O uso dos ambientes integrados é cada vez mais comum, já que este modelo de ambiente permite que você tenha uma visão aberta de mais de um cômodo e mais espaço. Um ótimo exemplo deste estilo é o caso da sala dois ambientes, que não há a utilização da parede deixando tudo aberto.

Geralmente neste modelo de decoração, é mais comum as pessoas apostarem na sala conjugada com a cozinha. Entretanto, há outros modelos também que você pode apostar na sala de dois ambientes.

Neste artigo, separamos outros modelos e dicas de como apostar na sala dois ambientes na sua casa e ainda aprender algumas dicas de decoração. Vamos conferir?

 

Sala dois ambientes pequena

Para começar, o primeiro modelo de sala dois ambientes que separamos é no caso de ambientes pequenos, no qual é bem comum. Hoje em dia, muitos apartamentos possuem poucos metros tornando desafiador para os proprietários conseguirem decorar.

Entretanto, para quem passa por essa situação e possui pouco espaço para planejar uma decoração, há também a possibilidade de realizar a sala de dois ambientes, podendo até ser uma forma de economizar espaço.

Sem a utilização das paredes e com o ambiente integrado, a sala fica maior e te traz mais possibilidades do uso de móveis.

Além disso, os móveis servem como uma verdadeira utilidade para separar um espaço do outro criando essa limitação.

Caso você crie uma sala conjugada com a sala de jantar, por exemplo, poderá utilizar um sofá pequeno de um lado e do outro uma mesa de jantar dividindo os dois ambientes.

O uso dos tapetes também podem ser utilizados para delimitar espaço, além de que eles não ocupam nenhum tipo de espaço.

Outra forma de você realizar essa divisão de ambientes em uma única sala é por meio das cores. Para isso, basta você pintar meia parede de uma cor e a outra metade de outra. De um lado você deixa os itens de um determinado cômodo e do outro de outras possibilidades.

Sala dois ambientes retangular

Ambientes que possuem um layout retangular são mais fáceis de projetar, uma vez que você consegue dividir eles ao meio deixando espaços iguais para cada ambiente.

Se tratando de uma cozinha e sala de estar, você poderá utilizar bancadas para criar uma divisão entre ela e a sala. Além disso, essas bancadas serão úteis para realizar refeições quando utilizadas com banquetas para acompanhar.

Além disso, no ambiente retangular, dependendo do tamanho, você também tem a possibilidade de criar três espaços, sendo dois nas laterais e um no meio. Desta forma o cômodo chega a uma ideia próxima a um loft e traz uma sensação incrível no espaço.

Sala dois ambientes simples

Para aqueles que gostam de uma decoração mais simples, minimalista e desejam apostar no modelo de decoração de dois ambientes, isso é possível também. Neste caso, você irá aumentar o espaço de circulação da sala e colocar menos móveis.

Além disso, é importante também que a escolha da paleta de cores seja clean, podendo ser o branco, cinza e a implementação de uma cor pastel da sua escolha.

As decorações minimalista costumam ter ambientes abertos assim como a sala dois ambientes. Desta forma, caso você tenha dúvidas de como realizar isto na sua casa é totalmente válido se inspirar neste estilo de decoração.

Caso você tenha pouco espaço, poderá utilizar poucos itens e optar por alternativas pendentes. Existem muitos móveis e elementos para você colocar na sala que podem ficar pendentes. Assim, você irá seguir a ideia de aumentar o espaço de circulação e ainda conseguir realizar uma decoração simples e bonita.

Modelo de sala dois ambientes com cozinha

Realizar a divisão entre sala de estar e cozinha pode parecer desafiador. Isso acontece porque por um lado a cozinha é um espaço mais claro, que as pessoas utilizam para realizar suas atividades do dia a dia, enquanto a sala de estar é feita para descanso.

Porém, mesmo que isso possa parecer difícil existe essa possibilidade também na decoração de dois ambientes. Neste caso é necessário encontrar um item que seja responsável pela divisão dos espaços de maneira harmônica.

O uso do sofá pode ser uma alternativa interessante para isso, no qual você poderá colocar o sofá no centro do espaço para realizar esta divisão entre os dois espaços. Outra opção que também funciona bem é a utilização das bancadas.

A bancada fica ótima porque ela é mais alta o que auxilia totalmente a divisão dos espaços, principalmente quando você coloca pendentes sobre elas. Esta é alternativa mais comum e bastante utilizada para um ambiente de sala e um modelo de cozinha.

Sala de estar e jantar no mesmo ambiente

O modelo de sala de estar e jantar no mesmo ambiente é a opção mais comum. Em alguns casos, quando as pessoas compram apartamentos pequenos já costuma vir com esta opção, junto com algumas ideias facilitando o processo de inspiração.

