Piso de concreto: Armado, Polido, Intertravado, etc

Se você está com os pés no chão, você, provavelmente, está pisando em um piso de concreto. A opção mais popular nos dias atuais está presente em quase todos os tipos de ambientes internos (apartamentos, lojas, supermercados, casas, bares) e externos (calçadas, ruas, ciclovias). Por ser prático de usar e muito versátil, a tendência é de que o seu sucesso ainda dure muitos anos enquanto não se cria nada capaz de superá-lo.

Se você está prestes a fazer uma reforma e quer saber mais sobre o piso de concreto, o post a seguir vai sanar todas as suas dúvidas sobre esse ele, os seus diferentes tipos, quais as vantagens de se optar por esse material e qual a média de preço para que se projete os gastos com essa parte fundamental da obra.

Tipos de piso de concreto

Concreto armado

O piso de concreto armado é um dos mais utilizados e está presente em quase todas as grandes obras, principalmente naquelas que necessitam de grande resistência ou que possuem circulação muito grande de pessoas ou maquinários. Além de ser usada em muitas fábricas e galpões, ele também é escolhido por empreiteiras que realizarão obras públicas, como viadutos, pontes e barragens, por exemplo.

A diferença para os demais tipos de pisos é que a massa de concreto possui estruturas armadas de ferragens, fazendo com que essa liga fortifique e que resista à ação do tempo. Esses fatores fazem com que seja necessário um estudo preliminar do ambiente onde será colocado e muito cuidado do profissional que ficará encarregado de supervisionar e instalar o concreto armado.

Concreto intertravado

O piso de concreto intertravado é aquele que você vê na maioria das áreas externas, como calçadas, entrada de condomínios e empreendimentos. Ele consiste em blocos de concreto que são pré-fabricados em diferentes modelos, formatos e desenhos. Para incrementar, alguns recebem pigmentação para embelezar o local.

Ele chegou para substituir os paralelepípedos, que eram muito comuns em lugares públicos em várias cidades do Brasil. Além de ser mais resistente, prático e sustentável, ele também permite que haja criatividade para formar diferentes desenhos na área onde é instalado. Veja a foto abaixo do concreto drenante.

Concreto polido

Ideal para ambientes internos, o piso de concreto polido confere algumas características que fazem com que muitos optem por ele, não apenas em estabelecimentos, como também em ambientes residenciais. Ele é antiderrapante, resistente a impactos, brilhante, econômico e de longa durabilidade.

Um fator que encorajou pessoas a utilizarem o concreto polido em seus lares é a manutenção simples e a sua cor, que combina com qualquer tipo de ambiente – o cinza é neutro e não se destaca em meio à decoração escolhida.

Concreto queimado

O piso de concreto queimado lembra bastante o polido, com a diferença de ser bem mais elegante devido ao efeito do fogo que a ele é conferido. É uma tendência que vem ganhando cada vez mais adeptos pela sua plasticidade e pela rusticidade que dá ao ambiente, combinando bem com esse tipo de decoração.

Porém, o seu acabamento deve ser perfeito para que o piso fique bonito. Essa necessidade de se contratar um profissional especialista para a instalação faz com que o preço fique mais alto do que qualquer uma das opções que foram citadas anteriormente, principalmente porque o trabalho ainda envolve não deixa-lo escorregadio (algo que já é por natureza).

Piso de concreto para calçada

Não há um tipo específico de piso de concreto para calçada, mas como explicamos, os mais comuns são os pisos intertravado (em áreas públicas) e o polido (áreas “privadas”, na entrada de estabelecimentos). A escolha depende de quem está encomendando a obra, mas cada uma delas tem suas particularidades.

A primeira coisa a ser feita é a compactação do solo onde ocorrerá a obra. Feito isso, inicia-se o trabalho da equipe que vai concretar a calçada, que começa por um contrapiso, uma camada pequena de concreto de cerca de 3 cm – vale lembrar que esse processo não deve ser feito em áreas que serão gramadas, que virarão canteiro de flores ou coisas do gênero.

Caso a calçada sirva apenas para a passagem de pedestres, uma camada de 5 cm de espessura de piso de concreto já basta para a obra. Se o local também for receber carros, o ideal são 7 cm de espessura e o acréscimo de ripas de madeira que servirão como juntas que evitem rachaduras no futuro.

