Impermeabilização de Laje: Como Funciona? Preço?

Você sabe como funciona a impermeabilização de laje? Parte importante da construção, esse tratamento é essencial para garantir a durabilidade da superfície e a segurança de todo o imóvel.

A laje é a parte de cima do imóvel, que pode ou não ser coberta por um telhado. Impermeabilizar a superfície nada mais é do que tratá-la contra a infiltração da chuva. São vários os materiais disponíveis para este tratamento, e cada um deles potencializa vantagens diferentes do método. Acompanhe o texto e descubra tudo o que você precisa sobre o assunto!

Por que impermeabilizar a laje?

Existem diferente tipos de laje, mas todas elas estão sujeitas a problemas se não forem bem construídas. Mas não é apenas no erguimento da construção que a estrutura merece atenção. Na verdade, sua manutenção requer cuidado periódico, para que a sua solidez seja mantida.

Entre as opções para a manutenção deste espaço está a impermeabilização de laje. Mais do que evitar problemas simples, como manchas de mofo, esse cuidado previne condições graves. Uma laje cheia de infiltrações, por exemplo, costuma rachar, e sua segurança fica bastante comprometida.

Os materiais para impermeabilização ainda conseguem garantir outros benefícios à superfície. Protegem a laje, por exemplo, dos efeitos do vento, do sol, das variações de temperatura e até do tráfego de carros e de pessoas.

Qualquer laje deve receber este tipo de tratamento. Isso significa a impermeabilização é necessária tanto para as lajes expostas (em que há tráfego de pessoas e/ou veículos), quanto nas lajes “comuns”, protegidas por telhados.

A aplicação de um impermeabilizante pode ser feita antes ou depois do contrapiso. Tudo depende do sistema utilizado. Alguns materiais requerem a proteção do contrapiso, como o poliéster flexível.

Outros são ainda mais resistentes, e por isso podem ser aplicados já sobre um contra-piso. A indicação da melhor alternativa deve ser feita por um profissional. Até porque, é preciso considerar diferentes fatores para essa definição. Do contrário, o resultado da impermeabilização pode ser insatisfatório e pouco durável.

Veja também: Tipos de laje: Treliçadas, Nervuradas e Maciças.

Como impermeabilizar a laje?

Existem diversos métodos disponíveis para a impermeabilização de laje. Cada um deles aplica um material diferente à superfície, aumentando a sua resistência em maior ou menor grau. O ideal é que uma das opções seja instalada logo na construção do imóvel, para que ele possua, desde sempre, proteção contra infiltrações.

Os produtos precisam ser indicados de acordo com o uso do espaço e as suas condições. Os materiais mais utilizados para a impermeabilização no Brasil são a  manta asfáltica, o poliéster flexível, poliureia e as soluções prontas em baldes.

Solicite um orçamento!

Impermeabilização com manta asfáltica

manta asfáltica é um material produzido por meio da mistura entre o asfalto modificado e componentes como a borracha, poliéster, polietileno e fibras de vidro. Sua aplicação pode ser feita de dois modos. No primeiro, o material é aplicado derretido sobre a superfície e, a medida que seca, cria uma camada de proteção sobre a loja.

No segundo segundo tipo de instalação, uma manta é estendida sobre a área. Para “colá-la” à laje, então, é utilizado maçarico, que esquenta parte do produto e o fixa do modo desejado. A alternativa é mais comum, especialmente por ser mais prática. Em ambos os casos, a aplicação da manta asfáltica deve ser feita por um profissional especialista. O cuidado também precisa ser enorme, já que o material e o calor podem provocar graves acidentes.

Impermeabilização com poliureia

Já a aplicação da poliureia é feita como que por meio de jatos de tinta. Eles “pintam” toda a superfície, dando-lhe uma potente camada impermeabilizante. O produto também é bastante resistente à abrasão química e à hidrólise. Graças a essas resistências, aliás, ele é indicado também para espaços como pisos industriais, lajes, reservatórios e superfícies que sofram ataques químicos.

A poliureia é composta pela mistura entre a resina e o isocianato. Sua aplicação ainda possui baixo risco de falhas, o que potencializa seu resultado contra a infiltração. Ainda assim, é preciso contar com mão-de-obra especializada na aplicação.

Impermeabilização em Silicone

Só é indicado fazer a impermeabilização de uma laje em silicone quando o espaço não conta com nenhum tipo de tráfego. Isso porque, o produto é “exageradamente” flexível, e poderia ser facilmente desgastado pelo movimento de carros e pessoas.

Uma das principais vantagens do silicone é sua leveza. Ou seja, ele não acrescenta muito peso na superfície. Por isso, a capacidade de sustentação da estrutura não precisa ser levada em conta.

Além disso, o silicone pode ser aplicado sobre outros produtos de impermeabilização que apresentem falhas. O composto adere a quase todo o tipo de material, e então pode sobrepor rachaduras que estejam prejudicando o imóvel

Argamassa polimérica

Fazer uso da argamassa polimérica pode ser útil, especialmente, para espaços constantemente molhados. Ou porque a área é muito exposta à chuva, ou porque possui elementos como piscinas ou reservatórios de água. Esse tipo de argamassa é bastante resistente a líquidos, uma vez que é formado pela união do cimento, aditivos, agregados e polímeros.

