orquídea olho de boneca

Orquídea Olho de Boneca Como Cuidar? Veja Aqui!

Quem é apaixonado por orquídeas sabe que a Dendrobium nobile ou orquídea Olho de Boneca, como também é conhecida, é uma das espécies mais populares dentre as 1.510 outras espécies do gênero, pois como são bastante rústicas, também são bem mais fáceis de cultivar que as demais.

A orquídea Olho de Boneca é uma espécie epífita, originalmente encontrada na Ásia, em locais muito variados, que vão de 20 a 2.000 metros acima do nível do mar, especialmente em países como a China, Índia, Tailândia, Butão, Laos, Vietnã e Birmânia.

Sendo assim, é uma planta que se adequa à regiões de climas equatorial, subtropical e tropical, por isso costuma se adaptar muito bem ao cultivo brasileiro. Extremamente resistentes, orquídeas Olho de boneca são muito utilizadas na formação de híbridos, por isso são muito famosas no mundo inteiro, e hoje podem ser encontradas com muitas florações diferentes.

Quer saber como cuidar de orquídeas, em especial a Olho de Boneca em casa? Então, continue acompanhando esse post abaixo, que vamos explicar tudo para você. Confira!

Sobre a Orquídea Olho de Boneca

A orquídea oho de boneca é uma dendrobium epífita.
A orquídea oho de boneca é uma dendrobium epífita.

Considerada a flor símbolo do estado de Sikking, um reino independente incorporado pela Índia, a orquídea Dendrobium nobile, vulgo Olho de Boneca, apelido adquirido por conta da aparência de suas flores, é considerada por muitos uma das orquídeas mais famosas em todo o mundo.

Ela pertence ao gênero Dendrobium, que possui mais cerca de 1.400 espécies, em sua grande maioria orquídeas epífitas, que se desenvolvem apoiadas em troncos de árvores. No entanto, a olho de boneca é a mais popular entre todas as outras espécies, e pode também ser cultivada em vasos.

Seu nome deriva do latim que significa notável, e apesar da sua rusticidade, a sua floração é uma das mais abundantes de todas as espécies, podendo chegar até 100 flores. Uma de suas características é a formação de grandes touceiras que podem variar de 50 a 90 cm de altura, com pseudobulbos sulcados com nós e entrenós bem marcados de coloração verde.

Suas folhagens são curtas, finas e flexíveis, fixadas na região dos nós ao longo dos pseudobulbos de onde surgem as flores. Normalmente, florescem entre a primavera e o verão, e suas flores, com cerca de 6cm de comprimento sobre uma haste de aproximadamente 2 cm, são levemente perfumadas, costumando durar em média 30 dias, dependendo da região onde são cultivadas.

Em geral, são bicolores, variando entre brancas com o canto rosa e o centro amarelo ou marrom; mas também podem ser totalmente brancas, lilás e amarelo.

Como Cuidar da Orquídea Olho de boneca

É fácil cultivar a orquídea olho de boneca.
É fácil cultivar a orquídea olho de boneca.
Anúncios

Apesar de ser uma planta de hábitos rústicos e bem resistentes a variações de temperatura, a orquídea Olho de boneca necessita de cuidados para garantir o seu desenvolvimento saudável e mantê-la vigorosa com flores de cores mais vivas.

No entanto, ela é uma das orquídeas mais simples de se cuidar, assim como as espécies de orquídeas Phalaenopsis, Cattleyas e orquídea sapatinho. Para isso, você terá que ficar atenta à detalhes como a irrigação diária, adubação, temperatura, ventilação, entre outros fatores.

Veja abaixo, em mais detahes, os principais fatores necessários para cultivá-la:

Iluminação e Ventilação

Anúncios

De um modo geral, a orquídea Olho de boneca costuma prosperar em locais arejados onde a iluminação é abundante, porém à meia sombra, para evitar queimar suas folhagens e flores, principalmente em regiões onde a temperatura é muito alta.

