Cortinas para quarto: mais de 67 ideias e fotos

0 155

Avalie este post

  • 0/5
  • 0 ratings
0 ratingsX
Very bad! Bad Hmmm Oke Good!
0% 0% 0% 0% 0%

A decoração da casa é uma das etapas mais divertidas ao “montar” um imóvel. Com ela, você pode dispor objetos de que gosta, escolher móveis confortáveis, demonstrar sua personalidade. Por isso há tantas opções no mercado, incluindo cortinas para quarto.

As cortinas são peças que podem levar aconchego imenso ao quarto. São capazes também de controlar a temperatura e a iluminação do cômodo. Com as diversas alternativas de tecidos, texturas e instalações, você facilmente pode encontrar aquela que combina com sua casa e bom gosto. Descubra mais sobre as peças!

Tipos de cortina

A primeira etapa para escolher uma bela cortina é definir seu tipo de instalação. Pensando que a peça cobre a janela do quarto, basta que ela bloqueie parte da luz para ser considerada uma boa alternativa. No entanto, esse bloqueio varia de acordo com o tecido e o tipo do acessório.

As cortinas tradicionais, por exemplo, são as “de correr”. As duas partes do tecido se encontram no meio da janela quando deslocados, normalmente deslizando por um trilho. A alternativa é mais interessante se o tecido puder se estender até o chão. Por isso, ela é ideal para janelas que não possuam imóveis posicionados tão proximamente. Essas cortinas são clássicas e aconchegantes.

Já as cortinas do tipo rolô são instaladas de modo a descerem quando são fechadas. Isso por uma peça única de tecido. As persianas fazem o mesmo, ou então podem ser fechadas de modo vertical. Ambas são bastante práticas, mas a peça rolô oferece bloqueio mais prático. Isso uma vez que as persianas são compostas por pequenas tiras de tecido juntas, podendo deixar transpassar parte da luz.

A cortina romana, por sua vez, é muito semelhante a uma persiana, mas com fechamento apenas horizontal. Outra diferença é que as tiras de tecido deste modelo são maiores, com cerca de vinte ou trinta centímetros em cada uma.

A cortina painel, por outro lado, tem fechamento vertical. As tiras de tecido costumam ser maiores que trinta centímetros e, ao ser aberta, a cortina acumula essas tiras em apenas um canto da janela.

Para citar um último modelo, apesar de ainda existirem vários outros, há a cortina conhecida como Double Vision. O acessório é uma espécie de persiana, só que possui duas camadas de tecido. Essas camadas podem ser movimentadas separadamente, criando maior ou menor nível de luminosidade no cômodo.

Cortinas para quarto com blecaute e voil

Outro tipo de cortina que costuma trazer incríveis benefícios é a com blecaute. Essas peças são formadas por tecido mais pesados, grossos, ou então possuem várias camadas de tecido. A alternativa tem grande poder de bloqueio da luminosidade, sendo perfeita para manter o quarto às escuras enquanto você dorme.

É por isso também que o acessório é chamado de corta-luz. O calor do ambiente com blecaute acaba também bloqueado, visto que uma cortina dessa espécie retém até 30% do calor no ambiente externo ao quarto. Além de ser aplicado sozinho, ele pode ser associado a peças de tecido mais leve, que cria um aspecto mais delicado.

Já a cortina de voil é um modelo mais delicado e fluído. Ela é formada pela associação de diversas camadas de tecido fino, que criam uma espécie de véu esvoaçante. O efeito se torna mais bonito se as cores do acessório forem claras.

Cortina para janela de quarto

A variedade de tecidos para uma cortina para quarto é imensa. Para definir a melhor peça, é importante verificar qual o estilo da decoração do cômodo, assim como do resto da casa. Dessa forma, é possível escolher um acessório que não provoque contraste muito grande.

