Paredes finas e ocas conseguem, com facilidade, transmitir o barulho para qualquer cômodo próximo, sendo possível até mesmo ouvir conversas alheia dos vizinhos ao lado do seu apartamento. Infelizmente, esse tipo de obra é adotada por muitas construtoras devido ao seu baixo custo, tornando a vida quieta daqueles que não fazem uso do isolamento acústico caseiro, numa vida atormentada por barulhos irritantes.

Isso piora ainda mais em lugares próximos a obras em construção ou em apartamentos de paredes e pisos que facilitam a propagação do barulho, fato que pode atrapalhar o sono e o conforto do seu lar.

“Mas precisarei demolir toda a minha casa para construir uma focada em isolamento acústico?”

Você até pode, mas não precisa chegar a tanto.

Embora não seja possível anular completamente o excesso de barulho, com algumas ações, você pode, sim, diminuir o som vindo de fora.

Não acredita?

Prossiga sem precaução!

Isolamento acústico caseiro?

Imagine viver perto de um canteiro de obras…

Embora seja possível escolher uma casa focada apenas em isolamento acústico, como por exemplo, construir paredes espessas para evitar a propagação do som, ainda existem materiais específicos para esse mesmo trabalho; como mantas de isolamento no interior da casa, vidros duplos, portas e janelas com vedação, entre diversos outros.

Em casos de reverberação do som, o famoso “eco”, sabe o que seria um bom isolamento acústico caseiro? Tapetes, painéis de madeira, até mesmo poltronas ou cortinas! O eco se propaga bem em superfícies que sejam lisas, causando a reverberação. Por isso, o uso de materiais peludos e macios são importantes para evitar a propagação do eco.

E se tem ar, tem som. Por isso, outra dica para fazer um isolamento acústico caseiro é tentar vedar a entrada de barulho. Como fazer isso? Troque as janelas por caixilhos acústicos de PVC ou de alumínio, compostos por vidros duplos ou triplos, mas cuidado! Essas janelas tem um valor mais salgado em comparação a janela comum.

Se sua casa tiver portas em madeira compensada oca, considere trocá-las por outra porta de madeira maciça, tendo em vista que ela vibra bem menos quando comparada a outra, e ainda vem o bônus de uma proteção mais forte contra invasões.

Se quiser uma opção mais econômica, mas que ainda assim consiga diminuir o som, tente usar persianas em forma de rolo ou cortinas de tecido tipo linho ou veludo.

Paredes silenciosas

Paredes silenciosas evitam que o faladeiro do vizinho chegue aos seus ouvidos.

Se o seu problema é com paredes finas ou ocas, então o recomendado é apostar no uso de produtos como placas de lãs de rocha, revestimentos especiais, painéis de madeira, revestimento de gesso acartonado ou até mesmo tapeçarias. Ah, e não se esqueça, você deve pensar no isolamento acústico caseiro como um conjunto de métodos do que como apenas um único método, portanto, não se foque apenas nas paredes.

Em quesito de construção, como já foi dito anteriormente, paredes espessas funcionam bem. Contudo, tijolos maciços, lã de vidro e paredes Drywall, principalmente preenchidas com revestimento acústico interno, diminuem bastante o barulho no ambiente.

Piso sem ruído

Cansado do barulho de sapateado ou do som das unhas do cachorro tocando no piso do andar superior? Ou você não quer vizinho do andar de baixo reclamando dos seus passos?  Principalmente quando seu piso for um piso frio, como os de porcelanato, que provoca muito eco?

“Piso frio? Que papo é esse?”

O piso frio tem esse nome por dar uma sensação de mais frescor na casa e ainda conduzir bem o calor. Os tipos de pisos que se enquadram nessa categoria são cerâmica, porcelanato, lajota, cimento queimado, ladrinho hidráulico, mármore, granito e outros tipos de pedras. Mas…

…Como já falamos anteriormente, superfícies lisas propagam bem o eco. Por isso, se sua casa for de piso frio é importante fazer uso de um revestimento denso para isolamento acústico, como carpetes, tacos de madeira, mármores ou pisos vinílicos.

Agora, na questão sobre reformas ou construção de pisos voltados para isolamento acústico, antes de instalar o piso e depois do contrapiso, recomenda-se aplicar mantas acústicas sobre a laje. Após disso, instale os “pisos flutuantes”, como os laminados e a madeira, que já possuem a opção de instalação com mantas acústicas.

Contudo, existem alternativas de manta para pisos cerâmicos e porcelanatos, como a cortiça aglomerada. Se o piso da sua casa já estiver pronto, aposte no uso de tapetes bem felpudos para amenizar o som.

Barulho originado no teto

Você não tem forro ou laje? Então o som da chuva deve lhe parecer como a marcha de 10.000 cachorros com unhas compridas andando sobre o seu teto. Se sua moradia não tiver laje, não deixe direto na telha. A dica aqui é usar uma manta acústica entre a telha e o forro para minimizar a passagem do barulho.

Claro, também tem a opção de adotar o forro acústico, de madeira ou forro de gesso triplo, que se comportam como uma laje.

“Mas eu moro num apartamento…”

Nesse caso, forros acústicos! Existem diferentes tipos de acabamentos, sendo o mais comum os de fibra mineral modulares, com diversos modelos para serem usados no seu apartamento.

Barreira acústica 100% natural

“O que? Uma espécie de suco?”

Bem, não.

Quando digo 100% natural, estou dizendo de uma barreira de vegetação densa e de diferentes alturas. Esse tipo de barreira natural dificulta a propagação do som, além disso, desníveis no terreno cobertos de gramas e vegetação também ajudam nesse trabalho.

“Mas, novamente, eu moro em apartamento, cara…”

Sem problema, jardins verticais ajudam no isolamento acústico caseiro, mas para essa técnica funcionar, você precisa estar atento ao espaço necessário para que se possa forma uma massa densa de folhas, já que não é só um arbustinho que irá dar conta do recado. Além disso, a vegetação precisa ser bem cuidada e podada para que ela não acabe morrendo ou ficando grande demais.

Encerrando

Morar numa casa barulhenta não é diferente de viver com tormento diário. Pense bem, você chega na sua casa depois de um cansativo e maldito dia de trabalho, aí o vizinho do apartamento ao lado começa a fazer uma gritaria como se estivesse brigando com as paredes, não é irritante?

Por isso, adotar métodos para isolamento acústico caseiro é uma boa pedida para garantir um descanso mais tranquilo na sua moradia, afinal, todos precisamos dela.

E aí? Gostou do texto? Então compartilhe com seus amigos e nas suas redes sociais! Talvez eles precisem dessa ajudinha para acabar com os barulhos infernais, mais do que você pensa.

Escreva um Comentário