Existe uma pergunta que traz dores de cabeça para muita gente, principalmente na hora do revestimento de uma estrutura, sabe qual é essa pergunta? É o tal do “como chapiscar uma parede”.

Primeiramente, saiba que sem um bom chapisco, qualquer revestimento feito posteriormente pode acabar não se aderindo bem, tornando toda a parede frágil e ainda com aspecto de inacabado.

Mas não se preocupe, pois se você está lendo esse texto, já está no lugar certo! Pois falaremos sobre esse curioso processo, além de passos a passsos de como chapiscar parede com qualidade.

Vamos lá?

Continue sem precaução!

O que é chapisco?

O que é chapisco

Uma parede já terminada para receber o revestimento final possui três camadas que são os: chapiscos, o emboço e o reboco. O chapisco é uma mistura de argamassa mais fluida, usada como a primeira camada em uma parede.

Ele tem várias funcionalidades e vantagens, mas a mais importante delas é o fato de proporcionar sustentação para o reboco, em outras palavras, se o reboco for aplicado diretamente numa parede crua é possível que o reboco não tenha aderência à superfície. Portanto, o chapisco é quem proporciona um ambiente áspero na parede que irá ajudar o reboco quando ele for aplicado. Essa técnica é bastante popular em muros ou paredes.

Atualmente existem duas formas de como chapiscar parede, pelo quais são:

  • A artesanal: A massa pode ser preparada pelo próprio pedreiro, seguindo um traço bem especifico com cimento comum, que logo depois é aplicada sobre a superfície da parede.
  • A já pronta: Nesse caso, a mistura já vem pronta e é vendida no mercado em casas de materiais de construção, não sendo necessário que o pedreiro prepare a massa.

Se escolher a opção artesanal, é preciso que o pedreiro saiba muito bem sobre o que ele está fazendo, pois requer bastante atenção na consistência, já que ela não pode ser nem alta ou baixa demais.

Como chapiscar parede não é um trabalho difícil, muitas vezes não prestamos atenção a certos cuidados e acabamos cometendo erros de imprudência, como desperdícios de materiais.  Nós trataremos melhor sobre isso no decorrer do texto.

Como chapiscar parede?

Passo a Passo de como chapiscar parede

Como já fora dito anteriormente, chapiscar paredes é um processo bastante simples, mas isso não quer dizer que cuidados devem ser negligenciados. Decerto, todos nós queremos que tudo saia como o planejado, e o revestimento seja bem sólido e seguro.

Embora existam diversas maneiras de como chapiscar parede, pois cada pedreiro tem o seu próprio jeito para fazer o chapisco, ainda existe uma maneira mais tradicional de se fazer esse método, além também de ser a mais recomendada para profissionais que trabalham na construção civil. A seguir, mostraremos passo a passo desse método mais tradicional.

Passo #1 – O traço

Para aprender a como chapiscar a parede com segurança, primeiramente, devem-se separar todos os materiais requisitados e seguir um traço especifico.

O traço mais comum para chapiscar uma parede, é o 1:3, em outras palavras, uma lata de cimento para três latas de areia. Aliás, a água deve ser adicionada aos poucos durante a mistura dos ingredientes.

Infelizmente, não existe um padrão exato da quantidade de água ser adicionada. Por isso, durante a mistura, se deve ficar atendo, principalmente, a consistência do chapisco.

Um detalhe bem peculiar do chapisco em comparação a outras argamassas usadas em obras (como a de assentamento) é sua massa mais fluída, que facilita bastante a aplicação. Essa fluidez ainda garante uma melhor aderência na hora do emboço.

Se caso estiver inseguro sobre a quantidade de água a ser adicionada, é recomendável utilizar o quanto você está acostumado a adicionar para fazer argamassas na obra, sempre adicionando aos poucos, até que se atinja uma consistência bem fluída, mas com aderência na parede.

Você é engenheiro(a)? Não está ganhando o quanto deveria?
Conheça essa oportunidade no mercado. Vistoria Cautelar de Vizinhança

Clique aqui

Passo #2 – Aplicando

Assim como o passo #1, a aplicação do chapisco é um processo bastante fácil e rápido. Bastando apenas uma colher de pedreiro e um balde ou recipiente para se colocar massa. Entretanto, sempre se lembre de que os blocos precisam ser umedecidos antes do início do trabalho.

Utilizando a colher de pedreiro, pegue o chapisco e lance contra a parede fazendo um movimento diagonal de cima para baixo, usando toda a massa presente na colher. Porém, cuidado: a espessura da camada de chapisco precisa ter entre 3 mm e 5 mm.

Outro cuidado é na dosagem de força para não espalhar demais ou muito pouco.

Outro ponto importante no processo de como chapiscar paredes é não deixar áreas descobertas, onde a base esteja à mostra. Para evitar tal problema, comece a aplicação e só passe para a próxima área assim que tudo estiver coberto.

Ainda é possível utilizar outros tipos de ferramentas para fazer o chapisco, como rolos, desempenadeiras, vassouras e até mesmo bombas especiais – que tornam o chapisco mais eficiente e rápido.

Principais atentos para quando chapiscar parede

Agora que você já entende mais ou menos como chapiscar parede funciona, se deve, então, sempre ficar atento aos seguintes tópicos do processo do chapisco:

  1. Cura – Para se aplicar o emboço por cima, é recomendável esperar 3 dias para que o chapisco seque totalmente, mas esse tempo varia dependendo da quantidade da mistura aplicada. Portando, sempre olhe com atenção se o chapisco secou totalmente, procurando sinais de umidade na parede antes de começar um novo trabalho. Geralmente, a secagem do chapisco é relativamente rápida.
  2. Proteção para você – Nunca se esqueça de usar equipamentos de proteção, como EPIs ou óculos de proteção para evitar respingos nos olhos.
  3. Espaços em branco – Lembra que anteriormente foi dito para não deixar nenhuma área descoberta? Pois bem, toda a superfície da parede deve ser coberta para que o chapisco possa oferecer a aderência perfeita que o emboço e o reboco precisam.
  4. Consistência – Por mais que já tenhamos falado sobre isso nesse texto, ainda vale a pena lembrar. É importante que a consistência esteja na medida certa ao chapiscar a parede. Uma dica que posso lhe dar é testar a mistura antes de chapiscar à parede inteira para verificar se utilizou a quantidade de água certa.

É possível deixar uma parede só no chapisco?

Sim, é possível, mas não recomendado. Principalmente em paredes de casas, já que pode haver infiltração de água, pois, tecnicamente, a parede não está pronta. Outra desvantagem dessa escolha é o aspecto ruim de obra inacabada, deixando a residência com aparência amadora.

Encerrando

Se você não sabia como chapiscar parede, aposto que agora sabe! Mas tenho algo triste a de dizer.

Muitas pessoas, como você antes de ler esse texto, não devem saber como chapiscar parede apropriadamente. Por isso, compartilhe esse texto para aqueles necessitam! Um conhecimento a mais não machuca ninguém e é sempre bom para todo mundo!

Write A Comment