Em tempos de ajustes econômicos e crises financeiras – como os que temos vivido – conquistar clientes na construção civil, setor em que a compra representa, via de regra, um dos maiores investimentos da vida das pessoas, é um enorme desafio.

Não obstante, mesmo em cenários pouco favoráveis, algumas construtoras conseguem se destacar e obter bons resultados. Para que a sua empresa integre este seleto grupo de negócios bem-sucedidos, apresentamos, ao longo deste post, 8 excelentes dicas para ajudar você a captar mais clientes na construção civil. Boa leitura!

1. Demonstre o progresso alcançado

Uma forma interessante de conquistar mais clientes na construção civil consiste em compartilhar o andamento das obras em curso.

Lembre-se de que a compra de um imóvel representa a concretização de um sonho para as famílias, à medida que elas investem suas economias (poupadas durante anos) e abrem mão de muita coisa para isso.

Para transmitir tranquilidade e segurança aos seus clientes, nada melhor do que demonstrar o progresso da construção de seus futuros lares. A sua construtora pode garantir isso por meio de atualizações periódicas via e-mails, informativos pelos Correios, publicações em redes sociais ou em áreas específicas do seu site.

Algumas construtoras já disponibilizam um espaço no site em que os usuários podem acessar os projetos desejados e conferir o progresso das obras, com uma lista de serviços já finalizados, plantas e imagens.

2. Personalize as condições

No atual cenário de crise, em que os índices de desemprego custam a baixar, para realizar novos negócios é imprescindível se adaptar e entender a nova realidade de seus potenciais clientes. Um modo que, embora simples, é bastante eficaz, consiste em oferecer condições de financiamento e pagamento mais atrativas.

Para tanto, você deve realizar pesquisas para averiguar os níveis de satisfação dos seus clientes atuais, estudar tendências de mercado e refletir acerca de como os empreendimentos e imóveis da sua construtora podem ser viáveis e vantajosos para atender as necessidades dos consumidores imersos nessa situação socioeconômica.

3. Ofereça um atendimento único

O clichê, segundo o qual “cada cliente é único”, se mantém válido, pois as organizações de que obtiveram grande crescimento e destaque nos últimos períodos são, justamente, aquelas que levam esse adágio popular a sério e, assim, incorporam o cuidado com a experiência do cliente em suas culturas corporativas.

Novamente, em tempos de crise, a preferência dos consumidores é daquelas empresas que efetivamente fazem a diferença e mostram ao público que os seus clientes são muito mais do que números.

É altamente recomendável investir em treinamentos e capacitações especiais para os colaboradores que, em sua rotina de trabalho, lidam diretamente com o atendimento ao público, sobretudo, no setor de negociações, vendas e no suporte presencial, por telefone ou e-mail.

Cada um dos seus clientes deve notar que a empresa se importa em atender suas necessidades, desejos, estilos de vida e, principalmente, suas possibilidades econômicas. Tais elementos devem ser levados em conta para oferecer os produtos mais adequados.

Ainda que seja complicado oferecer soluções totalmente personalizadas, o cuidado em ouvir ativamente os clientes e oferecer propostas atrativas pode elevar significativamente as chances de fechar novas vendas.

4. Não descuide do pós-venda

Toda a atenção e cuidados mencionados não podem se limitar ao momento da venda: após o contrato ter sido assinado, é crucial manter uma relação de proximidade com os seus clientes.

Além de contribuir para conquistá-los, essa iniciativa auxilia na prevenção de futuros problemas e, caso eles ocorram, haverá mais chances de solucioná-los sem que, para isso, seja necessário acionar a justiça, que é mais onerosa e demorada para ambas as partes.

Uma vez que os imóveis são investimentos de alto valor, o hábito de adquiri-los somente de empresas indicadas por parentes ou amigos é bastante comum. Logo, manter relacionamentos positivos, inclusive, após a entrega das chaves, pode ajudar a atrair mais negócios para você.

5. Garanta a organização dos processos internos

No Brasil ainda é bastante comum, infelizmente, que algumas organizações não consigam manter os clientes mais antigos e conquistar novos compradores por falta de tempo para realizar boas prospecções ou por pura e simples desorganização.

Portanto, é absolutamente necessário que você organize os processos internos e otimize a sua gestão do tempo. Nesse sentido, investir em um sistema de gestão é uma ótima ideia.

6. Fique atento à qualidade dos materiais escolhidos

Comprar materiais adequados e de qualidade comprovada é o que vai garantir a satisfação, a longo prazo, da sua base de clientes. Afinal, de nada adianta se esforçar para cumprir os prazos de entrega se, em pouco tempo, problemas começarem a surgir, como vazamentos, rachaduras e infiltrações.