Neste modelo, uma das opções é que você separe os dois espaços com a utilização de uma mesa e o tapete, conforme havíamos citados em um dos exemplos anteriores. Para isto, você irá colocar o tapete embaixo da mesa e posicioná-la. Quanto ao espaço que sobrar, será necessário utilizar apenas elementos que compõem uma sala de estar.

Para ficar mais interessante, a utilização das plantas grandes, como o coqueiro, por exemplo, entre os dois ambientes, é uma alternativa válida também. O segredo é você colocar uma planta do lado da outra criando uma divisão entre os dois espaços e ao mesmo tempo realizando uma linda decoração.

Sala em L com 3 ambiente

Por fim, o último modelo que separei para você se inspirar é a sala em L com 3 ambientes. A sala em L nada mais é que um ambiente no qual o seu layout segue o desenho de um L. Este tipo de espaço é fácil de você criar três ambientes já que a ponta do L te ajuda a realizar esta divisão.

Então, por exemplo, no início do L você coloca um ambiente, em seguida outro e na parte que curva você finaliza com um terceiro.

Existem diversas possibilidades de você aproveitar os três espaços, podendo ser uma cozinha, sala de jantar e sala de estar, ou sala de estar, sala de jantar e um home office.

Na hora de definir quais ambientes você irá utilizar, o grande segredo é você simplesmente escolher algo que tenha a ver com a sua necessidade. Sendo assim, você irá conseguir criar uma linda decoração e ainda ter ambientes que sejam funcionais para a sua rotina.

Como dividir sala de estar e jantar

Agora que você já conheceu alguns modelos de sala dois ambientes, está na hora de arregaçar as mangas e colocar as ideias em prática. Então, como a sala de estar e jantar é o modelo mais comum, separamos abaixo como você pode fazer isto na sua casa de maneira prática e fácil.

  1. Tire as medidas do espaço

O primeiro passo para você conseguir dividir a sala de estar e jantar é tirar a medida do espaço. Este procedimento é muito importante, pois não adianta você ter apenas algumas ideias e já querer colocar no espaço que tem disponível. Para isso, é necessário avaliar exatamente quanto você tem para poder dividir os dois ambientes.

Então, pegue uma fita métrica e tire as medidas de todo o espaço. Se possível, peça ajuda de familiares ou amigos para realizar a mediação, para assim conseguir saber exatamente quanto você tem disponível.

2. Divida os dois ambientes

Depois que você tiver as medidas necessárias, o próximo passo será separar os dois ambientes. Nesta etapa, saiba que não necessariamente eles devem ser divididos pela metade, o importante é que você avalie a sua necessidade para cada espaço para realizar a divisão.

Além disso, um sugestão é que você desenhe o layout da sua sala para então dividir. Você não precisa ter conhecimento técnico para realizar este passo, será apenas uma base para que fique mais fácil de visualizar como irá ficar.

 

3. Faça uma lista dos móveis que serão utilizados

Assim que você realizar a divisão dos ambientes poderá começar a pensar nos móveis que irão entrar. Nesta etapa será necessário ter todas as referências para você imaginar como vai posicionar os móveis.

Um fator muito importante que é necessário levar em consideração também, é que você precisa pensar em móveis que combinem entre si, que sejam funcionais e decorativos.

Muita das vezes as pessoas comprar um móvel porque acham bonito, mas não conseguem identificar como ele irá ficar posicionado com os outros elementos do local. Sendo assim, se atente a isso também na hora de realizar a projeção do ambiente.

4. Pense na paleta de cores

A paleta de cor que você irá utilizar deve ser definida e você poderá pensar na possibilidade de dividir o ambiente com as cores, contanto que todas elas combinem entre si.

Uma alternativa, é optar por pintar as paredes em um tom mais claro para deixar as cores fortes nos elementos do espaço.

Mas caso queira realizar a divisão de ambientes com as cores, você poderá pintar a parede principal da sala de estar de um tom pastel e o restante de branco. Assim irá criar uma divisão com a cor e com o sofá que irá ficar posicionado nesta parede.

5. Mão na massa

Por fim, depois de realizar este processo já poderá começar a colocar a mão na massa. É importante que você vá posicionando um móvel de cada vez e visualizando como o ambiente está ficando.

Além disso, não se esqueça que os detalhes de uma decoração é justamente o que faz toda diferença no espaço. Sendo assim, se atente a luz do local, a escolha da luminária, almofadas, quadros, porta-retratos e outros pequenos itens que fazem diferença na decoração.

Write A Comment