Essas ripas também devem ser colocadas em calçadas que possuam largura igual ou maior que 1,5 m (elas devem ser fixadas no sentido do comprimento). Seja lá qual for o caso, evite ao máximo usar um martelo para assentar o concreto (se for necessário, opte por um de borracha).

Durante a obra, a equipe de instalação deve se atentar a deixar um caimento para que não se acumule água da chuva. Em ladeiras, o piso não pode ser liso, pois ao molhar, o risco de escorregar se torna ainda maior.

Piso de concreto industrial

O piso industrial (que também recebe o nome de piso de alto desempenho ou de alta resistência) não serve apenas para indústrias, como o seu nome sugere. Ele é encontrado em diversos ambientes que necessitem suportar tráfego ou grandes pesos, como shoppings centers, fábricas, galpões, estacionamentos, entre outros.

A diferença de um piso de concreto industrial para os outros é que a sua armação é ainda mais reforçada e o acabamento da superfície recebe uma atenção especial. Com ela, o piso possui maior resistência a agentes biológicos, químicos, abrasão e todos os tipos de intempéries.

O sucesso da aplicação de um piso de concreto industrial depende de vários cuidados durante as diferentes fases da obra, desde antes de sua aplicação, quando o solo ainda está sendo tratado.

O que garante isso é um acompanhamento atencioso de um profissional qualificado, um planejamento adequado e cálculos estruturais que definam como deve ocorrer a instalação.

Vantagens do piso de concreto

Bom custo-benefício

O piso de concreto é durável, resistente, fácil de instalar e barato. Por isso, o custo-benefício deste tipo de piso é bem superior a outros que são encontrados no mercado, seja de diferentes texturas ou materiais.

Versátil

Independentemente do ambiente em que a obra será realizada, há uma opção de piso de concreto que se encaixa perfeitamente para aquele lugar. A versatilidade do material é grande e pode proporcionar sensações únicas, como maior iluminação ou amplitude. Mais do que isso, combina com quase todos os tipos de decoração, evitando que se tenha uma preocupação extra para instalá-lo.

Se você quer fugir das cores neutras e deixar o piso de concreto mais marcante, existem opções onde ele recebe pigmentação conforme o gosto do cliente.

Está na moda

Quando se realiza uma obra, espera-se que sua expectativa de vida seja longa. Porém, as tendências mudam mais rapidamente e sempre dá um receio de que seu ambiente fique antiquado em poucos anos. Com o piso de concreto esse risco não existe.

Ele está há tempos em alta e não há previsão de que isso mude em um futuro próximo. Mais do que isso, você não precisa se preocupar com manutenções, como um novo revestimento.

Fácil de limpar

Por possuir uma superfície lisa, o piso de concreto impede que haja grande acúmulo de resíduos e sujeira, tornando-o mais fácil de limpar. As cores neutras também são importantes nesse quesito. A opacidade e rusticidade não deixam que manchas fiquem aparentes e tornem o concreto visualmente feio.

Preço médio

São vários os fatores que influenciam os gastos que deverão ser realizados com a compra de piso de concreto. Atualmente, ele é vendido por metro quadrado e possui valores entre R$ 20 e R$ 40, dependendo do tipo que o cliente deseja.

Na hora de colocar na ponta do lápis, não esqueça que além do piso de concreto há a mão de obra da equipe que vai instalar e todo o trabalho prévio que deve ser feito no solo antes que se receba o novo produto.

Tipos de Acabamentos

O piso de concreto permite vários acabamentos diferentes para tornar o seu ambiente personalizado, seja por necessidade ou apenas por questão estética. Existem três tipos principais. São eles:

Vassourado

Geralmente encontrado em pisos para passeios. Nele, o concreto recebe uma passada de vassoura depois que o “pega” inicia, o que torna a superfície mais rugosa. Na maioria dos casos, esse procedimento acontece em pisos que ainda vão passar por outro tratamento.

Polido

Depois que o piso de concreto é instalado, ele passa por um tratamento realizado pela acabadora de piso, que age semelhante ao tratamento dado a uma parede rebocada. São de 5 a 6 horas nesse processo até que o piso fique completamente liso.

Camurçado

O procedimento é semelhante ao piso de concreto polido. A única diferença aqui é o tempo em que a acabadora de piso age, um pouco menor que no acabamento anterior (são aproximadamente 3 horas até que se atinja o ponto ideal).

Solicite seu orçamento!

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.