Desse modo, ainda que demande mais dedicação e tempo, é essencial pesquisar sobre os materiais, verificando sua qualidade e investindo apenas em bons produtos.

Normalmente, as mais simples ações são capazes de evitar grandes problemas. As infiltrações são um bom exemplo de situações em que a aquisição de uma boa lona é o suficiente para impedir que a sua reputação e credibilidade sejam atingidas por opiniões e comentários negativos sobre o seu trabalho.

7. Trabalhe sempre com bons parceiros

Obviamente, você não fará todo o trabalho sozinho, não é mesmo? Outros profissionais se envolverão, de uma forma ou de outra, nos projetos. Sendo assim, escolher com quem você trabalha é uma decisão que requer muita cautela.

A postura e o trabalho desenvolvido por toda equipe influem diretamente na avaliação que o cliente faz acerca do seu serviço (principalmente, por que é você quem seleciona essa equipe).

Isso significa que, dificilmente, os clientes separarão a sua imagem e a do seu time e, caso o trabalho contratado o deixe insatisfeito, isso interferirá negativamente, minando as chances de que ele faça indicações a novos clientes.

8. Aposte no marketing digital

Iniciativas simples, cuja implementação não representa altos custos e que geram altos retornos financeiros para o seu negócio. Assim é o marketing digital. A seguir, você conhecerá alguns exemplos de como sua organização pode, com o marketing digital, adotar as melhores estratégias para gerar mais negócios.

Um dos maiores benefícios é a possibilidade de mensurar o resultado de cada investimento realizado. O marketing digital permite, também, que você concentre esforços para atingir o público certo: você transmite a mensagem para quem deseja ouvir e, por esse motivo, seu público responderá.

A primeira etapa para ter sucesso nessa área é o marketing de conteúdo – a produção de vídeos, infográficos, e-books, produção de textos e quaisquer outros materiais destinados a “educar” o seu público acerca dos produtos e/ou serviços ligados à construção civil.

Criar um site, por exemplo, é mais fácil do que você pode imaginar em um primeiro momento. Por cerca de R$ 30 mensais, você lança o seu negócio ao mundo.

Todavia, não poderá deixá-lo lá, estático. Tenha em mente que o universo digital é profundamente dinâmico – e os seus futuros clientes acompanham tal ritmo.

8.1. Rankeamento e relevância

Ao realizar uma compra, você costuma procurar informações sobre o a empresa, o serviço ou o produto no Google? Bem, quase todo mundo faz isso, não é mesmo? Já imaginou se a sua marca surgir nas primeiras posições de busca, com informações importantes para oferecer aos consumidores?

Para que isso se torne realidade, você deve estabelecer uma frequência nas postagens do blog ou site da empresa. Leve em consideração os questionamentos mais frequentes dos seus clientes, os assuntos que, de uma forma ou outra, se relacionam à construção civil.

Divida cada assunto em temas a serem tratados em artigos no seu blog. Se necessário, contrate um redator profissional para produzir os textos.

A keyword (palavra-chave) que você gostaria que aparecesse nas pesquisas do Google deve estar no título dos textos e ao menos uma vez logo no primeiro parágrafo. Uma pesquisa por keywords pode indicar o melhor caminho a seguir.

8.2. Redes sociais

Após ter sido postado, é chegada a hora de distribuir o conteúdo. Publique em suas redes sociais, envie por e-mail e continue dialogando com o seu público, respondendo aos comentários e às perguntas, indicando novos conteúdos. Uma boa estratégia é exibir cases de sucesso em vendas de apartamentos via e-mail, Facebook e Twitter.

Faça promoções exclusivas para os visitantes e seguidores de suas páginas nas redes sociais ou assinantes de sua newsletter. Essas iniciativas farão com que um número cada vez maior de pessoas deseje acompanhar a sua empresa.

8.3. Fidelização

Se você deseja contar com uma poderosa ferramenta de vendas, deve aprender, o quanto antes, a utilizar o e-mail marketing.

Segmente o seu público, identifique exatamente em que estágio da jornada de compra se encontra o seu cliente (por exemplo, se ainda está pesquisando imóveis ou já está pronto para finalizar uma compra) e direcione conteúdos para cada uma das etapas.

Lembre-se de não tentar vender nada: a venda deve ser uma consequência natural. A produção de conteúdos é o motor do marketing digital, impulsionando a atração e a retenção de clientes, o que, consequentemente, traduz-se na geração de receitas.

Ao seguir conscienciosamente essas dicas, você certamente estará em melhores condições para conquistar mais clientes na construção civil!

Write A Comment