as principais características do estilo escandinavo, você vai poder adotá-lo por inteiro na casa toda ou apenas criar uma atmosfera nórdica através da composição de alguns elementos típicos da decoração, como tapetes de pele, mantas de lã, almofadas de linho, peças de cerâmica e vidro.

E não se esqueça de priorizar a iluminação natural abundante e criar uma atmosfera casual e despojada com algumas peças fora de lugar ou soltas pela casa. Confira mais alguns itens que não podem faltar na decoração em estilo escandinavo:

1. Madeira:

A madeira pode deve estar presente nos móveis, em revestimentos, bancadas, prateleiras, tampos de mesa, pisos e objetos espalhados pela casa. A madeira cria a sensação de aconchego ao redor da composição neutra, e pode estar envernizada ou pintada de branco com o pinho, acre, faia ou carvalho.

2. Tecidos naturais:

Os tecidos de fibras naturais são utilizados para quebrar a “frieza” do ambiente predominantemente branco das paredes, do piso e da mobília. Bons exemplos são a lã, o linho, o algodão e as peles em forma de mantas, almofadas, poltronas, tapetes e até cadeiras.

3. Plantas silvestres:

As plantas são elementos obrigatórios para incorporar a natureza nórdica ao ambiente decorado em estilo escandinavo. Você pode usar arranjos florais, heras, pequenas árvores, folhagens ou até folhas secas. Se você não tiver tempo ou jeito para cuidar, os cactos e as suculentas são excelentes opções.

4. Luminárias:

Como a luminosidade é parte integrante do conceito nórdico, as luminárias podem ser amplamente exploradas em todos os ambientes, inclusive em cores fortes ou com os fios à mostra para dar um toque moderno e industrial. Assim, use e abuse das luminárias no chão, na parede ou no teto.

5. Janelas grandes:

A iluminação natural tem papel de destaque no estilo escandinavo. Por isso, se for possível mantenha as janelas livres, sem cortinas. Se não for possível, utilize sempre cortinas leves e fluidas, que não impedem a luz de entrar no ambiente.

6. Quadros:

No estilo escandinavo, os quadros não precisam ser pendurados na parede. Você pode providenciar canaletas para eles ou encostá-os na parede mesmo no chão. Mas se quiser misturar algumas molduras na parede, faça composições de paisagens, grafismos e frases, em branco e preto.

7. Cerâmicas e vidros:

Para criar uma decoração leve e ao mesmo tempo agradável, invista em cerâmicas e vidros de cores neutras, seguindo os tons nórdicos com base no branco, cinza e bege.

8. Espaços liberados:

Para que o estilo escandinavo funcione, você deve manter a simplicidade na decoração deixando os espaços livres, desobstruídos, limpos e sem muita informação. Portanto, evite encher os ambientes com excesso de enfeites ou outros objetos decorativos.

9. Formas simples e definidas:

As formas simples com linhas retas e definidas são características fundamentais do estilo escandinavo, e isso se estende à mobília que deve evitar muitas curvas, assim como os detalhes arquitetônicos, como as escadas, por exemplo.

10. Pontos focais:

O estilo escandinavo pode utilizar muito o branco e os tons neutros, mas isso não quer dizer que você não possa quebrar a monotonia com pinceladas de cores vibrantes em alguns móveis ou em detalhes para incrementar a decoração, como almofadas, quadros, mantas.

11. Piso claro:

Embora a madeira seja o revestimento para o piso mais utilizado, você pode escolher cerâmica, cimento queimado, laminado, desde que a preferência seja de cores claras.

12. Elementos industriais:

A atmosfera rústica e industrial compõe muito bem os ambientes em estilo escandinavo. Para isso, abuse de luminárias com fios à mostra, canos expostos, quadros encostados na parede, materiais em ferro e metais, como o cobre.

13. Combinação P&B:

Já que o branco deve predominar, nada mais justo que combinar o preto para criar contraste. Ele pode vir nos pés de mesas e cadeiras, mãos francesas das prateleiras, luminárias, canos, etc.

14. Tons de cores vibrantes:

Embora o branco seja a cor oficial e os contrastes bem vindos, assim como nos pontos focais, as cores vibrantes ou o azul também tem grande apelo neste estilo, já que eles se sobressaem diante da combinação P&B e tons neutros. Eles podem estar presentes em objetos, almofadas, molduras, entre outros.

15. Números e gráficos:

Por incrível que pareça, quadros ou calendários com números e gráficos se destacam nas paredes brancas e criam texturas bastante agradáveis. Os grafismos e posters com imagens simples, silhuetas e frases possuem o mesmo efeito.

16. Ripas e colunas:

As ripas de madeira, dormentes e colunas de cimento ou revestimentos harmonizam com as cores neutras, dando uma sensação de aconchego ao ambiente e criando focos de interesse, além de texturas.

17. Lareiras:

Caso você tenha espaço disponível na sala ou no quarto, a lareira vai dar aquele toque especial de aconchego, tudo a ver com o clima nórdico. Mas invista em formas simples e retas, nada de lareira rebuscada. O cimento e os tijolos aparentes combinam bastante.