Entre os tecidos pesados, os mais utilizados são o Brim, Seda e Veludo. Os três costumam dar ao espaço aspecto mais luxuoso, e são ideais para bloqueio da luz. No entanto, é necessário cuidado com estes materiais: por serem mais pesados, eles podem dificultar a ventilação natural.

As cortinas de tecido leve, por outro lado, têm efeito mais delicado e fluído. Os mais comuns são o Crepe, a Palha de Seda e o Chiffon. Como não bloqueiam a luz com eficiência, pode ser interessante associá-las a blecautes.

Para aumentar sua comodidade, o mercado também oferece cortinas com acionamento motorizado. Seguindo a tendência de imóveis conectados, o recurso pode ser controlado por meio de tablets e smartphones.

Cortinas para quarto feminino

Quando a cortina é para um quarto feminino, o importante é combinar a peça com a personalidade da mulher. Se seu estilo é mais delicado, as peças mais leves, e principalmente no estilo voil são as mais indicadas. Por terem aspecto mais fluído, essa cortina combina muito com a vibe mais romântica.

No entanto, se a mulher busca luxo ou uma aura mais clássica, o melhor é aderir aos acessórios de tecido pesado. Nesse caso, cores fortes são ainda mais interessantes, podendo ser combinadas com detalhes metalizados. Especialmente detalhes dourados, seja em móveis, na própria cortina ou em bordados.

Cortina para quarto branca

Uma cortina branca para o quarto é sempre uma boa escolha. A peça, independentemente, do modelo, oferece mais leveza ao ambiente e dá visual mais clean, uma vez que a cor é mais clara. Combinar o acessório com outros objetos também é mais fácil, pois a neutralidade do tom permite que cores fortes ou claras sejam bem associadas.

Cortinas para quarto infantil

Para quartos infantis, mais do que a decoração, é fundamental avaliar a segurança da criança. Isso porque o pequeno indivíduo tem o costume de brincar com o tecido, o que causa o risco de sufocação ou outros acidentes. Por esse motivo, é importante evitar reguladores e puxadores muito grandes, pois eles podem ser puxados.

O tecido também pode causar alergias, uma vez que acumula poeira. Nesse caso, o melhor é escolher tecidos de linho sintético, que tem limpeza fácil e não amassa ao ser passado. Peças de PVC e madeira, mais finas e leves, também não acumulam muita poeira, são igualmente recomendados.

Como escolher a melhor peça?

Para definir a melhor cortina, além das cores e modelos, é preciso avaliar seu posicionamento e tamanhos. Se a ideia é utilizar uma cortina que vai até o chão, por exemplo, é necessário ter cuidado com a bainha do tecido. A barra deve ser costurada com aproximadamente um centímetro de largura.

Assim como as cores e estilo, o tipo de suporte do acessório também deve ser pensado de modo a agregar à decoração. O uso do trilho é mais clássico, e requer a existência de algum tipo de acabamento no qual ele possa ser embutido. Já o varão pode oferecer mais elegância e personalidade, uma vez que dá destaque à parte de cima da peça.

A medição da janela, e do chão ao teto, devem ser realizadas várias vezes, para que não haja erros. Assim, a cortina adquirida vai se encaixar perfeitamente. Importante ainda avaliar bastante a qualidade e o preço das peças, pois essas características variam bastante de uma loja à outra.

Cortinas para quarto Mercado Livre

Pensando nos preços, uma boa alternativa é fazer pesquisas de peças no Mercado Livre. Mesmo que o objetivo não seja adquirir a cortina pela internet, essa procura dá grande noção dos modelos e dos preços. Assim, ao se dirigir a uma loja você terá melhor noção do acessório que deseja.

Interior of drawing-room with fireplace 3D rendering

Veja também

white venetian blinds bedroom archives u maxcom wooden argos window treatment ideas wood wooden white venetian blinds bedroom argos window treatment ideas

 

 

 

 

 

Avalie este post

  • 0/5
  • 0 ratings
0 ratingsX
Very bad! Bad Hmmm Oke Good!
0% 0% 0% 0% 0%

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.