Sabe, existe algo chamado stain que é excelente para preservar o estado natural da madeira.

Está vendo a imagem acima? Puro mofo.

Mofo é um amontoado de fungos, que adoram matéria orgânica e a decompõe, a consumindo para que possam fazer sua proliferação pelo resto da casa.

Além de causar esse terrível aspecto de filme de terror de um filme com o personagem Freddy Krueger aparecendo nos seus sonhos (é, eu tinha muito medo desse cara quando era criança), ainda pode provocar vários tipos de doenças para você e sua família.

Os fungos são um dos alérgenos mais comuns e causam diversas doenças em seres humanos, principalmente aquelas rinites irritantes.

Aqui uma pequena lista de doenças que são agravadas por esses fungos:

  • Rinite;
  • Conjuntivite Alérgica;
  • Asma;
  • Micose Broncopulmonar Alérgica (MBA)
  • Sinusite Fúngica.

E claro, o stain (o herói desse texto), tem essa poderosa função de proteger a madeira da sua residência contra os mofos. E ainda, ajuda a manter a sua madeira com aspecto liso, bonito, brilhoso e bastante durável.


Veja também:


STAIN! O que é?

Madeira é o material natural de construção mais usado pela humanidade desde os primórdios da idade da madeira pedra. Seja em construção de ferramentas, algum tipo de moradia ou móveis domésticos. Nós a usamos para construir cadeiras, mesas, decks e vigas de sustentação, mas, como todo produto orgânico, ela se deteriora.

Por isso que hoje, fazemos o chamado “acabamento” na madeira. Stain é um desses produtos que são usados nesses acabamentos, salvando a madeira de um triste fim.

Com ele é possível proteger a madeira contra desbotamentos, deterioração, água (hidrorrepelente) e contra fungos (fungicida), assim como uma bom herói de quadrinho americano deveria ser com as pessoas em geral.

Assim evitando trincas, rachaduras, farpas, apodrecimento e alteração de cor. Sua aplicação forma uma fina película que não racha e nem forma bolhas durante sua utilização.

Além disso, sua estrutura penetra de forma mais eficiente dentro dos poros da madeira, realçando mais sua cor, independente da sua cor original.

Stain VS Verniz, não, eles não são a mesma coisa

Ambos têm funcionalidades e efeitos parecidos. Mas não se engane, existe uma clara diferença entre ambos em questão de proteção e efeito.

O verniz proporciona um acabamento acetinado e brilhante. O produto produz uma película de filme, uma poderosa barreira que protege a superfície contra diversos problemas naturais, como o sol, chuva e a ação oxidante da água do mar.

Ele é indicado para acabamentos em estruturas para ambientes internos e externos, portas, pisos e móveis. O verniz pode ser usado para pré-pintura, aplicado antes do uso do esmalte para terminar o acabamento. Tempo médio de secagem são de oito horas entre as demãos.

Já o stain oferece um acabamento “invisível” e sua principal característica e a preservação da aparência natural da madeira. Além da proteção da superfície do material, realça os veios e nós que caracterizam o estado natural da madeira.

Como muitos agentes decompositores como fungos e bactérias necessitam de um local úmido e escuro para se desenvolverem, a ação hidrorrepelente do stain protege a madeira contra a ação desses microrganismos.

Ele é recomendado em acabamentos para decks de piscina e a ação do sol, também deixa o material menos escorregadio. São recomendadas oito horas de secagem entre as demãos.

Tipos de Stain

Existem dois tipos de Stain para ser usado na madeira, a principal diferença entre os dois é se o Stain é a base de solvente ou se é à base de água.

O Stain à base de solvente ou também chamado de Stain impregnante à base de solvente, leva muito mais tempo para secar do que o de água.

Mas sua principal vantagem em comparação ao outro tipo, é que se torna menos provável que as camadas fiquem desiguais, além de não aumentar o grão na madeira, sendo desnecessário se preocupar em lixar o acabamento.

Já o Stain impregnante à base de água, secará muito mais rápido. Isso faz o seu projeto ser acabado mais rapidamente, mas isso também significa que seu tingimento será definido mais rapidamente.

Outra distinção entre esses dois tipos de Stain, é o fato do Stain à base de água não possui odores ou vapores.

Madeira diferente, exigências diferentes

Toda madeira exibe uma reação diferente a certos Stains. É sempre bom olhar o tipo de madeira que você irá usar no seu projeto para poder escolher apropriadamente o Stain correto.

Existem madeiras mais fáceis e mais difíceis que dificultam ou facilitam a aplicação do Stain, citaremos algumas delas a seguir.

1 – Madeiras fáceis de aplicar

Pinheiros (Pinus)– Pelo seu grão natural ser densamente desigual, ele tem melhor desempenho com stain impregnante leve ou para acabamento.

Carvalho – O carvalho, madeira extremamente popular e recomendável para aplicação de Stain graças aos seus grandes poros que absorvem e retêm o material eficientemente.

2 – Madeiras complicadas de aplicar

Mogno – Por sua cor escura, não é necessário a coloração, mas se quiser manter a compatibilidade dos óleos naturais presentes na madeira, o recomendável é usar stain impregnante à base de solvente.

Aplicação do Stain

O produto deve ser aplicado conforme as instruções em sua embalagem. Mas, se você quiser o máximo de eficiência possível, certos cuidados deverão ser feitos antes da aplicação.

1 – Lixe

A madeira pode apresentar farpas, tintas gastas, e veios desnivelados. Para resolver esse problema, passe uma lixa até que a superfície do material esteja bem lisa e uniforme.

Passe um pano seco para tirar a poeira, deixe-a limpinha, sem nenhum tipo de sujeira.

2 – Use o sentido dos veios

É necessário que você passe o produto no sentido dos veios.

Lembre-se de esperar a secagem (que pode ter duração de 24 horas!) antes de passar outra demão do produto.

3 – Deixe secando

Não coloque nada por cima e nem ao menos ande sobre a parte pincelada de stain, deixe secando por 48 horas para ter certeza que o produto já está seco, para aí sim colocar quaisquer objeto por cima dele.

Conclusão

Materiais orgânicos, mesmo que não pareçam ser tão “orgânicos” assim, como um sólido tronco de árvore ou uma grande e nova tábua de madeira, ainda sofrem com agentes decompositores chamados fungos (mofo). Esse mofo solta poros no ar, que pode fazer muito mal não só para sua mobília, mas também para a saúde da sua família.

Por isso que o uso de stain ou verniz ajudam na prevenção e proteção dos objetos feitos de madeira em sua casa. Além claro, de deixar sua mobília mais charmosa, brilhosa e lisa.

Write A Comment