Dúvidas de qual o melhor concreto para laje? Sobre como calcular a quantidade certa de concreto que se deve utilizar? Ou até mesmo quais os cuidados tomar quando for aplicar este concreto em sua laje? Sem problemas, nosso trabalho aqui é um só; te ajudar!

Aqui nós te ajudaremos a decidir qual o melhor concreto para laje, como calcular ele e os cuidados que você deve tomar durante sua aplicação. Então, bora lá?

Como escolher o melhor concreto para laje?

Certo, quando dizemos algo do tipo “o melhor concreto para laje”, é claro que não há um único tipo que é o ideal para toda e qualquer obra, não é bem assim que as coisas funcionam.]

O que acontece aqui é que você deve estar sempre atento as peculiaridades da sua obra em questão, e assim conseguir escolher o melhor concreto para a SUA obra, que pode não ser o melhor para uma outra obra, por exemplo. Mas então o que define isto? Quem define isto?

Antes de mais nada, assim como cita a NBR 6118 – Projeto de estruturas de concreto — Procedimento, a especificação de qual concreto utilizar vem já do projeto estrutural da obra, tudo de acordo com as exigências mínimas desta norma em questão. Ou seja, quem define isto aqui é o engenheiro responsável pela obra.

E é claro que o engenheiro não irá apenas abrir um catálogo, escolher um concreto para laje entre as várias opções e pronto, não é bem assim que funciona. Há alguns parâmetros, definidos por Norma, que o engenheiro deve levar em consideração, tais como:

  • A resistência do concreto: Esta é a resistência que o concreto deve possuir após seu tempo de cura, lembrando sempre que está resistência é a compressão. Aqui depende inteiramente do projeto em si, e da peça que está sendo calculada, viga, pilar, laje e fundação devem possuir a resistência diferente, tudo de acordo com seu papel estrutural no todo da obra. Em geral o concreto para laje não necessita de uma resistência elevada, tendo em vista que é nos demais elementos estruturais onde os esforços são maiores.
  • O módulo de elasticidade: O módulo de elasticidade é até quanto aquela estrutura pode se deformar, pegando como exemplo uma viga ou laje que irão receber muito peso, e com isso trepidações irão ocorrer, se elas não se deformarem (um pouco) para acompanhar estas deformações, a tendência é que se quebrem. Entretanto, mesmo que a elasticidade seja importante em todos os elementos estruturais, é na laje onde ela possui um papel maior, tendo em vista que as lajes são os elementos mais deformáveis de uma estrutura.
  • A relação cimento/água: Desde que se tome um cuidado extra para evitar a lixiviação do concreto, essa relação está diretamente relacionada a permeabilidade e porosidade do concreto, ou seja, quanto menor for esta relação, maior será a compacidade apresentada pelo concreto e a durabilidade de toda a estrutura.
  • Agregados e aditivos: Ao escolher um concreto para laje é necessário também estar atento aos agregados (brita 0, 1, 2…) e ao tipo de aditivos que se vá implementar neste concreto, dependendo daquilo que se deseja alcançar.

Cuidados a serem tomados durante a execução

Há alguns cuidados que devem ser tomados durante a execução da laje, de modo que você não tenha uma dor de cabeça no futuro.

Planicidade

A ideia aqui é ter uma superfície plana, isso pois a espessura do contrapiso irá reduzir, minimizando o acúmulo de água sobre a laje enquanto você estiver a executando. E, para garantir uma superfície plana é bom ficar atento na execução das fôrmas (sua qualidade, seu escoramento, seu nivelamento, etc), como também na execução das guias de nivelamento.

Cura

É necessário uma atenção redobrada no processo de cura da laje, tendo em vista que ela é o elemento estrutural que está mais exposta ao ar logo após sua concretagem. Assim sendo, vistoriar e executar o processo de cura para evitar problemas futuros com o concreto é essencial.

E o concreto para laje usinado, vale a pena?

Concreto para laje usinado

Você já deve ter ouvido o termo “concreto usinado” antes, mas sabe do que se trata? É fácil, concreto usinado é aquele concreto preparado por terceiros, colocado naquele caminhão e transportado até o local da obra para ser empregado. Ou seja, isso evita que você faça o concreto para laje no canteiro de obras, mas será que vale mesmo a pena?

Há diversas vantagens em se utilizar o concreto usinado, e para grandes obras ele definitivamente é mais aconselhável do que realizar o concreto no próprio canteiro. Isso pois a qualidade apresentada pelo concreto usinado costuma ser superior, devido ao fato dele ser feito por uma empresa especializada e receber aditivos em sua produção visando seu auxílio.

Outra vantagem está também no tempo ganho em obra, pois literalmente virá um caminhão até a sua obra despejar o concreto para laje em sua laje, isso faz com que em apenas algumas horas você tenha concretado toda a sua laje.

Sua maior desvantagem fica por conta dele ser mais caro do que se você fizesse o concreto no próprio canteiro de obras. Entretanto, é desnecessário falar que para uma grandes construção essa diferença de valores é totalmente justificável e até mesmo ignorada, porém, se você estiver trabalhando numa obra pequena, residencial, própria, então talvez esta opção não seja tão atrativa assim para você.

E lembrando que, na hora de pedir o concreto usinado para empresas, esta é uma responsabilidade do engenheiro responsável, sendo que é ele quem irá definir dados como quantidade, resistência, elasticidade e demais especificações que sejam necessárias. E, se quiser dar uma aprofundada maior sobre o concreto usinado, é só dar uma conferida no vídeo abaixo:

Calculando o concreto para laje

Certo, vamos então ao cálculo da quantidade total de concreto para laje que você precisará. Você vai ver que é um cálculo bastante simples, sem necessidade de você dominar matemática avançada para realizar este cálculo.

Só para começar, e de uma maneira mais genérica, pegando como exemplo uma laje maciça com, digamos, 7 metros de largura, 5 metros de comprimento e 12 cm de altura, basta calcular o volume desta laje para se encontrar a quantidade necessária de concreto.

V = 7 x 5 x 0,12 = 4.2 m³

Então, neste cenário, será necessário 4,2 m³ de concreto, porém, normalmente a medida de concreto é dada em litros, daí é só fazer a conversão: 4,2 m³ = 42000 L e pronto. Simples, né?

Agora, este exemplo apenas é válido para uma laje maciça (tendo em vista que é a mais largamente utilizada), sendo que para demais tipos como laje nervurada, cogumelo, treliçada, BubbleDeck, e demais tipos, o tipo de conta é diferente e um pouquinho mais complexa, aí sim sendo melhor contar com o auxílio de um profissional capacitado.

Ah, e é claro, se você não quiser jogar todos esses dados num papel e ter uma calculadora em mãos, sempre é possível realizar este tipo de cálculo em uma calculadora online que seja específica para calcular a quantidade de concreto para laje. Entretanto, lembre-se sempre que esta calculadora lhe dará resultados em m³, e talvez seja necessário que você os converta para litros.

Conclusão

Certo, agora então você já sabe o que deve levar em consideração quando for definir o melhor concreto para laje, os cuidados que deve tomar durante a execução desta laje e até mesmo a como realizar o cálculo de volume de concreto utilizado.

E, se este artigo realmente lhe ajudou, compartilhe com os amigos, ajude-os também a ficar por dentro de tudo isto!

Escreva um Comentário