Injeção química na laje

A injeção química na laje só é indicada para reparar outros sistemas de impermeabilização. Isso porque, ela não pode ser aplicada diretamente sobre o concreto. A opção funciona por meio de injeções sob pressão de um gel impermeabilizante, aplicado nas rachaduras que a superfície apresenta. O material bloqueia os vazamentos e aumenta consideravelmente o tempo de vida do produto original.

Emulsão asfáltica

Outro material bastante interessante e utilizado é o composto da emulsão, formado por material betuminoso ou asfalto modificado. Ele é aplicado como uma tinta sobre a superfície, e é ideal para lajes e terraços. Após seu uso, o local não deve sofrer impactos do tráfego de pessoas ou veículos.

Impermeabilização com emulsão acrílica

Para aplicar a emulsão acrílica na laje, o profissional responsável  utiliza o material acrílico e algum produto estruturante, como o véu de poliéster. As demãos dos dois produtos são intercaladas, de modo a aumentar a resistência da superfície resultante. A opção não é indicada para quando a laje é exposta, ou seja, para quanto recebe diretamente a água da chuva ou o calor do sol.

Solicite um orçamento!

Impermeabilização com Poliéster Flexível

Sem dúvida, a principal vantagem do poliéster flexível é a sua leveza. Graças a essa característica, ele pode ser aplicado a qualquer momento da obra, pois não adicionará peso à superfície.

Seu resultado ainda é bonito, já que o material imita o visual da madeira, cerâmica e pedras naturais.  Por isso, ele pode funcionar como o acabamento da laje, dispensando a necessidade de um contra-piso.

Hidrofugante

O produto hidrofugante nada mais é do que um material que repele a água, e por isso evita seu acúmulo e infiltração na superfície. Além de utilizado nas lajes, ele é muito comum em camadas de pedras, telhas e tijolos. Sua aplicação é simples, já que o produto aparece em formato líquido e pode ser facilmente espalhado.

Hidrorrepelente

Assim como no caso do hidrofugante, os produtos hidrorrepelentes também repelem a água. O material é igualmente indicado para as mais variadas superfícies, sendo vendido em galões em diversas lojas relacionadas à Construção Civil.

Impermeabilização “Faça você mesmo”

Apesar de sempre ser indicado contar com profissionais no assunto, você também pode aplicar sozinho a impermeabilização da sua laje. Os produtos disponíveis para a opção “Faça Você Mesmo” são vendidos em baldes, para a aplicação por meio de rolos de pintura. O material é chamado de “Manta Líquida”, e seu passo a passo é bastante simples. Basta seguir as indicações listadas em cada embalagem.

Mais do que a praticidade, o que chama a atenção para este tipo de sistema é o seu preço. Como não requer mão de obra especializada, o material pode ser adquirido por custos em conta no mercado. Ainda assim, a aplicação pelo próprio usuário pode não ter os melhores resultados em longo prazo. Por isso, é indicado avaliar com o seu engenheiro ou arquiteto, ou mesmo com um especialista da loja de Construção, se esta é a melhor alternativa ao seu caso.

Qual a melhor impermeabilização de laje?

Decidir-se pela melhor impermeabilização de laje é uma tarefa difícil. Especialmente  quando você não é um especialista no assunto. Por isso, é sempre indicado conversar com um profissional e avaliar qual material é mais vantajoso para o seu espaço.

De qualquer modo, existem alguns quesitos que podem ser avaliados para a escolha. Por exemplo: sua laje conta com tráfego de pessoas ou carros? Se sim, o ideal é utilizar um material flexível para o seu tratamento. Isso porque, esse tipo de produto consegue absorver melhor aos impactos, impedindo que a movimentação provoque rachaduras ou o desgaste da superfície. São materiais flexíveis a Poliureia e o Poliéster Flexível, por exemplo.

Já a impermeabilização rígida NÃO pode ser aplicada em diversas superfícies. Como as sujeitas a movimentações intensas, a variações de temperatura ou a fissuras. É por isso que materiais deste tipo são mais comuns em galerias, subsolos e piscinas enterradas. Os materiais rígidos incluem itens como a argamassa impermeável e argamassa polimérica.

Quanto custa a impermeabilização de laje?

Os custos para a impermeabilização de laje varia. Varia de acordo com a empresa responsável, a região do País e com o tipo de material escolhido. Por isso, para saber qual será o custo da obra para o seu imóvel, entre em contato com uma empresa especializada e realize um orçamento!

Em todo o caso, podemos dar exemplos: um rolo de manta asfáltica, com 10 metros quadrados e 3 mm de espessura, tem custo de R$ 180. Geralmente, essa quantidade de material cobre 8 metros quadrados de laje.

É preciso dizer que é melhor realizar a aplicação de impermeabilizante ainda na construção do imóvel. Isso garante a proteção da superfície desde sempre. Ao mesmo tempo, permite economizar pois, dependendendo do material, os próprios construtores podem aplicá-lo.

Agora você já sabe um pouco mais sobre a impermeabilização de laje. Invista já e proteja a superfície do seu imóvel!

Faça um orçamento de impermeabilização

Nós da Total Construção amamos nossos leitores, por isso, temos uma base de empresa de impermeabilização laje.

Preencha o formulário abaixo e uma empresa entrará em contato com você em no máximo 24hrs.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se concorda com isso, clique no botão ao lado. Aceitar Ler mais