Em regiões onde o clima é mais fresco, você pode até deixá-la ao ar livre tomando sol direto, pelas manhãs. No caso do cultivo em apartamento, o ideal é manter a orquídea olho de boneca próxima à uma janela que receba bastante sol.

No entanto, locais mais quentes devem fornecer um sombreamento de 30%, já os locais mais muito frios exigem colocá-la para dentro de casa, para evitar que temperaturas muito baixas congelem a sua orquídea.

Uma boa dica é observar as cores das folhas da orquídea. Se elas estejam amareladas, a orquídea está recebendo luz em excesso, mas caso estejam verde escuro, ela precisa de mais luz.

Temperatura

Como dissemos, a orquídea olho de boneca é muito resistente a uma grande variedade de temperaturas. Eas podem aguentar temperaturas de 1ºC até 40ºC, mas o ideal é evitar os extremos, fornecendo uma temperatura mais amena.

Para o seu cultivo no Brasil, a orquídea olho de boneca é ideal para regiões mais frias, como o Sul do país ou regiões de vale e montanhas. Mas caso você esteja em uma região mais quente, ela é bem capaz de se adaptar também.

Regas

Quando for regar, o importante é manter uma boa frequência, permitindo que o substrato seque entre as regas. Isso porque a orquídea olho de boneca gosta de umidade média, bastando ser regada 1 vez por semana durante os dias mais frios e 2 vezes por semana em climas mais quentes.

Uma dica é manter uma rega constante logo que são plantadas, nesse estágio inicial para evitar que morram, principalmente durante o verão. No entanto, sempre observando a umidade do substrato. Lembrando que climas mais secos ou com muito vento também vão exigir um aumento na frequência das regas.

Substratos

Segundo especialistas, o substrato ideal para o cultivo de uma orquídea olho de boneca é utilizar um composto com uma mistura de 2 ou mais desses substratos. Podendo utilizar carvão vegetal com cascas de árvores e fibras de coco. O mais importante é uma boa drenagem.

Adubação

A adubação ideal para uma orquídea olho de boneca é feita de forma orgânica, utilizando torta de mamona e farinha de osso, se possível. No entanto, se o cultivo for dentro de casa, é preferível a adubação química, por motivos práticos.

A adubação é muito importante para que a orquídea possa se desenvolver e florir. Mas antes de adubar a orquídea olho de boneca, é importante regar 1 dia antes, para evitar queimar as raízes da orquídea.

Os adubos químicos mais recomendados são NPK 10 10 10 dissolvido, regando mensalmente o substrato durante o seu crescimento, e NPK 4 14 8 para antes da floração, no início da primavera. Já durante a floração, o ideal é evitar adubar para não queimar as flores.

Anúncios

No caso dos adubos orgânicos, não é necessário se preocupar com o excesso de adubação, pois, eles são absorvidos mais lentamente pelas orquídeas. Já os químicos deve-se tomar cuidado com excessos.

Replantio e Multiplicação

A orquídea olho de boneca quando plantada em vaso só deve ser replantada a cada 2 anos, caso a planta estiver muito grande para o vaso original ou com o substrato velho. Já a sua propagação pode ser feita através de mudas e estaquia.

Para fazer a sua propagação, você deve começar preparando o vaso, com isopor e argila expandida no fundo e por cima fibra de coco ou musgo seco para acomodar a planta.

A orquídea olho de boneca pode ser multiplicada pela divisão de touceira e por pequenas brotações que aparecem nas laterais dos pseudobulbos. Basta aguardar até que estas brotações tenham raízes para retirar e então preparar o vaso, conforme dito acima.

Nessa fase de crescimento as orquídeas precisam ser irrigadas com maior frequência, principalmente no verão, mas cuidado para não encharcar as raízes da orquídea. A olho de boneca pode ser plantada em vasos de terracota, madeira, pedaços de troncos, placas de madeiras ou até mesmo vasos de plástico.

E aí, curtiu saber mais um pouco sobre a orquídea olho de boneca? Experimente cultivá-la e volte aqui para nos contar o resultado!