Ao deparar-se com uma construção nova, é importante lembrar que o gerenciamento de obras é o verdadeiro caminho a se seguir. A grande maioria dos indivíduos não conhece pontos cruciais desse tipo de gestão e nem tem noção do quanto é crucial que o projeto cumpra suas metas de qualidade, prazo e prognósticos alcançados, evitando aumento de custos e atrasos.

Abaixo, vamos conhecer um pouco mais sobre gerenciamento de obras e descobrir sua importância durante um projeto.

O que é o gerenciamento de obras?

O conceito de gestão e direção das obras relaciona-se com o fato de que as empresas devem ter um objetivo muito claro em termos de números para seus resultados e, muitas vezes, há pouco tempo para alcançá-los.

Isso é gerir uma obra: conseguir encaixar o objetivo dentro do prazo com o mínimo de impeditivos e imprevistos possíveis.

As 5 características benéficas principais do gerenciamento de obras

1. Ajudar a reduzir custos

Existem vários elementos que encarecem a construção, mas a gestão de obras é essencial para se ter economia. Alguns dos elementos que podem aumentar os custos são atrasos, dupla tributação e contratação de riscos.

O gerenciamento cria a chance de atuar no momento da contratação, eliminando os serviços contratados com as construtoras, uma vez que elas podem ser adquiridas diretamente com o empreendedor.

Além disso, a construtora continua responsável por qualidade, prazos, logística, controle, entre outros.

2. Estratégia produtiva

É possível gerenciar e auxiliar na implementação das atividades. Isso culminará no atendimento a todos os básicos e complexos requisitos, como qualidade e custo conforme o planejamento do cronograma.

Portanto, a gestão dos trabalhos está diretamente relacionada à estratégia de construção. O gerenciamento segue as áreas arquitetônicas, de estruturas, coordenando cada parte para que seja cumprida dentro da sequência determinada.

3. Antecipar problemas e resolver imprevistos

Além de organizar e executar o cronograma de trabalho, a gerência também antecipa problemas e suas possíveis contingências. Assim, torna-se capaz de solucionas tudo de maneira eficaz.

A gestão permite que grande parte dos problemas sejam resolvidos antes mesmo do início da obra. Isso aumenta a produtividade e faz o cronograma ser executado dentro do planejado.

4. Controle total do inventário de materiais

Poucos sabem que o gerenciamento auxilia no melhor controle de estoque de materiais para a obra. Isso se transforma em economia, uma vez que não permite desperdícios e auxilia a manutenção de todo o trabalho com despesas conforme o orçamento.

Uma boa gestão ajuda na contenção da lista de produtos adquiridos, bem como o controle de uso. Sendo assim, fica mais fácil identificar quando é preciso comprar outro item.

De forma indireta, este benefício também auxilia no melhor controle do trabalho contratado e quanto material está sendo usado.

5. Ajudar na fiel execução de projetos

Com a gestão, é possível contratar pessoas qualificadas e coordenar os contratados em diferentes estágios de construção. Além disso, ajuda no cumprimento das etapas do cronograma e no orçamento de trabalho, o que resulta na fiel execução dos projetos.

É claro que, durante o percurso, pode haver modificações. Mas com uma boa gestão das obras, a modificação pode ser feita sem comprometer a essência do projeto aprovado.

Livros sobre gerenciamento de obras

Dentro do tema, podemos destacar 5 livros bem interessantes para qualquer profissional em gerenciamento de projetos e também para interessados no assunto.

A base de conhecimento é o alicerce do sucesso para o Gerente de Obras. Investir em conhecimento é sempre a melhor decisão a ser tomada.

Você é engenheiro(a)? Não está ganhando o quanto deveria?
Conheça essa oportunidade no mercado. Vistoria Cautelar de Vizinhança

Clique aqui

1. Planejamento, Orçamentação e Controle de Projetos e Obras

Este livro faz a apresentação em detalhes dos processos e métodos de toda a programação e execução da obra. O intuito é frisar a importância da qualidade em toda a construção para se obter uma maior produtividade.

2. Gerenciamento de Obras, Qualidade e Desempenho da Construção

A obra foca nos principais pontos a serem observados dentro da construção civil. Trata de temas como: construção mais enxuta, coordenação dos projetos, racionalização, planejamento, entre outros.

3. Mestre de Obras: Gestão Básica Para Construção Civil

Este livro, de forma objetiva e didática, aborda questões essenciais em todas as atividades dentro de uma obra. Ele contém informações administrativas, técnicas, bem como condutas comportamentais, itens envolvidos dentro da construção, organização de materiais e pessoas.

4. Planejamento e Custos de Obras

Esta obra mostra-se como uma ferramenta importante para profissionais e estudantes que querem realizar um planejamento, apropriando os custos das edificações. Ela traz explicações sobre o diagrama da causa-efeito, fluxogramas dos processos e modelos de organogramas, entre diversos outros temas relacionados ao gerenciamento de obras.