Ideias para se inspirar na decoração escandinava

Se você tem um estilo de vida mais clean, aprecia a luz natural e gosta de cores mais básicas, o estilo escandinavo vai poder ser incorporado a qualquer ambiente na sua casa e transformá-lo em um lugar mais leve, agradável e aconchegante.

Mas, lembre-se de acrescentar toques da sua personalidade ao ambiente para que sua decoração seja única, imprimindo seus gostos e o seu modo de viver.

As imagens abaixo trazem várias ideias baseadas no estilo escandinavo para estimular a sua criatividade em decorar todos os ambientes: cozinhas, banheiros, quartos, salas, home office. Confira abaixo!

A sala utiliza tons de cinza no mobiliário, objetos decorativos e parede de cimento queimado para ambientar a decoração no estilo escandinavo.
A sala utiliza tons de cinza no mobiliário, objetos decorativos e parede de cimento queimado para ambientar a decoração no estilo escandinavo.
Essa sala utiliza vários elementos do estilo escandinavo: lareira, luminária de metal pendente, materiais naturais, paredes brancas e tons neutros com splashes de cores cítricas e preto para contraste.
Essa sala utiliza vários elementos do estilo escandinavo: lareira, luminária de metal pendente, materiais naturais, paredes brancas e tons neutros com splashes de cores cítricas e preto para contraste.
Sala de estar em tons neutros com pouca adição de cor, mas vários elementos naturais.
Sala de estar em tons neutros com pouca adição de cor, mas vários elementos naturais.
Essa cozinha em estilo escandinavo faz uso de madeira em tons claros alternando com branco.
Essa cozinha em estilo escandinavo faz uso de madeira em tons claros alternando com branco.
O azulejo imitando concreto aparente branco contrasta com o tampo de madeira da mesa e piso de tábua larga.
O azulejo imitando concreto aparente branco contrasta com o tampo de madeira da mesa e piso de tábua larga.
O quarto segue a arrumação bem despojada com livros no chão, pintura descascada na parede e luminária de metal pendente, características do estilo escandinavo.
O quarto segue a arrumação bem despojada com livros no chão, pintura descascada na parede e luminária de metal pendente, características do estilo escandinavo.
Este apartamento segue à risca o estilo escandinavo em tons neutros, cimento, piso de madeira, mesa com pés de metal, luminárias aparentes e molduras em P&B com grafismos.
Este apartamento segue à risca o estilo escandinavo em tons neutros, cimento, piso de madeira, mesa com pés de metal, luminárias aparentes e molduras em P&B com grafismos.
As listras em P&B combinam com ambiente sóbrio deixando tudo mais interessante e aconchegante.
As listras em P&B combinam com ambiente sóbrio deixando tudo mais interessante e aconchegante.
As janelas amplas com os tons neutros da sala, pontuados com alguns focos de preto nos estofados e luminária harmonizam a decoração em estilo escandinavo.
As janelas amplas com os tons neutros da sala, pontuados com alguns focos de preto nos estofados e luminária harmonizam a decoração em estilo escandinavo.
A sala posta em cores pastéis e pufe violeta para contrastar com as cores neutras do estilo escandinavo.
A sala posta em cores pastéis e pufe violeta para contrastar com as cores neutras do estilo escandinavo.
Aqui o amarelo adiciona o contraste com o resto das cores neutras e o branco das paredes e tijolos aparente.
Aqui o amarelo adiciona o contraste com o resto das cores neutras e o branco das paredes e tijolos aparente.
A cozinha escandinava aposta no branco e preto para pequenos contrastes e ambiente marcante.
A cozinha escandinava aposta no branco e preto para pequenos contrastes e ambiente marcante.
O quadro enconstado na parede de tijolos aparente sobre o aparedor preto são características do estilo escandinavo.
O quadro enconstado na parede de tijolos aparente sobre o aparedor preto são características do estilo escandinavo.
A madeira de tom claro junto ao ambiente de paredes e piso brancos com alguns contrastes em preto reforçam o estilo escandinavo.
A madeira de tom claro junto ao ambiente de paredes e piso brancos com alguns contrastes em preto reforçam o estilo escandinavo.
As janelas enormes e as vigas de madeira são elementos muito presentes na decoração em estilo escandinavo.
As janelas enormes e as vigas de madeira são elementos muito presentes na decoração em estilo escandinavo.
O piso de madeira clara, os tons de bege e móveis brancos com almofadas estampadas criam um ambiente aconchegante.
O piso de madeira clara, os tons de bege e móveis brancos com almofadas estampadas criam um ambiente aconchegante.
Quarto minimalista de linhas retas e tons cinza com piso de madeira e painéis de vidro são elementos do estilo escandinavo.
Quarto minimalista de linhas retas e tons cinza com piso de madeira e painéis de vidro são elementos do estilo escandinavo.
A parede em tijolos aparentes misturada com os tons neutros, piso geométrico de cor bege e poucos elementos em preto e metal são elementos sempre presentes no estilo escandinavo.
A parede em tijolos aparentes misturada com os tons neutros, piso geométrico de cor bege e poucos elementos em preto e metal são elementos sempre presentes no estilo escandinavo.

Write A Comment