5. Sistemas de Gestão: Princípios e Ferramentas

Esta publicação é voltada para os sistemas da gestão na segurança e na saúde do trabalho, responsabilidade social, meio ambiente e gestão integrada. Aborda como empregar diversas ferramentas para otimização desse setor.

Planilhas para gerenciamento de obras

Por natureza, os projetos de construção podem ser difíceis de gerenciar. Eles envolvem muitas pessoas, informações e um grande número de documentos.

Se um detalhe for perdido, todo o projeto pode ser atrasado e acabar custando ao proprietário e ao contratante tempo, dinheiro ou até mesmo resultar em ações legais. É por isso que manter-se organizado durante todo o processo é essencial para o sucesso da construção.

Uma maneira fácil de organizar os detalhes é usar um modelo do Excel. Procuramos os melhores modelos e os reunimos suas descrições aqui, juntamente com uma descrição de quando usar cada um deles.

Planilha de orçamento

É muito útil para projetos de construção e reforma. Permite que se crie um orçamento abrangente e garante que se tenha todos os elementos importantes da lista.

Planilha de estimativa

Dependendo do tipo de projeto, um empreiteiro pode precisar fornecer sua própria estimativa do trabalho. Esse modelo ajudará a fornecer uma avaliação inicial e os custos associados à construção.

Planilha de escala de tempo

Projetos de construção podem ter várias fases e inúmeras tarefas que dependem umas das outras. Usando uma planilha de escala de tempo, o progresso é monitorado e o risco é identificado com antecedência, aumentando as chances de o projeto ser concluído dentro do prazo estabelecido.

Planilha de resumo da proposta

Muitas vezes é útil, e às vezes necessário, solicitar propostas de vários contratados ou subcontratantes para o trabalho que você deseja realizar. Esta planilha permitirá que se faça comparações para tomar a decisão sobre qual empreiteiro selecionar.

Planilha de acompanhamento de documentos da construção

O uso de uma planilha desse tipo auxiliará no rastreamento de documentos da construção, garantindo que se solicite e receba todo o que é necessário.

Planilha de progresso de pagamento de contratante

Este tipo de planilha ajuda a determinar o valor do pagamento do empreiteiro com base na porcentagem de trabalho concluído até a data, pode fazer ajustes, pagamentos anteriores e retenções (se necessário) para cada período determinado.

Planilha de folha de pagamento de salário

Dependendo do tipo de projeto de construção, os empreiteiros e subcontratados devem enviar seus relatórios de folha de pagamento. Uma planilha dessa mantém sua folha de pagamento organizada independentemente do tipo de projeto.

Planilha de verificação de fechamento de projeto

O encerramento do projeto de construção pode ser um processo longo devido a todas as etapas que são necessárias. Para garantir que tudo seja concluído a tempo, é bom utilizar uma planilha para listar todas as tarefas que devem ser concluídas, bem como os detalhes, os requisitos específicos e a data final.

Melhores cursos de gerenciamento de obras

Curso SENAI

O curso de Gerenciamento de Obras do SENAI tem como objetivo o aperfeiçoamento dos profissionais da área. Eles são preparados para atuar na gestão da construção, além de manterem-se aptos para monitorar e coordenar todo o processo.

Você é engenheiro(a)? Não está ganhando o quanto deveria?
Conheça essa oportunidade no mercado. Vistoria Cautelar de Vizinhança

Clique aqui

A carga horária é de 450 horas. O valor do investimento pode ser dividido em diversas formas de pagamento.

Curso Instituto Bramante

O curso do Instituto Bramante visa a apresentação aos participantes dos conceitos mais modernos, das ferramentas, bem como das técnicas da Gestão de Obras. Com isso, proporcionará aos profissionais o desenvolvimento de uma visão sistêmica e estratégica.

Sua carga horária é de 12 horas. O pagamento pode ser efetuado de diversas formas.

Curso IETEC

O curso de Gerenciamento de obras do IETEC tem como foco principal a apresentação das ferramentas e meios de gerenciamento e administração de obras dentro da Construção Civil.

A carga horária é de 24 horas e o pagamento é facilitado.

Softwares gratuitos para gerenciar uma obra

BIM 360 Docs

Este é um software de gerenciamento de projeto que utiliza a nuvem como banco de informações e dados. Com isso, os usuários podem acessar o que precisam em qualquer lugar com acesso à Internet.

Isso facilita o compartilhamento de informações e a possibilidade de ser acessado por toda a equipe. O resultado é um gerenciamento mais eficiente.

GranttProject

Este é um software gratuito que destina-se ao gerenciamento de obras e projetos. Ele pode ser equiparado com o Microsoft(R) Project(TM), utilizado para gestão de cronogramas de obras.

É possível criar uma lista de tarefas, atribuindo os itens a cada setor. Pode-se, também, criar interdependência entre essas tarefas.

Entre seus recursos estão a impressão de gráficos, relatórios e administração de planilhas eletrônicas.

Write A Comment